FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Ionil Shampoo Anticaspa

Ionil Shampoo Anticaspa - Bula do remédio

Ionil Shampoo Anticaspa com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Ionil Shampoo Anticaspa têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Ionil Shampoo Anticaspa devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Biosintética

Apresentação de Ionil Shampoo Anticaspa

Xampu 20 mg/ml + 8,5 mg/ml: frasco com 120 ml

Ionil Shampoo Anticaspa - Indicações

IONIL T está indicado para o tratamento de caspa e dermatite seborréica.

Contra-indicações de Ionil Shampoo Anticaspa

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com hipersensibilidade a um ou mais componentes da fórmula, em eczemas exudativos, na presença de foliculite ou acne vulgar, em casos de fotossensibilidade, psoríase ativa ou com inflamação, psoríase eritrodérmica e psoríase postular generalizada.

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos de idade.

Advertências

IONIL T é exclusivamente para uso externo, não devendo ser ingerido.
Evitar contato de IONIL T com os olhos, face, genitais ou membranas mucosas.
Evitar o uso de IONIL T em pele agudamente inflamada.
Em caso de contato acidental com os olhos, enxaguar abundantemente com água.
A toxicidade do salicilato pode ocorrer após uso prolongado do produto ou em grandes áreas. O ácido salicílico é um irritante cutâneo e pode causar dermatite.

Gravidez e lactação
Categoria de risco na gravidez: B.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Interações medicamentosas de Ionil Shampoo Anticaspa

Não há relatos de interações medicamentosas com o medicamento.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Ionil Shampoo Anticaspa

O ácido salicílico é irritante e pode causar dermatites. Foram relatadas reações alérgicas e reações de toxicidade no local de aplicação do uso do coaltar após exposição solar.

Não há informação sobre a frequência da incidência dessas reações.
Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Ionil Shampoo Anticaspa - Posologia

Umedecer o cabelo e massagear o couro cabeludo com uma pequena quantidade de IONIL T. Enxaguar bem com água. Em seguida aplicar uma quantidade maior de IONIL T até a obtenção de espuma. Deixar a espuma agir no cabelo por cerca de 5 minutos. Enxaguar completamente com água.
Em geral, a posologia recomenda é utilizar o xampu 2 vezes por semana, por 2 semanas, mantendo o uso 1 vez por semana de acordo com a necessidade. Este xampu pode ser usado até 3 vezes por semana ou de acordo com a orientação médica.
Para um melhor resultado, não usar sabão, detergente ou outro xampu antes ou após o uso de IONIL T.

Superdosagem

Não existem antecedentes de superdosagem com IONIL T. No entanto, a manifestação mais provável é a irritação ocular, e, portanto, deve-se evitar contato com os olhos. Em caso de contato acidental com os olhos, enxaguar abundantemente com água.



Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Características farmacológicas

IONIL T constitui-se de um xampu anti-seborréico contendo ácido salicílico, cloreto de benzalcônio, uma mistura de éteres laurílicos do polioxietileno e solução de coaltar sob a forma dispersível em água, auxiliando a remoção de escamas e no tratamento da dermatite seborréica do couro cabeludo.
O ácido salicílico tem ação queratolítica, auxiliando a remoção das escamas superficiais e fragmentos, de maneira a permitir que o xampu entre em contato mais íntimo com a superfície do couro cabeludo. O nome químico do ácido salicílico é ácido 2-hidroxibenzóico, sua fórmula molecular é C7H6O3 e possuiu peso molecular de 138,12. Apresenta-se como cristais aciculares brancos ou incolores ou como pó cristalino branco. Sua forma sintética é branca e sem odor e sua preparação natural proveniente do metilsalicilato pode ser discretamente amarelada ou rósea, com odor leve de menta. O tempo para atingir o pico de concentração do ácido salicílico em aplicações tópicas é de 5 horas, atingindo concentrações entre 0,3 a 0,9 mg/l após o uso de 2 a 6 mg/l de metilsalicilato. A área sob a curva dos níveis séricos varia entre 15,3 ± 6,6 mg/h/l a 35,8 ± 11,8 mg/h/l. Em óleos contendo 5% e 10% de ácido salicílico, observou- se absorção sistêmica, com o uso tópico em pele, de 9,3% a 25,1%, cujo aumento foi notado após múltiplas aplicações. Após a absorção, 50% a 80% do ácido salicílico se ligam a proteínas plasmáticas, mais precisamente à albumina sérica, com maior afinidade pela albumina fetal. Os metabólitos do ácido salicílico são os glucuronatos de salicilato e o ácido salicilúrico. A excreção do ácido salicílico é 95% realizada pelos rins. O ácido salicílico facilita a descamação, solubilizando o cimento intercelular que une as camadas do estrato córneo, levando à perda da queratina. Além de suas ações queratolíticas, indicadas no tratamento das condições hiperqueratóticas da pele, o ácido salicílico possui ação fungicida e é usado topicamente no tratamento da infecção cutânea por dermatófitos. Tal ação é efeito da remoção da camada córnea da pele, o que suprime o crescimento fúngico. O ácido salicílico também possui ação levemente anti-séptica.
O coaltar é uma substância com propriedades anti-pruriginosa, anti-psoriática, anti-seborréica, queratolítica e discretamente anti-séptica. Não existem dados a respeito da absorção, distribuição e metabolização do coaltar em uso tópico. A acridina (metabólito do coaltar) foi detectada na urina de humanos após aplicação tópica do coaltar. O coaltar é um produto preparado a partir da carbonização do carvão.


O mecanismo de ação do coaltar ainda não está claro. Acredita-se que essa substância aja como um agente citostático, quando aplicada na pele humana normal. Provavelmente, sua ação envolva certos constituintes como o benzapireno, que é convertido a um composto reativo, e que se liga a macromoléculas celulares ou que envolva fotossensibilizadores que, após reação fotoquímica, inibem a síntese de DNA, por meio de efeitos anti-mitóticos. Outro possível mecanismo de ação envolve a redução de processos inflamatórios com adelgaçamento da pele. Em modelos animais, os xampus testados mostraram capacidade de suprimir a síntese de DNA epidérmica entre 26% e 64%.

Resultados de eficácia

A associação de coaltar com ácido salicílico tem sido utilizada por vários grupos de médicos na assistência aos pacientes com caspa e dermatite seborréica, por conter duas medicações eficazes no controle dessas afecções. Assim, o coaltar e o ácido salicílico, com suas ações queratolíticas, anti-pruriginosas, anti-proliferativas, anti-inflamatórias e anti-sépticas, associam-se de forma sinérgica para o tratamento das dermatites descamativas do couro cabeludo.

Armazenagem

IONIL T apresenta-se como líquido límpido, âmbar, livre de materiais estranhos, possuindo odor característico de coaltar.
Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C).
Desde que respeitados os cuidados de armazenamento, o medicamento apresenta uma validade de 36 meses a contar da data de sua fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original. Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

MS - 1.1213.0221
Farmacêutico Responsável: Alberto Jorge Garcia Guimarães - CRF-SP n° 12.449
Biosintética Farmacêutica Ltda.
Av. das Nações Unidas, 22.428
São Paulo - SP
CNPJ 53.162.095/0001-06
Indústria Brasileira

Ionil Shampoo Anticaspa - Bula para o Paciente

1. PARA QUE ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
IONIL T está indicado para o tratamento de caspa e dermatite seborréica.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
Cada um dos componentes do IONIL T desempenha uma importante função em aliviar a dermatite seborréica do couro cabeludo. O IONIL T é um xampu eficaz no tratamento da dermatite seborréica pelas seguintes ações:
1)Aumento da renovação celular com auxílio na remoção das camadas superficiais do couro cabeludo (camada córnea) (ação queratolítica);
2)Rápido controle do excesso de secreção oleosa do couro cabeludo (seborréia hiper-oleosa);
3)Auxílio na prevenção das infecções bacterianas.



3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes alérgicos a um ou mais componentes da fórmula, em eczemas exudativos (lesões de pele úmidas), na presença de foliculite (inflamação do “poros do pelo”) ou acne, em casos de fotossensibilidade (sensibilidade à luz), psoríase ativa ou com inflamação, psoríase eritrodérmica e psoríase pustular generalizada.

Este medicamento é contraindicado para menores de 2 anos de idade.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
IONIL T é exclusivamente para uso externo, não devendo ser ingerido. Evitar contato de IONIL T com os olhos, face, genitais ou mucosas. Evitar o uso de IONIL T em pele inflamada. Em caso de contato acidental com os olhos, enxaguar abundantemente com água. A toxicidade do salicilato pode ocorrer após uso prolongado do produto ou em grandes áreas. O ácido salicílico é um irritante cutâneo e pode causar dermatite (inflamação da pele) .
Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Não há relatos de interações medicamentosas com o medicamento.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
IONIL T apresenta-se como líquido límpido, âmbar, livre de materiais estranhos, possuindo odor característico do coaltar.
Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Umedecer o cabelo e massagear o couro cabeludo com uma pequena quantidade de IONIL T. Enxaguar bem com água. Em seguida aplicar uma quantidade maior de IONIL T até a obtenção de espuma. Deixar a espuma agir no cabelo por cerca de 5 minutos. Enxaguar completamente com água.
Em geral, a posologia recomenda é utilizar o xampu 2 vezes por semana, por 2 semanas, mantendo o uso 1 vez por semana de acordo com a necessidade. Este xampu pode ser usado até 3 vezes por semana ou de acordo com a orientação médica.


Para um melhor resultado, não usar sabão, detergente ou outro xampu antes ou após o uso de IONIL T.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Caso esqueça de usar este medicamento, retome o tratamento assim que se lembrar. Não se deve usar quantidades adicionais do xampu para compensar o esquecimento de uma das aplicações.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.


8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
O ácido salicílico é irritante e pode causar dermatites (inflamação da pele). Foram relatadas reações alérgicas e reações de toxicidade no local de aplicação do uso do coaltar após exposição solar.
Não há informação sobre a frequência da incidência dessas reações.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?
Não existem antecedentes de superdosagem com IONIL T. No entanto, a manifestação mais provável é a irritação ocular, e, portanto, deve-se evitar contato com os olhos. Em caso de contato acidental com os olhos, enxaguar abundantemente com água.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.
Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Data da bula

23/08/2017

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal