Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Clob-x - Bula do remédio

Clob-x com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Clob-x têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Clob-x devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Galderma

Referência

Clobetasol Tópico

Apresentação de Clob-x

Creme bisn. c/ 30 g Gel bisn. c/ 30 g Pom. bisn. c/ 30 g sol. tópica fr. c/ 50 g

Contra-indicações de Clob-x

Clob-x está contra-indicado em crianças abaixo de 12 anos de idade e em pacientes com hipersensibilidade a qualquer dos componentes da formulação. Clob-x gel, creme e pomada dermatológica estão contra-indicados em rosácea, acne e dermatite perioral; nas lesões cutâneas conseqüentes a infecções por vírus (ex.: herpes simples, varicela), fungos (ex.: candidíase, tinea) ou bactérias (ex.: impetigo). Clob-x gel não deve ser usado na face, virilha ou axilas. Clob-x solução tópica (capilar) está contra-indicado em processos infecciosos do couro cabeludo.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Clob-x

Clob-x é bem tolerado, desde que a dose semanal para adultos não ultrapasse 50 g. A supressão hipofisária é rara, transitória e reversível com a suspensão da droga. O mesmo se aplica a crianças que recebem doses proporcionais. Clob-x contém em sua formulação o propionato de clobetasol, corticosteróide muito ativo, de uso exclusivamente tópico, e indicado para tratamentos de curtos períodos. Quando utilizado por longos períodos, ou sob forma de curativos oclusivos, ou em regiões com dobras da pele, poderá determinar alterações tróficas da pele, tais como estrias, adelgaçamento, dilatação dos vasos capilares sangüíneos (telangiectasias) e desenvolvimento de infecção secundária. Em raras ocasiões, a retirada dos corticosteróides ou o tratamento da psoríase com esse tipo de produto pode provocar o aparecimento da forma pustulosa da doença.

Clob-x - Posologia

Clob-x Gel, Creme e Pomada dermatológica: Aplicar pequena quantidade na área afetada, uma ou duas vezes ao dia, até que ocorra melhora. A exemplo dos demais corticosteróides tópicos de alta potência, quando a lesão for controlada, a terapia deve ser interrompida, o que é geralmente possível em poucos dias, nas afecções que respondem mais facilmente. Se houver necessidade de um período maior de tratamento, recomenda-se que o mesmo não exceda a quatro semanas, sem que a condição do paciente seja reavaliada. Para controle das exacerbações, pode-se fazer uso intermitente de Clob-x por curtos períodos. Se for necessária corticoterapia contínua, deve-se usar uma preparação menos potente. Clob-x Solução tópica (capilar): Aplicar pequena quantidade da solução sobre a região afetada, pela manhã e à noite. A exemplo dos demais esteróides tópicos de alta potência, a terapia deve ser descontinuada tão logo se obtenha controle do caso. Diante da necessidade de tratamento contínuo, utilizar preparações menos potentes.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal