Feed

Já é assinante?

Entrar

Macrodantina

Macrodantina - Bula do remédio

Macrodantina com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Macrodantina têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Macrodantina devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Mantecorp

Apresentação de Macrodantina

Macrodantina apresenta-se em cartuchos com 28 cápsulas.
Cada cápsula contém 100 mg de nitrofurantoína.
Ingredientes inativos: amido, talco e lactose.
USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Macrodantina - Indicações

Tratamento das infecções urinárias agudas e crônicas, produzidas por bactérias sensíveis à nitrofurantoína, como: cistites, pielites, pielocistites e pielonefrites.

Contra-indicações de Macrodantina

Anúria, oligúria ou comprometimento significativo da função renal (depuração de creatinina abaixo de 40 mL/minuto). O tratamento destes pacientes apresenta um aumento do risco de toxicidade devido a redução da excreção da nitrofurantoína. Na fase final da gestação e em crianças com menos de um mês de idade, devido a possibilidade de anemia hemolítica, motivada pela imaturidade do sistema enzimático. Hipersensibilidade à nitrofurantoína.

Advertências

Reações pulmonares agudas, subagudas e crônicas foram observadas em pacientes tratados com a nitrofurantoína. Caso ocorram, o tratamento deverá ser suspenso e deverão ser tomadas as medidas apropriadas. Casos de anemia hemolítica, semelhantes aos que ocorrem por sensibilidade à primaquina, foram relatados. Em qualquer sinal de hemólise, é indicada a suspensão do tratamento, pois ela é reversível com a retirada do medicamento.
A segurança da nitrofurantoína na gravidez e lactação não foi estabelecida, razão pela qual, o seu emprego nestas condições exige avaliação criteriosa dos riscos e benefícios. A neuropatia periférica poderá raramente ocorrer em pacientes portadores de diabetes, hipovitaminose B, nefro ou hepatopatia, anemia e doenças debilitantes. A redução posológica ou a suspensão do medicamento geralmente promove a reversão desse quadro clínico. A nitrofurantoína, sendo altamente solúvel na urina, confere-lhe uma coloração amarelada.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Macrodantina

Anorexia, náuseas e vômitos poderão ocorrer, além de dor abdominal e diarréia. A incidência desses sintomas é reduzida com a ingestão do medicamento acompanhado de leite ou alimento sólido. Cefaléia, tontura, sonolência e mialgias são controláveis da mesma forma ou com a administração de medicação auxiliar. Erupções cutâneas, febre, calafrios, icterícia, eosinofilia e reações pleuropulmonares poderão ocorrer em pacientes hipersensíveis ao fármaco. A supressão do medicamento assegura o imediato desaparecimento desses sintomas.

Macrodantina - Posologia

Adultos – 50 a 100 mg, 4 vezes por dia, durante 7 a 10 dias. Crianças – 5 a 7 mg por kg de peso/dia, divididos em 4 vezes por dia, durante 7 a 10 dias. Observação: A terapêutica deverá ser continuada, no mínimo por mais 3 dias, após a urina tornar-se estéril. Caso a infecção persista, será necessária a reavaliação do caso. Se necessário o uso do medicamento por longo prazo, a redução da dose deverá ser considerada.

Superdosagem

Este medicamento deve ser usado somente na dose recomendada. Se você utilizar grande quantidade deste medicamento, procure imediatamente socorro médico levando a bula do produto. Pode-se, alternativamente, solicitar auxílio ao Centro de Assistência Toxicológica da região, o qual deve fornecer as orientações para a superdose em questão. MS 1.0093.0062 Farm.Resp.: Lucia Lago Hammes - CRF-RJ 2804

Macrodantina - Informações

A nitrofurantoína, agente antibacteriano específico do trato urinário, age de forma original por interferir nos vários sistemas enzimáticos da bactéria sem ocasionar resistência bacteriana, nem mesmo a transferível. Macrodantina, nitrofurantoína em macrocristais, permite o retardamento da solubilidade no aparelho gastroentérico, reduzindo com isso os efeitos indesejáveis (náuseas e vômitos) sem, contudo, modificar sua concentração na excreção urinária. A nitrofurantoína assegura a obtenção MANTECORP Macrodantina dos máximos níveis plasmáticos entre 4 a 5 horas após a sua administração. Difunde-se em nível renal, pelo tecido intersticial; é secretada, reabsorvida e novamente excretada pelos túbulos renais em cerca de 50% ao final de 8 horas. A nitrofurantoína é excretada por via renal, em forma ativa, sendo particularmente eficaz contra: Escherichia coli, Enterococcus faecalis e Staphylococcus aureus. A nitrofurantoína, sendo altamente solúvel na urina, confere-lhe uma coloração amarelada. O reduzido teor de eliminação biliar e fecal explica por que não atinge a microbiota bacteriana intestinal normal, a qual conserva-se inalterada e equilibrada.

Dizeres legais

MANTECORP INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA LTDA.
Estrada dos Bandeirantes, 3.091 – Rio de Janeiro – RJ
CNPJ: 33.060.740/0001-72 – Indústria Brasileira
® Marca Registrada
Produzido e embalado por:
Mappel Laboratórios Farmacêuticos Ltda
Rua Gravataí, 16 e 24 – Rio de Janeiro - RJ
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA
Central de Atendimento 08000117788 (logo)
O número do lote, a data de fabricação e o término do prazo de validade estão gravados na
embalagem externa deste produto.
mac15

Macrodantina - Bula para o Paciente

Macrodantina é um agente antibacteriano para uso nas infecções urinárias. Macrodantina deve ser conservada em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da luz. O prazo de validade de Macrodantina encontra-se gravado na embalagem externa. Em caso de vencimento, inutilize o produto. Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após seu término. Informar ao médico se está amamentando. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como perda do apetite, náuseas, vômitos, dor abdominal e diarréia durante o tratamento.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
Informar ao médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.

Data da bula

13/12/2011

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal