Feed

Já é assinante?

Entrar

Dexclorfeniramina

Dexclorfeniramina - Bula do remédio

Dexclorfeniramina com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Dexclorfeniramina têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Dexclorfeniramina devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Ems

Apresentação de Dexclorfeniramina

COMPRIMIDO de 2 mg.
Embalagem de 10, 20, 30, 60 e 500 comprimidos.

USO ORAL – USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Composição
Cada comprimido contém:
maleato de Dexclorfeniramina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2 mg
excipiente* q.s.p.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .1 com.
*lactose monoidratada, amido, corante amarelo crepúsculo 6, corante vermelho ponceaux, estearato de magnésio, gelatina e água purificada.
________________________________________________________________________________________

CREME DERMATOLÓGICO 10 mg/g, conteúdo 10 g, 20 g ou 30 g.

USO TÓPICO
USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS

Composição
Cada g do creme dermatológico contém:
maleato de Dexclorfeniramina ..................................................................................10,0 mg
excipiente* q.s.p. ..................................................................................................1,0 g
*cera auto emulsionante não iônica, petrolato líquido, sorbitol, glicerol, metilparabeno, propilparabeno, essência lavanda, água purificada.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL. Conteúdo 10 ml, 20 ml ou 30 ml.

USO ADULTO E PEDIÁTRICO (acima de 2 anos)
USO ORAL

Composição:
Cada ml da solução oral (gotas) contém:
maleato de Dexclorfeniramina............................................................................2,8 mg
veículo* q.s.p.................................................................................................................1 ml
* benzoato de sódio, essência de morango, propilenoglicol, sacarina sódica, ciclamato de sódio, glicerol, ácido cítrico, sorbitol, água purificada.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL. Caixa com um frasco de 100 ml ou 120 ml + copo medida.

USO ORAL
USO ADULTO E PEDIÁTRICO ACIMA DE 2 ANOS

COMPOSIÇÃO:
Cada 5 ml da solução oral contém:
maleato de Dexclorfeniramina . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .2 mg
veículo q.s.p* . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .5 ml
* mentol, metilparabeno, propilparabeno, corante vermelho ponceaux, essência de framboesa, sacarose, álcool etílico, água purificada.

Dexclorfeniramina - Indicações

Indicado para o alívio sintomático de algumas manifestações alérgicas, como urticária, angioedema, rinites vasomotoras, eczemas alérgicos, dermatite atópica, dermatite de contato, reações a drogas, a soros, a sangue, a picadas de insetos e pruridos de origem não específica.

Contra-indicações de Dexclorfeniramina

O maleato de Dexclorfeniramina é contraindicado quando tem hipersensibilidade aos componentes da fórmula ou a outros anti-histamínicos de estrutura química similar. Como os demais anti-histamínicos, não deve ser usado em prematuros ou recém-nascidos e em pacientes que estão fazendo uso de inibidores da monoaminoxidase (IMAOs).

O maleato de Dexclorfeniramina CREME DERMATOLÓGICO não deverá ser utilizado:

− nos olhos ou em regiões próximas aos olhos, boca e nariz;
− se a pele estiver machucada ou com bolhas;
− na região genital.

Este medicamento é contraindicado na faixa etária abaixo de 2 anos de idade, incluindo recém-nascidos e prematuros.

Advertências

COMPRIMIDOS:
Os anti-histamínicos podem causar excitação em crianças de baixa idade e maior sedação e hipotensão em pacientes com mais de 60 anos.
O maleato de Dexclorfeniramina deve ser utilizado com cuidado em pacientes com glaucoma de ângulo agudo, úlcera péptica estenosante, obstrução piloroduodenal, hipertrofia prostática, asma brônquica, doença cardiovascular incluindo hipertensão e hipertireoidismo.
Os anti-histamínicos têm efeito aditivo com o álcool e outros depressores do sistema nervoso central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.
Os pacientes que operam máquinas ou dirigem veículos devem ser advertidos da possibilidade de sonolência.

O maleato de Dexclorfeniramina CREME DERMATOLÓGICO não está indicado para o uso oftálmico.
Deve-se evitar a exposição a luz solar as áreas tratadas com o maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico, pois podem ocorrer reações indesejáveis na pele.
O tratamento deverá ser descontinuado se ocorrer sensações de queimação, erupção, desenvolvimento de irritações ou se a condição original persistir.
Evite o uso prolongado ou o uso em áreas extensas a pele, principalmente em crianças.
Em casos raros, a absorção pela pele do maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico pode provocar excitabilidade, principalmente em crianças.
Deve-se evitar o uso de maleato de Dexclorfeniramina creme sob oclusão.

SOLUÇÃO ORAL 10 ml, 20 ml ou 30 ml:
Os pacientes que operam máquinas ou dirigem veículos devem ser advertidos da possibilidade de sonolência.
Os anti-histamínicos devem ser usados com cautela em pacientes portadores de glaucoma, úlcera péptica estenosante, obstrução piloroduodenal, hipertrofia prostática, asma brônquica, hipertireoidismo.
Os anti-histamínicos têm efeito aditivo com o álcool e outros depressores do sistema nervoso central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.
O maleato de Dexclorfeniramina não contém corantes.
Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

SOLUÇÃO ORAL 100 ml ou 120 ml + copo medida:
ESTE MEDICAMENTO POSSUI AÇÚCAR EM SUA COMPOSIÇÃO, PORTANTO É CONTRAINDICADO A PACIENTES DIABÉTICOS.
Os anti-histamínicos podem causar excitação em crianças de baixa idade e maior sedação e hipotensão em pacientes com mais de 60 anos.
Maleato de Dexclorfeniramina solução oral deve ser utilizado com cuidado em pacientes com glaucoma de ângulo agudo, úlcera péptica estenosante, obstrução piloroduodenal, hipertrofia prostática benigna, asma brônquica, doença cardiovascular incluindo hipertensão e hipertireoidismo.
Os anti-histamínicos têm efeito aditivo com o álcool e outros depressores do sistema nervoso central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.
Os pacientes que operam máquinas ou dirigem veículos devem ser advertidos da possibilidade de sonolência.

Uso na gravidez de Dexclorfeniramina

A segurança durante a gravidez ainda não foi estabelecida. O maleato de Dexclorfeniramina poderá ser utilizado durante os primeiros dois trimestres de gestação somente se claramente necessário e sob estrito acompanhamento médico. Este produto não deverá ser utilizado durante o terceiro trimestre de gestação porque recém-nascidos e prematuros poderão apresentar reações severas aos anti-histamínicos.

Categoria B para gravidez segundo FDA.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.
Não foi estabelecido se o maleato de Dexclorfeniramina é excretado no leite materno e, portanto, deve haver precaução na administração a lactantes.

Interações medicamentosas de Dexclorfeniramina

Interações medicamentosas
Os IMAOs prolongam e intensificam os efeitos dos anti-histamínicos, podendo ocorrer hipotensão grave. O uso concomitante de anti-histamínicos, antidepressivos tricíclicos, barbitúricos e outros depressores do SNC podem potencializar os efeitos sedativos da Dexclorfeniramina.
A ação dos anticoagulantes orais pode ser diminuída por anti-histamínicos.

Interações alimentares
O uso concomitante deste medicamento com álcool podem potencializar os efeitos sedativos da Dexclorfeniramina

Interação fármaco/teste laboratorial
O tratamento com anti-histamínicos deverá ser suspenso aproximadamente 48 horas antes de se efetuar qualquer tipo de prova cutânea, já que os anti-histamínicos podem impedir ou diminuir as reações que, de outro modo, seriam positivas e, portanto, indicativas de reatividade dérmica.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Dexclorfeniramina

Discreta ou moderada sonolência pode ocorrer com o uso do maleato de Dexclorfeniramina. Outros possíveis efeitos colaterais são os comuns aos demais anti-histamínicos, como urticária, erupções, choque anafilático, foto sensibilidade, sudorese, calafrios, boca, nariz e garganta seca e fraqueza.
Cardiovasculares - hipotensão, cefaleia, palpitação, taquicardia, extra-sístole.
Hematológicas - anemia hemolítica, anemia hipoplástica, trombocitopenia e agranulocitose.
Neurológicos - sedação, vertigem, distúrbios de coordenação, fadiga, confusão, inquietação, excitação, nervosismo, tremor, irritação, insônia, euforia, parestesia, visão turva, diplopia, tonteira, zumbido, labirintite aguda, histeria, nevrite e convulsão.
Gastrointestinais - desconforto epigástrico, anorexia, náusea, vômito, diarreia, constipação.
Geniturinários - poliúria, disúria, alterações no ciclo menstrual.
Respiratórios - espessamento das secreções brônquicas, compressão no tórax, dificuldade respiratória, desconforto nasal.

Dexclorfeniramina - Posologia

COMPRIMIDO
Adultos e crianças maiores de 12 anos - 1 comprimido 3 a 4 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia. Para alguns pacientes, a dose diária máxima de 6 mg, ou seja, 3 comprimidos, é suficiente.
Crianças de 6 a 12 anos - 1/2 (meio) comprimido três vezes por dia. Um máximo de 6 mg diários.
Crianças de 2 a 6 anos - 1/4 (um quarto) de comprimido três vezes por dia. Um máximo de 3 mg diários.
________________________________________________________________________________________

CREME DERMATOLÓGICO
Aplicar o maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico sobre a área da pele afetada duas vezes ao dia.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 10 ml, 20 ml ou 30 ml
A dose deverá ser individualizada de acordo com a necessidade e resposta individual do paciente.
Adultos e crianças maiores de 12 anos: 20 gotas 3 a 4 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia (ou seja, 120 gotas/dia). Para alguns pacientes, a dose diária máxima de 6 mg, (ou seja, 60 gotas/dia) é suficiente.
Crianças de 6 a 12 anos: 10 gotas três vezes por dia. Um máximo de 6 mg diários (ou seja, 60 gotas/dia).
Crianças de 2 a 6 anos: 5 gotas, três vezes por dia. Um máximo de 3 mg diários (ou seja, 30 gotas/dia).
No caso de esquecimento de alguma dose, oriente seu paciente a tomar a dose assim que possível, reajustar os horários de acordo com esta última tomada e continuar o tratamento de acordo com os novos horários programados. Não é recomendado ingerir duas doses de uma só vez.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 100 ml ou 120 ml + copo medida.
Adultos e crianças maiores de 12 anos - 5 ml, 3 a 4 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia. Para alguns pacientes, a dose diária máxima de 6 mg é suficiente.
Crianças de 6 a 12 anos - 2,5 ml, três vezes por dia. Um máximo de 6 mg diários.
Crianças de 2 a 6 anos - 1,25 ml, três vezes por dia. Um máximo de 3 mg diários.

Superdosagem

COMPRIMIDO e SOLUÇÃO ORAL 100 ml ou 120 ml + copo medida
Se os vômitos não ocorrerem espontaneamente, o paciente deverá ser induzido a vomitar. Comunicar-se imediatamente com o médico-assistente.
________________________________________________________________________________________

CREME DERMATOLÓGICO
Este medicamento deve ser utilizado somente na dose recomendada. Se for utilizada grande quantidade deste medicamento, orienta-se a procura imediata de socorro médico levando também a bula do produto.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 10 ml, 20 ml ou 30 ml
Na ocorrência de superdosagem, o tratamento de emergência deve ser iniciado imediatamente. A dose letal de Dexclorfeniramina estimada no homem é de 2,5 a 5,0 mg/kg.
As manifestações podem variar desde depressão do sistema nervoso central (sedação, apneia, redução do estado de alerta mental, colapso cardiovascular), excitação (insônia, alucinações, tremores ou convulsões) até óbito.
Outros sinais e sintomas podem incluir tontura, zumbidos, ataxia, turvação visual e hipotensão. A excitação assim como os sinais e sintomas semelhantes à ação da atropina (manifestações gastrintestinais, boca seca, pupilas fixas e dilatadas, rubor e hipertermia) são mais observadas em crianças.
Tratamento - considerar as medidas padrão para remoção de qualquer droga que não foi absorvida pelo estômago, tais como: absorção por carvão vegetal ativado administrado sob a forma de suspensão em água e lavagem gástrica. O agente preferido para a lavagem gástrica, em crianças, é a solução salina fisiológica. Em adultos, poderá ser usada água filtrada; entretanto, antes de se proceder à instilação seguinte, deverá ser retirado o maior volume possível do líquido já administrado. Os agentes catárticos salinos atraem água para os intestinos por osmose e, portanto, podem ser valiosos por sua ação diluente rápida do conteúdo intestinal. Após administrar-se tratamento de emergência, o paciente deverá permanecer sob observação clínica.

Características farmacológicas

COMPRIMIDO
O maleato de Dexclorfeniramina é um composto sintético que antagoniza eficazmente muitos dos efeitos característicos da histamina, sendo, assim, de valor clínico na prevenção e no alívio de muitas manifestações alérgicas. Sua ação parece depender da competição com a histamina pelos receptores celulares. O maleato de Dexclorfeniramina é indicado quando se necessita de uma medicação por via oral.
________________________________________________________________________________________

CREME DERMATOLÓGICO
O maleato de Dexclorfeniramina é um anti-histamínico que possui a propriedade de antagonizar muitos efeitos característicos da histamina. O seu isômero destro possibilita o emprego de doses mínimas que produzem efeito terapêutico desejado. Sabe-se que os anti-histamínicos não provocam a destruição da histamina, mas aumentam a resistência à mesma.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 10 ml, 20 ml ou 30 ml
O maleato de Dexclorfeniramina é um composto sintético que antagoniza eficazmente muitos dos efeitos característicos da histamina, sendo, assim, de valor clínico na prevenção e no alívio de muitas manifestações alérgicas. Sua ação parece depender da competição com a histamina pelos receptores celulares.
Experimentos in vitro e in vivo da potência anti-histamínica dos isômeros opticamente ativos da clorfeniramina demonstraram que a atividade predominante deve-se ao isômero dextrógero Dexclorfeniramina.
Após administração oral de 4 mg de maleato de clorfeniramina, em voluntários sadios em jejum, houve rápida detecção nos níveis sanguíneos. O pico de concentração sanguínea foi de aproximadamente 7 ng/ml, alcançado após 3 horas da administração. A meia-vida do maleato de clorfeniramina variou de 20 a 24 horas. Após a administração de dose única de maleato de clorfeniramina marcado com trítio, a droga foi extensivamente metabolizada tanto quando administrada por via oral ou como por via intravenosa. A droga e seus metabólitos foram primariamente excretados pela urina, com 19% da dose aparecendo em 24 horas e um total de 34% em 48 horas.
Em um estudo em voluntários sadios, a alta velocidade do fluxo de urina ácida resultou em uma alta velocidade de excreção do maleato de clorfeniramina. Durante uma faixa de concentração plasmática de 0,28 a 1,24 mcg/ml, a clorfeniramina encontrava-se 72% a 69% ligada às proteínas plasmáticas, respectivamente.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 100 ml ou 120 ml + copo medida.
O maleato de Dexclorfeniramina é um derivado propilamina anti-histamínico, sendo um isômero dextro, duas vezes mais ativo que seu racêmico clorfeniramina. É um pó cristalino branco e inodoro. Tem como fórmula molecular C16H19ClN2.C4H4O4, e peso molecular de 390,86. Com nome químico de d-y (4-clorofenil) - N,N - dimetil -2 – piridinopropanamina.
Solubilidade de 1 em 1,1 de água; 1 em 2 de álcool; 1 em 1,7 de clorofórmio e 1 em 2.500 de éter.

Mecanismo de ação
O maleato de Dexclorfeniramina é um composto sintético que antagoniza eficazmente muitos dos efeitos característicos da histamina, sendo assim, de valor clínico na prevenção e no alívio de muitas manifestações alérgicas. Sua ação parece depender da competição com a histamina pelos receptores celulares. Maleato de Dexclorfeniramina solução oral é especialmente útil em crianças e outros pacientes que prefiram a medicação líquida.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Os anti-histamínicos podem causar excitação, em crianças de baixa idade, e maior sedação e hipotensão, em pacientes com mais de 60 anos.
O maleato de Dexclorfeniramina não deve ser usado em recém-nascidos e prematuros, pacientes recebendo inibidores da MAO e indivíduos alérgicos aos componentes do produto.

Armazenagem

Manter à temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Dizeres legais

Reg. MS: nº 1.0235.0697
Farm. Resp.: Dr. Ronoel Caza de Dio
CRF-SP nº 19.710

Registrado por: EMS S/A
Rod. Jornalista F. A. Proença, km 08
Bairro Chácara Assay
CEP 13186-901 - Hortolândia/SP
CNPJ: 57.507.378/0003-65
INDÚSTRIA BRASILEIRA

Fabricado por: EMS S/A
S. B. do Campo/SP
“Lote, fabricação e validade: vide cartucho.”

Dexclorfeniramina - Bula para o Paciente

COMPRIMIDO
Ação esperada do medicamento: maleato de Dexclorfeniramina é um antialérgico que atua no alívio de algumas manifestações alérgicas.

Indicações do medicamento: maleato de Dexclorfeniramina é indicado para alívio sintomático de algumas manifestações alérgicas, como urticária, angiodema, rinites vasomotoras, eczemas alérgicos, dermatite atópica, dermatite de contato, reações a drogas, a soro, a sangue, a picadas de insetos e pruridos de origem não específica.

Risco do medicamento: maleato de Dexclorfeniramina está contraindicado em pacientes com alergia aos componentes da fórmula ou outros anti-histamínicos de estruturas químicas similares.

“Informe seu médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indesejáveis”
Não deve ser usado em recém-nascidos e prematuros; em pacientes recebendo inibidores da MAO.
“Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação, exceto sob orientação médica. Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se ocorrer gravidez ou iniciar amamentação durante o uso deste medicamento”

Os pacientes que operam máquinas ou dirigem veículos devem ser alertados para a possibilidade de sonolência.
Os anti-histamínicos devem ser utilizados com cautela em pacientes portadores de glaucoma, ulcera péptica estenosante, obstrução piloroduodenal, hipertrofia prostática, asma brônquica, doença cardiovascular incluindo hipertensão e hipertireoidismo.
Os anti-histamínicos tem efeito aditivo com o álcool e outros depressores do sistema nervoso central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.
Os anti-histamínicos podem causar excitação em crianças de baixa idade e maior sedação e hipotensão em pacientes com mais de 60 anos.
“Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas”.

Uso na gravidez e lactação: a experiência com esta substância em grávidas não foi suficiente para provar sua segurança em relação ao desenvolvimento fetal. Não foi estabelecido se maleato de Dexclorfeniramina é excretado no leite humano e, portanto, deve haver precauções na administração a lactantes.
O uso de anti-histamínicos com álcool, antidepressivo tricíclicos, barbitúricos e outros depressores do sistema nervoso central podem potencializar os efeitos sedativos da Dexclorfeniramina. Os inibidores da monoaminoxidase prologam e intensificam os efeitos de anti-histamínicos. A ação dos anticoagulantes orais pode ser diminuída por uso de anti-histamínicos.

Modo de uso: o comprimido de maleato de Dexclorfeniramina é de cor vermelha, circular e monossectado. A posologia para adultos e crianças maiores de 12 anos é de 1 comprimido 3 a 4 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia. Para alguns pacientes, a dose diária máxima de 6 mg, ou seja, 3 comprimidos, é suficiente. No caso de crianças de 6 a 12 anos tomar 1/2 (meio) comprimido três vezes por dia. Um máximo de 6 mg diários. E para crianças de 2 a 6 anos o recomendável é 1/4 (um quarto) de comprimido três vezes por dia. Um máximo de 3 mg diários.

“Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica”.
“Não utilize medicamentos com prazo de validade vencido. Antes observe o aspecto do medicamento”. Além de não obter o efeito desejado você poderá prejudicar sua saúde.

Reações adversas: discreta ou moderada sonolência pode ocorrer com o uso do maleato de Dexclorfeniramina.
Outros possíveis efeitos colaterais são os comuns aos demais anti-histamínicos, como hipotensão, sedação, agitação, boca seca, anorexia, fraqueza, cefaleia, nervosismo, poliúria, azia, diplopia, sudorese, disúria, urticária e choque anafilático.

Conduta em caso de superdose: se os vômitos não ocorrerem espontaneamente, o paciente deverá ser induzido a vomitar. Comunicar-se imediatamente com o médico-assistente.
Cuidados de conservação: manter à temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz e em lugar seco.
O número do lote e as datas de fabricação e validade deste medicamento estão impressas na embalagem do produto.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
________________________________________________________________________________________

CREME DERMATOLÓGICO
Ação esperada do medicamento
O maleato de Dexclorfeniramina pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como antialérgicos (anti-histamínicos).
Os antialérgicos (anti-histamínicos) ajudam a reduzir os sintomas de alergia causados por substâncias estranhas que entram em contato com nosso corpo.
O maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico é indicado para o alívio do prurido, alergias, coceiras, urticária e picadas de insetos.

Cuidados de armazenamento
Manter a bisnaga tampada, à temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Prazo de validade
O número do lote e as datas de fabricação e validade estão impressos no cartucho do medicamento, em caso de vencimento, não utilize o produto.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Gravidez e lactação
A segurança para o uso na pele de antialérgicos durante a gravidez e a amamentação não esta estabelecida.
Em casos raros, a absorção pela pele do maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico pode provocar excitabilidade, principalmente em crianças.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se esta amamentando.

Cuidados de administração
Verifique se o medicamento que você adquiriu possui as seguintes características:
O maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico possui cor branca e uniforme.

Dosagem:
Aplicar o maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico sobre a área da pele afetada duas vezes ao dia.
Deve-se evitar cobrir a área que está sendo tratada.
Aplicar o maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico sobre a área da pele
O maleato de Dexclorfeniramina só deve ser aplicado externamente. Não deve ser aplicado nos olhos, boca, nariz e não deve ser utilizado em áreas extensas da pele, principalmente em crianças.
Este medicamento deve ser utilizado somente na dose recomendada. Se você utilizar grande quantidade deste medicamento, procure imediatamente socorro médico levando também a bula do produto.
Siga a orientação do seu medico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica ou de seu cirurgião dentista.

Interrupção do tratamento
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Reações adversas
Antialérgicos para uso na pele podem causar sensibilidade e irritação local, especialmente com o uso prolongado.
Poderá ocorrer sonolência leve ou moderada durante o uso deste medicamento, se o medicamento for aplicado em áreas extensas, por causa de sua absorção. Outros efeitos que poderão ocorrer durante o uso de antialérgicos, incluindo o maleato de Dexclorfeniramina, são: urticária, coceira, erupções na pele, sensibilidade na pele quando exposta ao sol, aumento do suor, calafrios, pressão baixa, dor de cabeça, palpitação, choque anafilático, boca, nariz e garganta secos, sedação, agitação, perda de apetite, fraqueza, nervosismo, aumento da quantidade de micções, dor ao urinar, azia e visão turva.

Ingestão concomitante com outras substâncias
Desconhecem-se interações específicas.
Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Contraindicações e precauções
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do inicio, ou durante o tratamento.
Não utilize o maleato de Dexclorfeniramina creme dermatológico se você já teve algum tipo de reação incomum a qualquer um dos componentes da fórmula do produto.
O maleato de Dexclorfeniramina creme não é indicado para o uso nos olhos (oftálmico).
Deve-se evitar a exposição à luz do sol das áreas tratadas com o maletao de Dexclorfeniramina creme, pois podem ocorrer reações indesejáveis na pele.
O tratamento deverá ser suspenso se ocorrer sensação de queimação, erupções, desenvolvimento de irritações ou se não houver melhora do quadro.
Evite o uso prolongado ou o uso em áreas extensas da pele, principalmente em crianças.
O tratamento com antialérgicos deverá ser suspenso aproximadamente 48 horas antes de se efetuar qualquer tipo de teste laboratorial na pele pois o uso do produto poderá interferir no resultado do exame.
Este medicamento é contraindicado na faixa etária abaixo de 2 anos de idade, incluindo recém-nascidos e prematuros.
Informe seu médico ou cirurgião-dentista sobre o aparecimento de reações indesejáveis.
Informe seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 10 ml, 20 ml ou 30 ml.
Ação do medicamento
O maleato de Dexclorfeniramina pertence a uma classe de medicamentos conhecidos como anti-histamínicos. Os anti-histamínicos ajudam a reduzir os sintomas de alergia prevenindo os efeitos da histamina, que é uma substância produzida pelo próprio corpo.
O maleato de Dexclorfeniramina é indicado para alergia, coceira, prurido, rinite alérgica, urticária, picada de inseto, conjuntivite alérgica, dermatite atópica e eczemas alérgicos.

Contraindicações
Não utilize maleato de Dexclorfeniramina se você já teve algum tipo de reação alérgica ou reação incomum a qualquer um dos componentes da fórmula do produto. Não utilize este medicamento se você está tomando algum inibidor da monoaminoxidase (IMAO).
O maleato de Dexclorfeniramina é contraindicado na faixa etária abaixo de 2 anos de idade.

Advertências
Mantenha este medicamento fora do alcance das crianças e animais domésticos. Não permita que outra pessoa utilize este medicamento e não o utilize para tratar outras doenças. Não utilize este produto com maior frequência ou em doses maiores do que o recomendado na bula. Se você teve qualquer alergia séria ou qualquer reação incomum a outro produto para alergia, tosse ou resfriado, ou se você desenvolveu algum tipo de reação enquanto estava tomando maleato de Dexclorfeniramina, entre em contato com seu médico ou farmacêutico antes de continuar o tratamento com este produto.
Este medicamento pode afetar o comportamento de algumas pessoas, tornando-as sonolentas, com tontura e estado de alerta diminuído. Tenha certeza de como você reage a este medicamento antes de realizar atividades que possam ser perigosas se você não estiver alerta, tais como dirigir veículos ou operar máquinas.
Não se esqueça de dizer ao seu médico ou farmacêutico, antes de iniciar o tratamento com este produto, se você tem glaucoma ou algum outro problema no olho, problemas no intestino ou estômago, úlcera, próstata aumentada, entupimento das vias urinárias ou dificuldade em urinar, doença no coração, pressão alta, problemas na tireoide ou problemas respiratórios, pois este medicamento deve ser usado com cautela nestas situações.
Os antialérgicos podem causar excitação em crianças. Em pacientes com mais de 60 anos poderá causar maior sonolência, vertigem e pressão baixa.
O maleato de Dexclorfeniramina não contém corantes.
Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Precauções
Os antialérgicos têm efeito aditivo com o álcool e outros depressores do sistema nervoso central, como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes.

Uso durante a gravidez e amamentação
A segurança durante a gravidez ainda não foi comprovada. O maleato de Dexclorfeniramina poderá ser utilizado durante os primeiros dois trimestres de gestação somente se claramente necessário e sob estrito acompanhamento médico. Este produto não deverá ser utilizado durante o terceiro trimestre de gestação porque recém-nascidos e prematuros poderão apresentar reações severas aos anti-histamínicos. Não foi comprovado se o maleato de Dexclorfeniramina é excretado no leite materno e, portanto, deve haver precaução na administração a mulheres que estão amamentando.

Interações medicamentosas
Os IMAOs prolongam e intensificam os efeitos dos anti-histamínicos, podendo ocorrer pressão baixa grave. O uso de anti-histamínicos com álcool, medicamentos para depressão, epilepsia e outros depressores do sistema nervoso central como sedativos, hipnóticos e tranquilizantes, pode potencializar os efeitos sedativos.
A ação dos anticoagulantes orais pode ser diminuída por anti-histamínicos.

Interações em exames laboratoriais
Comunique seu médico ou farmacêutico se você for fazer algum teste de pele para detectar alergia. O tratamento com maleato de Dexclorfeniramina deverá ser suspenso dois dias antes da execução do teste, pois este medicamento poderá afetar os resultados.
O maleato de Dexclorfeniramina não deve ser utilizado em crianças menores de 2 anos de idade.
Informe seu médico ou cirurgião-dentista sobre o aparecimento de reações indesejáveis.
Informe seu médico ou cirurgião-dentista se você estiver fazendo uso de algum outro medicamento.
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Modo de uso
Aspecto físico
Verifique se o medicamento que você comprou possui as seguintes características:
O maleato de Dexclorfeniramina é uma solução límpida, incolor.

Características organolépticas
O maleato de Dexclorfeniramina apresenta odor de morango.

Dosagem
Adultos e crianças maiores de 12 anos: 20 gotas 3 a 4 vezes por dia. Não ultrapassar a dose máxima de 12 mg/dia (ou seja, 120 gotas/dia). Para alguns pacientes, a dose diária máxima de 6 mg (ou seja, 60 gotas/dia), é suficiente.
Crianças de 6 a 12 anos: 10 gotas três vezes por dia. Um máximo de 6 mg diários (ou seja, 60 gotas/dia).
Crianças de 2 a 6 anos: 5 gotas três vezes por dia. Um máximo de 3 mg diários (ou seja, 30 gotas/dia).
Se você esquecer de tomar uma dose na hora certa, tome-a assim que possível e depois reajuste os horários de acordo com esta última tomada, continuando o tratamento de acordo com os novos horários programados.
Seu médico ou farmacêutico irá informar quando você deve parar de tomar este medicamento.

Como usar
O maleato de Dexclorfeniramina é indicado para uso oral e deve ser utilizado de acordo com as instruções do item dosagem.
Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica ou de seu cirurgião-dentista.
Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

Reações adversas
Junto com os efeitos necessários para seu tratamento, os medicamentos podem causar efeitos não desejados.
Apesar de nem todos estes efeitos colaterais ocorrerem, você deve procurar atendimento médico caso algum deles ocorra.
Poderá ocorrer sonolência leve ou moderada durante o uso deste medicamento. Outros efeitos que poderão ocorrer com o uso de anti-histamínicos, incluindo maleato de Dexclorfeniramina, são: urticária, coceira, prurido, erupções na pele, sensibilidade na pele quando exposta ao sol, aumento do suor, calafrios, pressão baixa, dor de cabeça, palpitação, choque anafilático, boca, nariz e garganta seca, sedação, agitação, perda de apetite, fraqueza, nervosismo, aumento da quantidade de micções, dor ao urinar, azia, visão borrada. Poderão ocorrer alterações no coração, no sangue, neurológicas, no estômago e intestino, nas vias urinárias, genitais e respiratórias.

Superdosagem
Este medicamento deve ser utilizado somente na dose recomendada. Se você utilizar grande quantidade deste medicamento, procure imediatamente socorro médico levando também a bula do produto.
As manifestações podem variar desde depressão do sistema nervoso central como: sedação, apneia (suspensão da respiração), redução do estado de alerta mental, colapso no coração, excitação (insônia, alucinações, tremores ou convulsões) até morte.
Outros sinais e sintomas podem incluir tontura, zumbidos, ataxia (incapacidade de coordenar os movimentos musculares), visão opaca e pressão baixa. Excitação, assim como os sinais e sintomas semelhantes à ação da atropina (manifestações no estômago e intestino, boca seca, pupilas fixas e dilatadas, rubor e aumento da temperatura do corpo), são mais observadas em crianças.

Armazenagem
Manter à temperatura ambiente (15 °C a 30 °C). Proteger da luz e manter em lugar seco.
O prazo de validade deste produto encontra-se impresso na embalagem externa. Nunca use o medicamento com o prazo de validade vencido, pois pode ser ineficaz e prejudicial para a sua saúde.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
________________________________________________________________________________________

SOLUÇÃO ORAL 100 ml ou 120 ml + copo medida
Ação esperada do medicamento: maleato de Dexclorfeniramina solução oral é indicado para alívio dos sintomas de algumas reações alérgicas.

Cuidados de armazenamento: manter à temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Prazo de validade: o número do lote e a data de validade deste medicamento também estão impressos na embalagem do produto. Não use medicamento com prazo de validade vencido, pode ser prejudicial a sua saúde.

Gravidez e lactação: somente pode ser tomado durante a gravidez e lactação com orientação médica. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico está amamentando.

Reações adversas: informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis.
Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Ingestão concomitante com outras substâncias: maleato de Dexclorfeniramina solução oral, usado concomitantemente com álcool, antidepressivos ou barbitúricos, pode aumentar o efeito sedativo deste medicamento. Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início ou durante o tratamento.

Contraindicações e precauções: maleato de Dexclorfeniramina solução oral não deve ser utilizado em recém-nascidos e prematuros, em pacientes recebendo inibidores da MAO e em indivíduos alérgicos aos componentes do produto.
ESTE MEDICAMENTO POSSUI AÇÚCAR EM SUA COMPOSIÇÃO, PORTANTO É CONTRAINDICADO A PACIENTES DIABÉTICOS.
Durante o tratamento o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Risco de automedicação: NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

Data da bula

05/08/2013

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal