Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Melxi - Bula do remédio

Melxi com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Melxi têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Melxi devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Hebron

Apresentação de Melxi

Susp. oral: fr. c/ 100mL

Melxi - Indicações

Melxi está indicado como tratamento coadjuvante nas traqueobronquites e suas manifestações.

Contra-indicações de Melxi

- Pacientes com hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula; - Hipersensibilidade a Bromelina; - Gravidez e lactação; - Pacientes diabéticos.

Advertências

Atenção: este medicamento contém mel de abelha, portanto, deve ser usado com cautela em portadores de diabetes.

Uso na gravidez de Melxi

Este medicamento é contra-indicado durante a gravidez e se estiver amamentando.

Interações medicamentosas de Melxi

As interações medicamentosas não foram observadas e/ou registradas.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Melxi

Ainda não foram relatadas a intensidade e freqüência das reações adversas, colaterais ou alterações de exames laboratoriais com o uso do Melxi.

Melxi - Posologia

Crianças de 3 meses a 1 ano: 2,5mL, 3 vezes ao dia. Crianças de 1 a 8 anos: 5,0mL, 3 vezes ao dia. Crianças acima de 8 anos e adultos: 10mL (copo-medida cheio), 3 vezes ao dia.

Superdosagem

Não há perigo de superdosagem com o uso de Melxi.

Melxi - Informações

O Ananas comosus associa, em sua composição, as enzimas com atividades proteolíticas: bromelina, ribonuclease, glucose-oxidase, invertase e diastase. Contribui para melhor fluidificação das secreções mucosas do paciente, graças às propriedades mucolíticas e fluidificantes destas enzimas, conforme pesquisas realizadas pela Universidade Federal de Pernambuco, Universidade de Pernambuco (estadual) e Universidade Federal da Paraíba. As enzimas bromelina, ribonuclease, glucose oxidase, invertase e diastase contidas no Ananas comosus, catalizam a quebra de ligações entre as ligações peptidicas, pela incorporação de moléculas de água, facilitando, assim a fluidificação do muco espesso. A bromelina é um endopeptidase que não necessita de sistema precursor para desempenhar sua atividade farmacológica e terapêutica. Além disso, o Ananas comosus contém os cátions divalentes dos oligoelementos magnésio, manganês, zinco, ferro e cálcio, que atuam como cofatores nas funções das referidas enzimas.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal