Feed

Já é assinante?

Entrar

Mentaliv

Mentaliv - Bula do remédio

Mentaliv com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Mentaliv têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Mentaliv devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Apsen

Apresentação de Mentaliv

Cápsula gelatinosa mole revestida gastroresistente de 200 mg. Caixas com 10, 20, 30, 40 e com 60 cápsulas.

Mentaliv - Indicações

O medicamento Mentaliv, óleo essencial de Mentha piperita L, está indicado no tratamento sintomático da síndrome do intestino irritável. Indicações Complementares Secundariamente, o produto pode ser utilizado em outras desordens digestivas, como flatulência e dispepsia não ulcerosa.

Contra-indicações de Mentaliv

O produto Mentaliv, óleo essencial de Mentha piperita L, está contra-indicado em casos de inflamação do trato gastrointestinal e da vesícula biliar, obstrução dos dutos biliares e em casos severos de disfunção hepática. Na presença de cálculos biliares, o uso do produto deve passar por avaliação médica. Também está contraindicado em casos de hipersensibilidade ao óleo de menta. Quanto utilizado em grandes quantidades o óleo de menta pode favorecer a menstruação, sendo assim contra-indicado na gestação. Um estudo realizado refere que o uso de óleo de menta pode vir a reduzir o fluxo de leite, contra-indicando seu emprego na lactação.

Advertências

As cápsulas devem ser engolidas inteiras, não devem ser quebradas ou mastigadas. Pacientes que já sofreram de queimação gástrica (pirose) podem eventualmente apresentar uma exacerbação deste sintoma após a administração de Mentaliv (óleo essencial de Mentha piperita L). O tratamento deve ser discontinuado nestes pacientes. O paciente deve ser orientado a consultar o médico antes do uso deste produto, nas seguintes circunstâncias: - Primeira apresentação destes sintomas para confirmação da Síndrome do Instestino Irritável; - Pacientes com idade de 40 anos ou superior e após longo período da apresentação de alguns dos sintomas da Síndrome do Intestino Irritável, ou os sintomas terem sido alterados. - Sangue nas fezes - Náusea ou vômito - Perda de apetite ou peso - Palidez e cansaço - Severa constipação - Febre - Recente viagem ao exterior - Gravidez, possibilidade de gravidez ou intenção de engravidar. - Sangramento vaginal anormal ou precoce. - Dificuldade ou dor para urinar.

Uso na gravidez de Mentaliv

Quanto utilizado em grandes quantidades o óleo de menta pode favorecer a menstruação, sendo assim contra-indicado na gestação. Não há dados disponíveis que garantam a segurança do produto na gravidez, portanto este produto não deve ser utilizado em tais condições sem supervisão médica. Amamentação Um estudo realizado, óleo essencial de Mentha piperita L refere que o uso de óleo de menta pode vir a reduzir o fluxo de leite, contra-indicando seu emprego na lactação. Não há dados disponíveis que garantam a segurança do produto na lactação, portanto este produto não deve ser utilizado em tal condição sem supervisão médica.

Interações medicamentosas de Mentaliv

O produto Mentaliv, óleo essencial de Mentha piperita L, deve ser utilizado com cuidado em pacientes que estiverem sob tratamento com medicamentos bloqueadores da secreção ácida gástrica (antagonistas H2, prostaglandinas, inibidores da bomba de prótons), devendo-se utilizar sempre formas gastro-resistentes. Extratos de menta podem aumentar o efeito estrogênico do estradiol quando administrados conjuntamente. O uso simultâneo com bloqueadores de cálcio pode aumentar a atividade de tais fármacos sobre a musculatura lisa. Interações com alimentos Formas farmacêuticas com revestimento gastroresistente usadas para tratamento da síndrome do intestino irritável não devem ser ingeridas conjuntamente com alimentos, devendo ser administradas entre as refeições.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Mentaliv

Erupções cutâneas, enxaqueca, azia, queimação perianal, bradicardia, tremores musculares e ataxia têm sido reportados como reações adversas raras, usualmente associadas com overdose. Dores musculares recorrentes têm sido associadas com a ingestão do óleo essencial. Pacientes com cálculos biliares podem experimentar crises de cólicas devido aos efeitos colagogos do produto. O óleo de menta tem sido associado com nefrite intersticial e falência renal aguda; seu uso pode, teoricamente, exacerbar sintomas da hérnia de hiato pelo relaxamento da musculatura lisa do trato gastrointestinal. Em pessoas sensíveis ao mentol podem aparecer insônia e irritabilidade nervosa.

Mentaliv - Posologia

O produto Mentaliv é apresentado na forma de cápsula gelatinosa mole revestida gastroresistente de 200 mg. Mentaliv deve ser ingerido somente nos intrevalos entre as refeições, por via oral, com o auxílio de quantidade suficiente de líquido. Adultos: A posologia recomendada de Mentaliv 200 mg, é de 1 a 2 cápsulas, três vezes ao dia.

Superdosagem

Em doses muito altas, o mentol pode produzir efeitos narcóticos ou até paralisia do centro respiratório bulbar. A inalação da essência pode causar depressão cardíaca, espasmos da laringe e brônquios (especialmente em crianças). Foram relatados alguns casos de nefrite intersticial aguda e falência renal relacionados a ingestão de altas doses do óleo essencial. O valor de DL50 do óleo de menta é de 4.500 mg/kg por via oral. Em relação especificamente ao mentol, a dose fatal estimada em seres humanos situa-se na faixa de 1000 mg/kg de peso corpóreo. Em caso de ingestão acidental de uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez, o médico deverá ser contatado urgentemente ou o paciente deverá ser encaminhado ao pronto atendimento mais próximo para procura de socorro médico.

Mentaliv - Informações

O óleo de menta apresenta uma pronunciada ação antiespasmódica, verificada em segmentos isolados de íleo de animais (coelhos e gatos), em diluições menores que 1:20.000. Esse efeito, reversível, é marcado por um declínio no número e na amplitude das contrações espontâneas, em alguns casos atingindo o ponto de paralisia completa. O óleo de menta antagoniza a ação espasmogênica do cloreto de bário e da fisostigmina. Ele relaxa o músculo íleo longitudinal, embora de maneira menos potente que a papaverina. O óleo de menta age competitivamente com a nifedipina e bloqueia os estímulos excitantes dos íons cálcio. Dessa forma, a ação antiespasmódica do óleo de menta é baseada em propriedades características de antagonistas de cálcio. O óleo de menta apresenta também efeitos de relaxamento do esfíncter esofageano inferior, equilibrando a pressão intra-luminal entre o estômago e o esôfago.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal