FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Maxidrate

Maxidrate - Bula do remédio

Maxidrate com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Maxidrate têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Maxidrate devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Libbs

Apresentação de Maxidrate

Gel nasal com 4,5 mg/g de cloreto de sódio. Embalagens contendo 1 frasco dosador com 15 g ou 30 g.

Maxidrate - Indicações

Hidratação da mucosa nasal ressecada devido a condições climáticas de baixa temperatura ou baixa umidade; condições ambientais como exposição ao ar condicionado; utilização de betabloqueadores ou das seguintes substâncias: alprazolam, perfenazina, amitriptilina, tioridazina e isotretinoína; resfriados, alergias e sinusite crônica; senilidade; pós- radioterapia.

Contra-indicações de Maxidrate

Em pacientes com hipersensibilidade ao cloreto de sódio ou a qualquer componente de sua formulação.

Advertências

Não apresenta.

Mulheres grávidas: apesar de não existirem estudos clínicos sobre o uso desta medicação em gestantes e durante a amamentação, Maxidrate® pode ser utilizado com segurança nestas condições.

Interações medicamentosas de Maxidrate

Não existem registros de interações clinicamente relevantes.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Maxidrate

Em alguns casos, foi observada nos primeiros dias de uso do medicamento a ocorrência de ardência na mucosa nasal, que desapareceu após alguns dias de utilização do medicamento. Para evitar essa ardência, deve-se evitar aspirar diretamente o gel após sua aplicação, devendo-se massagear levemente a lateral do nariz para espalhá-lo.

Em caso de eventos adversos notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Maxidrate - Posologia

Este medicamento deve ser aplicado na mucosa nasal (narinas), várias vezes ao dia, conforme necessário.
Após utilização, o aplicador deve ser limpo com um lenço de papel, tampado e mantido em sua embalagem original. As medidas de higiene recomendam o uso individual deste medicamento. O frasco não deve ser reaproveitado.

Risco de uso por via de administração não recomendada: este medicamento deve ser administrado somente pela via nasal.

Superdosagem

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.
MS nº: 1.0033.0126
Farmacêutica responsável: Cintia Delphino de Andrade – CRF-SP nº: 25.125

Registrado por:
LIBBS FARMACÊUTICA LTDA.
Rua Josef Kryss, 250 – São Paulo – SP
CNPJ 61.230.314/0001-75

Fabricado por:
LIBBS FARMACÊUTICA LTDA.
Rua Alberto Correia Francfort, 88 – Embu das Artes – SP
Indústria brasileira

Características farmacológicas

Maxidrate® age hidratando a mucosa nasal ressecada por fatores climáticos, ambientais, advindo de doenças ou do uso de algumas medicações. Também pode ser útil contra o ressecamento da mucosa nasal decorrente da senilidade e no status pós-radioterápico.
O gel de Maxidrate® age formando uma camada umectante que protege a narina seca e irritada suavizando a respiração. Maxidrate® não contém vasoconstritores nem conservantes em sua formulação, não causando rinites medicamentosas, dependência ou hiperemia reacional; podendo ser utilizado em quaisquer outras condições relacionadas ao ressecamento da mucosa nasal.


Por ser um medicamento de pequena ação local, sua absorção para a circulação sistêmica não promove reações adversas.
Maxidrate® não contém conservante, minimizando a agressão à mucosa nasal.

Resultados de eficácia

MAUREEN D. DONAVAN (1996) estuda a biodisponibilidade de drogas a partir de géis nasais e conclui que polímeros de celulose mantém-se na mucosa por maior tempo sem causar danos a mesma. [“INTRANASAL
MUCOCILIARY CLEARANCE OF PUTATIVE BIOADHESIVE POLYMER GELS” MENGPING ZHOU,
MAUREEN D. DONAVAN – INTERNATIONAL JOURNAL OF PHARMACEUTICS 135(1996) 115-125].
James S. Chu et al (1991) estudou formulações de géis mucoadesivos e mostra entre outras coisas que uma formulação polimérica com propilenoglicol com baixa viscosidade pode ser facilmente espalhada na cavidade nasal. “ MIXTURE EXPERIMENTAL DESIGN IN THE DEVELOPMENT OF A MUCOADHESIVE GEL FORMULATION” James S.
Chu at all – Pharmaceutical Resarch, vol. 8 nº 11, 1991.
WOLSKA-GOSZKA et al (1991) conduziram estudo aberto, comparativo com grupos paralelos durante 12 meses para comparar os efeitos de gel nasal com metilcelulose e a ausência de terapia no controle de sintomas como ressecamento nasal e alterações metaplásicas da mucosa nasal. Foram envolvidos 70 pacientes trabalhadores portuários expostos a fertilizantes. O gel nasal demonstrou melhora clínica em 66% dos casos e melhora parcial da ulceração, do ressecamento e da leucoplasia de mucosa. Foram observadas vantagens evidentes no uso de gel nasal na proteção da mucosa respiratória superior dos trabalhadores expostos à poeira industrial, defendendo seu uso como medida profilática [WOLSKA-GOSZKA et al. Evaluation of therapeutic effect of migraine-protective gel applied to the nose mucous membrane-in the dockers exposed to noxious industrial dusts. Bull Int Mar Trop Med 1991, 42.1-4.].
SCHWETZ et al (2004) conduziram estudo duplo cego, randomizado, placebo controlado, cruzado, multicêntrico em 91 pacientes alérgicos (21-26 anos de idade) utilizando gel de carboximetilcelulose (CMC) como veículo para teste de medicação para o controle de rinite alérgica. O gel ativo era composto de um bloqueador de pólen e o gel placebo somente com o veículo (CMC). Além de se mostrar efetivo como veículo para a medicação teste, o próprio veículo, a CMC apresentou também um efeito terapêutico (menor do que quando associado ao medicamento), não sendo considerada como um simples placebo. O gel ativo demonstrou ser superior ao veículo isolado quanto aos sintomas (redução de 60% e 20%) e parâmetros de rinometria [SCHWETZ et al. Eficcacy of pollen blocker cream in the treatment of allergic rhinits. Arch Otol Head Neck Surg 2004; 130,979-84].

Armazenagem

Este medicamento deve ser armazenado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e da umidade. Este medicamento tem validade de 24 meses a partir da data de sua fabricação.



Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Maxidrate® é um gel límpido e incolor, e deve estar livre de grumos.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

Registrado por:
LIBBS FARMACÊUTICA LTDA.
Rua Josef Kryss, 250 – São Paulo – SP
CNPJ 61.230.314/0001-75

Fabricado por:
LIBBS FARMACÊUTICA LTDA.
Rua Alberto Correia Francfort, 88 – Embu das Artes – SP
Indústria brasileira

Maxidrate - Bula para o Paciente

PARA QUÊ ESTE MEDICAMENTO É INDICADO?
É indicado para hidratar a mucosa nasal ressecada e irritada.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
Maxidrate® age na mucosa nasal ressecada, promovendo sua hidratação e consequente conforto respiratório na presença de condições como irritação da mucosa nasal pela presença de resfriados, alergias, condições climáticas de baixas temperaturas (clima frio) ou baixa umidade (“ar seco”) e, ainda, exposição ao ar condicionado. Irritação da mucosa nasal devido às reações adversas de alguns medicamentos (betabloqueadores ou substâncias como alprazolam, perfenazina, amitriptilina, tioridazina e isotretinoína); ressecamento nasal devido aos efeitos secundários de radioterapia (emprego de raios ionizantes para tratar certas doenças, especialmente câncer) e/ou atrofia (perda da elasticidade e consistência) da mucosa nasal com avanço da idade.
A embalagem de Maxidrate® foi especialmente desenvolvida com uma bomba dosadora de fácil aplicação. A formulação em forma de gel permanece mais tempo na mucosa nasal e sua fórmula é livre de conservantes.

QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Está contraindicado no caso de reação alérgica ao cloreto de sódio ou a qualquer componente de sua formulação.

O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Não existem registros de reações adversas relacionadas ao uso deste medicamento.
Mulheres grávidas: apesar de não existirem estudos específicos realizados em mulheres grávidas com Maxidrate, é considerado um medicamento seguro para uso durante a gravidez e a amamentação.
Não existem registros de interações clinicamente relevantes relacionadas ao uso de Maxidrate.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
Este medicamento deve ser armazenado em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C), protegido da luz e umidade.



Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Maxidrate é um gel límpido e incolor, e deve estar livre de grumos.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Antes de utilizar este medicamento, leia as seguintes instruções:
1. Abra a embalagem e retire o frasco
2.Retire a tampa do frasco puxando-a para cima
3.Coloque o frasco sobre o dedo polegar e o aplicador entre os dedos indicador e médio. Na primeira utilização, acione a válvula duas ou três vezes até que ocorra a saída do gel.
4.Insira o frasco na narina com o bico apontado para a lateral do nariz. Nesta posição, empurre o fundo do frasco, usando o polegar contra os dedos indicador e médio, acionando o dispositivo aplicador.
5.a. Após aplicação, massageie o nariz para melhor distribuição do gel nas narinas
6.a. Repita o procedimento na outra narina.
6.b. Para obtenção de Hidratação Nasal Profunda : repita o procedimento na outra narina.
7.Se necessário, retire o excesso com um lenço de papel.
8. Após o uso, limpe o aplicador com um lenço de papel, tampe o frasco e guarde-o em sua embalagem original.
Maxidrate deve ser aplicado na mucosa nasal (narinas), várias vezes ao dia, conforme necessário.
Medidas de higiene recomendam o uso individual desse medicamento. O frasco não deve ser reaproveitado.

Risco de uso por via de administração não recomendada: este medicamento deve ser administrado somente por via nasal.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Se você se esquecer de administrar uma dose, procure administrá-la assim que possível. Se estiver próximo ao horário da dose seguinte, despreze a dose esquecida e volte ao seu esquema normal. Não administre duas doses ao mesmo tempo.



Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
Em alguns casos, foi observada nos primeiros dias de uso do medicamento a ocorrência de ardência na mucosa nasal, que desapareceu após alguns dias de utilização do medicamento. Esta tende a ocorrer com maior frequência quando o paciente aspira diretamente o gel nasal, evento que deve ser evitado por meio de uma leve massagem da lateral do nariz após a aplicação.

Informe seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através de seu serviço de atendimento.

O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?
Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Data da bula

09/03/2017

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal