Feed

Já é assinante?

Entrar

Enterofigon

Enterofigon - Bula do remédio

Enterofigon com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Enterofigon têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Enterofigon devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Kleyhertz

Apresentação de Enterofigon

Solução oral: cartuchos com 12, 24 e 60 flaconetes de 10 ml cada nos sabores pêssego e abacaxi. Frasco de vidro com 150 ml no sabor pêssego.

Enterofigon - Indicações

Dispepsias - sensação de peso e sonolência após as refeições; digestão difícil; náuseas e vômitos. Excessos alimentares. Enxaquecas digestivas. Intolerância aos alimentos gordurosos. Mal-estar causado por abuso de bebidas alcoólicas.

Contra-indicações de Enterofigon

O Enterofigon é contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, crianças menores que 12 anos, durante a gravidez e lactação.

Advertências

Pela presença da Adenosina o risco/benefício deve ser avaliado em situação clínica como: cri- anças menores que 12 anos, asma, acidose me- tabólica, síndrome do nodo sinusal e gravidez. Enterofigon abacaxi contém o corante amarelo de TARTRAZINA, que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica especialmente em pessoas alérgicas ao Ácido acetil salicílico.

Uso na gravidez de Enterofigon

É contra-indicado durante a gravidez e lactação.

Interações medicamentosas de Enterofigon

A piridoxina, um dos componentes da fórmula, quando administrado junto com fenobarbital, feni- toína e levodopa provoca a diminuição dos efeitos fisiológicos desses medicamentos. A adenosina pode ter sua ação aumentada por: dipiridamol; pode ser antagonizada por: metilxantinas; pode ter sua ação diminuída por: cafeína; teofilina. A metionina pode diminuir a ação de: levodopa.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Enterofigon

A adenosina provoca como reações mais frequen- tes: arritmias, bradicardia, taquicardia sinusiais, encurtamento dos batimentos cardíacos e rubor facial. Como reação ocasional: pressão torácica, tosse, tontura, cefaléia, náusea, insensibilidade e formigamento nos braços. A vitamina B6 pode provocar dor de cabeça; náusea; parestesia (sensação anormal de formigamento, ferroadas ou queimação ao toque); reação alérgica; síndrome neuropática sensorial; sonolência. A metionina pode ocasionar náusea; sonolência; vômito.

Enterofigon - Posologia

Adultos e crianças acima de 12 anos Flaconete: Um flaconete (10 ml), 3 vezes ao dia, antes das refeições. Também pode ser diluído em água. Solução oral: Uma colher de sopa (15 ml), 3 vezes ao dia, antes das refeições. Também pode ser diluído em água.

Superdosagem

Em caso de ingestão acidental de dose muito aci- ma das preconizadas, promover esvaziamento gástrico através de indução de emese ou lavagem gástrica. Recomenda-se adotar as medidas habituais de controle das funções vitais.

Enterofigon - Informações

Cada ml contém Adenosina ... 2,00 mg DL-Metionina ... 10,00 mg Betaína ... 10,00 mg Citrato de Colina ... 50,00 mg Cloridrato de Piridoxina (Vit. B6) .. 1,00 mg Sorbitol 70% ... 0,09 ml Veículo q.s.p. .. 1,00 ml A Adenosina é substância indispensável ao perfeito funcionamento de toda célula, pois é pre- cursora obrigatória do ATP, fonte de energia vital, especialmente às células hepáticas onde o metabolismo é muito intenso. Os chamados fatores lipotrópicos do Enterofigon são: a Metioni- na, a Colina e a Betaína. A Metionina é um aminoácido essencial que tem importante função protetora do fígado, pois além de contribuir para remoção da infiltração gordu- rosa tem também ação antitóxica acentuada. A Colina é outra substância importante que, com- binando-se com as gorduras e com o fósforo para formar a lecitina, é essencial ao transporte nor- mal das gorduras. A Betaína completa a ação lipotrópica de Ente- rofigon, pois, juntamente com a metionina e a colina, acelera a remoção da gordura infiltrada no fígado. A Piridoxina e o Sorbitol são outros constituin- tes importantes do Enterofigon. A Piridoxina é essencial para o perfeito metabolismo celular e o Sorbitol, por ser colecinético, facilita a excreção da bile hidrossolúvel. A associação com Adeno- sina, fatores lipotrópicos, sorbitol e a piridoxina, torna Enterofigon um medicamento funcional- mente homogêneo e de grande valor no tratamento das afecções hepato-digestivas.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal