Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Euthyrox

Euthyrox - Bula do remédio

Euthyrox com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Euthyrox têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Euthyrox devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Merck

Apresentação de Euthyrox

Cx c/ 50 comp. de 25, 50, 75, 100, 15 e 150 mcg.

Euthyrox - Indicações

Complementação ou reposição da secreção tireoidiana. Supressão da secreção de TSH.

Contra-indicações de Euthyrox

Euthyrox não deve ser usado por pessoas com reconhecida hipersensibilidade a qualquer um dos excipientes. Constituem contra-indicações relativas o infarto recente do miocárdio, a tireotoxicose não tratada e a insuficiência supra-renal descompensada.

Advertências

Os hormônios tireoidianos devem ser usados com grande cautela sempre que houver comprometimento, comprovado ou suspeito, da integridade do sistema cardiovascular, especialmente das artérias coronárias, tal como ocorre na angina pectoris ou nos idosos. O tratamento de pacientes cardiopatas deve ser iniciado com baixas doses, que serão aumentadas aos poucos e lentamente. A experiência clínica existente até o momento não indica qualquer efeito adverso sobre fetos, quando a levotiroxina é administrada a gestantes. Pequenas quantidades de levotiroxina são eliminadas pelo leite, o que implica em cuidados quando se pretende administrála a pacientes que estejam amamentando. O uso de hormônios tireoidianos pode agravar a intensidade dos sintomas de pacientes com diabete melito ou insípido, assim como insuficiência supra-renal obrigando a reajustes no tratamento destas patologias.

Uso na gravidez de Euthyrox

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Interações medicamentosas de Euthyrox

Os hormônios tireoidianos podem potencializar os efeitos de anticoagulantes. Assim sendo, é recomendável que se façam nos pacientes em uso destes medicamentos, freqüentes determinações do tempo de protrombina, durante tratamento com hormônios tireoidianos. A colestiramina liga-se à levotiroxina no intestino, impedindo sua absorção. Por isso é necessário um intervalo de quatro a cinco horas entre as administrações dos dois medicamentos. A fenitoína, os salicilatos, o clofibrato, assim como a furosemida em altas doses, podem potencializar os efeitos da levotiroxina. Mulheres hipotireóideas em uso de estrogênios necessitam de doses maiores de levotiroxina, pois os estrogênios aumentam os níveis séricos da globulina plasmática à qual se liga a tiroxina.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Euthyrox

Quando Euthyrox é utilizado de maneira adequada, sob rigoroso controle médico, não é de se esperar a ocorrência de efeitos colaterais. Estes surgem quando se ultrapassa o limite de tolerância individual para a levotiroxina ou em caso de superdosagem, em especial se, no início do tratamento, a posologia for aumentada rapida-mente. Os efeitos colaterais compreendem sinais e sintomas indicativos de hiperfunção tireoidiana, tais como taquicardia, agitação, nervosismo, tremor frio nas mãos, perda de peso, diarréia, sudorese aumentada e hipertermia.

Euthyrox - Posologia

A exclusivo critério médico, de acordo com o caso. Comumente a dose diária inicial para adultos e crianças é de 25 a 100 mcg, aumentada progressivamente de 25 ou 50 mcg a cada três ou quatro semanas, de acordo com a resposta terapêutica obtida. A dose de manutenção para adultos é de 200 a 300 mcg por dia e, para crianças, de 100 a 200 mcg por dia. A duração do tratamento, conforme o caso, pode ser de alguns meses ou estender-se por toda a vida.

Superdosagem

A superdose ocasiona quadro de hipertireoidismo caracterizado por cefaléia, instabilidade, nervosismo, sudorese e aumento da motilidade intestinal. Podem surgir ou agravar-se angina pectoris ou insuficiência cardíaca congestiva. O tratamento consiste na interrupção da levotiroxina e no uso de medicamentos capazes de antagonizar os efeitos centrais e periféricos dos hormônios, em especial, os decorrentes da atividade simpática aumentada (p. ex., agentes antiadrenérgicos como o propranolol). Quando necessário, deve-se fazer reposição hídrica e combater a febre e a hipoglicemia. Em caso de insuficiência cardíaca, usar digitálicos. Na ingestão aguda de grandes doses de levotiroxina, utilizar medidas visando impedir a absorção entérica do produto e medicamentos sintomáticos.

Euthyrox - Informações

O principal efeito farmacológico da levotiroxina é o aumento da taxa metabólica tecidual. A levotiroxina afeta o metabolismo protéico e o glicídico, promovendo gliconeogênese e estimulando a síntese protéica. Afeta o metabolismo lipídico, diminuindo as concentrações hepática e sérica do colesterol. Transformando-se em triiodotironina, participa na regulação do crescimento e da diferenciação celular. A levotiroxina exerce efeito cardioestimulador (que pode ser o resultado de ação direta no coração), aumenta a sensibilidade do coração às catecolaminas e aumenta o número de receptores ß-adrenérgicos miocárdicos. Pode aumentar o fluxo sangüíneo renal e a filtração glomerular em pacientes hipotireóideos. Reverte os sinais e sintomas de hipotireoidismo e do mixedema. Aumenta o crescimento das epífises e a ossificação em crianças hipotireóideas.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal