Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Neovlar - Bula do remédio

Neovlar com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Neovlar têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Neovlar devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Bayer

Referência

levonorgestrel etinilestradiol

Apresentação de Neovlar

Estojo-calendário c/ 21 drágeas Cada drágea de Neovlar contém 0,25 mg de levonorgestrel e 0,05 mg de etinilestradiol.

Neovlar - Indicações

Neovlar, quando corretamente empregado, inibe a ovulação e promove alterações do muco cervical, tornando-o mais viscoso, dificultando a ascensão dos espermatozóides à cavidade uterina. Além disso, a membrana uterina não está preparada para a nidação do ovo. Desta forma Neovlar proporciona mais de um mecanismo de proteção na prevenção da gravidez.

Contra-indicações de Neovlar

Gravidez; distúrbios graves da função hepática; icterícia ou prurido gestacional grave; síndromes de Dubin-Johnson e de Rotor; tumores hepáticos atuais ou anteriores; processos tromboembólicos ou antecedentes dos mesmos, como acidente vascular cerebral, infarto do miocárdio; anemia falciforme; carcinoma de mama ou de endométrio, tratados ou atuais; diabetes grave com alterações vasculares; distúrbios do metabolismo lipídico; antecedentes de herpes gravídico; otosclerose agravada durante gestações anteriores.

Advertências

Para informações mais detalhadas sobre reações adversas graves, consultar o item “Precauções e advertências”. Foram observadas as seguintes reações adversas em usuárias de COCs, sem que a exata relação de causalidade tenha sido estabelecida*: Classificação por sistema corpóreo Freqüente (= 1/100) Pouco freqüente (= 1/1.000 e < 1/100) Raro (< 1/1.000) Distúrbios nos olhos intolerância a lentes de contato Distúrbios gastrintestinais náuseas, dor abdominal vômitos, diarréia Distúrbios no sistema imunológico hipersensibilidade Investigações aumento de peso corporal diminuição de peso corporal Distúrbios metabólicos e nutricionais retenção de líquido Distúrbios no sistema nervoso cefaléia enxaqueca Distúrbios psiquiátricos estados depressivos, alterações de humor diminuição da libido aumento da libido Distúrbios no sistema reprodutivo e nas mamas dor e hipersensibilidade dolorosa nas mamas hipertrofia mamária secreção vaginal, secreção das mamas Distúrbios cutâneos erupção eritema nodoso, 16 e nos tecidos subcutâneos cutânea, urticária eritema multiforme *Foi utilizado o termo MedDRA (versão 7.0) mais apropriado para descrever uma determinada reação. Sinônimos ou condições relacionadas não foram listados mas também devem ser considerados. Em mulheres com angioedema hereditário, estrogênios exógenos podem induzir ou intensificar os sintomas de angioedema.

Uso na gravidez de Neovlar

Neovlar® não deve ser usado quando há suspeita de gravidez ou durante a gestação. Se suspeitar da possibilidade de gravidez durante o uso de NeovlarÒ, consulte seu médico o mais rápido possível. O uso de Neovlar® durante a amamentação não é recomendado. Se desejar tomar contraceptivo oral durante a amamentação, converse primeiramente com seu médico.

Interações medicamentosas de Neovlar

O uso de alguns medicamentos pode afetar a ação dos contraceptivos orais, reduzindo sua eficácia. Isto foi verificado com medicamentos utilizados no tratamento da epilepsia (por exemplo: primidona, fenitoína, barbitúricos, carbamazepina), da tuberculose (por exemplo: rifampicina) e com alguns antibióticos (por exemplo: penicilinas e tetraciclinas), os quais são utilizados no tratamento de outras doenças infecciosas. É possível que ocorra interação também com oxcarbazepina, topiramato, felbamato, medicamentos para tratamento da AIDS – Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (por exemplo: ritonavir, nevirapina), o antibiótico griseofulvina e medicamentos contendo Erva de São João (usada principalmente para o tratamento de estados depressivos). Os contraceptivos orais também podem interferir na eficácia de outros medicamentos, por exemplo, medicamentos contendo ciclosporina, ou o antiepilético lamotrigina. ”Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento”. Também informe que está tomando NeovlarÒ a qualquer outro médico ou dentista que venha a lhe prescrever outro medicamento. Pode ser necessário o uso adicional de um método contraceptivo e, neste caso, seu médico lhe dirá por quanto tempo deverá usá-lo.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Neovlar

Em casos isolados podem ocorrer cefaléias, distúrbios gástricos, náusea, tensão mamária, alterações de peso e da libido, estados depressivos. Após tratamentos prolongados, pode ocorrer, às vezes, cloasma em mulheres predispostas, que se acentua com a exposição prolongada ao sol. Recomenda-se a mulheres com esta tendência que não se exponham durante muito tempo aos raios solares. Tem-se observado, em casos isolados, uma diminuição da tolerância frente a lentes de contato. Segundo os conhecimentos atuais, não se pode excluir a associação entre o uso de contraceptivos hormo-nais e um aumento de doenças tromboembólicas venosas e arteriais. Com relação à trombose arterial, como apoplexia, infarto do miocárdio, parece aumentar o risco relativo quando, concomitantemente, existem outros fatores como intenso consumo de cigarro (15 ou mais cigarros por dia), idade mais avançada e tratamento contraceptivo combinado prolongado por vários anos. Durante o tratamento com substâncias hormonais, tais como as contidas em Neovlar, têm-se observado, em casos raros, alterações hepáticas benignas e, muito mais raramente, malignas, que em casos isolados podem provocar hemorragias intra-abdominais com risco de vida para a paciente. Pode ser necessário interromper a administração quando ocorrerem queixas abdominais intensas, não-habituais, que não cedam espontaneamente em curto espaço de tempo.

Neovlar - Posologia

Uma drágea diária, durante 21 dias, seguidos de um intervalo de 7 dias. As drágeas devem ser ingeridas com pequena quantidade de líquido, sem mastigar, e de preferência logo após o café da manhã ou do jantar. Iniciar o tratamento no 5º dia do ciclo menstrual. Em casos de períodos menstruais irregulares ou com intervalos de 26 dias ou mesmo inferiores, o primeiro ciclo do tratamento deve ser iniciado no primeiro dia de sangramento.

Superdosagem

Não foram observados efeitos nocivos graves após a ingestão de várias drágeas de Neovlar® de uma única vez. Caso isto ocorra, podem aparecer náuseas, vômitos ou sangramento vaginal. Se a ingestão acidental ocorrer com uma criança, consulte o médico.

Características farmacológicas

Os contraceptivos combinados reduzem a duração e a intensidade do sangramento menstrual, diminuindo o risco de anemia por deficiência de ferro. A cólica menstrual também pode se tornar menos intensa ou desaparecer completamente. Além disso, tem-se relatado que alguns distúrbios ocorrem menos freqüentemente em usuárias de contraceptivos contendo 0,05 mg de etinilestradiol (“pílula de alta dose”), tais como: doença benigna da mama, cistos ovarianos, infecções pélvicas (doença inflamatória pélvica ou DIP), gravidez ectópica (quando o feto se fixa fora do útero) e câncer do endométrio (tecido de revestimento interno do útero) e dos ovários. Este também pode ser o caso para os contraceptivos de baixa dose, mas até agora só foi confirmada a redução da ocorrência de casos de câncer ovariano e de endométrio.

Resultados de eficácia

Neovlar® é um contraceptivo oral combinado. Cada drágea contém uma combinação de dois hormônios femininos: o levonorgestrel (progestógeno) e o etinilestradiol (estrogênio). Devido às pequenas concentrações de ambos os hormônios, Neovlar® é considerado um contraceptivo oral de baixa dose.

Modo de usar

As drágeas devem ser ingeridas na ordem indicada na cartela, por 21 dias consecutivos, mantendo-se aproximadamente o mesmo horário e, se necessário, com pequena quantidade de líquido. Cada nova cartela é iniciada após um intervalo de pausa de 7 dias sem a ingestão de drágeas, durante o qual deve ocorrer sangramento por privação hormonal (em 2-3 dias após a ingestão da última drágea). Este sangramento pode não haver cessado antes do início de uma nova cartela.

Armazenagem

O medicamento deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15°C e 30ºC). Proteger da umidade.

Neovlar - Informações

Antes de iniciar o uso de um medicamento, é importante ler as informações contidas na bula, verificar o prazo de validade, o conteúdo e a integridade da embalagem. Mantenha a bula do produto sempre em mãos para qualquer consulta que se faça necessária. 2 Leia com atenção o Informativo “Neovlar® e a contracepção” (no verso da bula) antes de usar o produto, pois o mesmo contém informações sobre os benefícios e os riscos associados ao uso de contraceptivos orais. Você também encontrará informações sobre o uso adequado do medicamento e sobre a necessidade de consultar o seu médico regularmente. Converse com o seu médico para obter maiores esclarecimentos sobre a ação do produto e sua utilização. Prazo de validade Ao adquirir o medicamento, confira sempre o prazo de validade indicado na embalagem externa. Nunca use medicamento com prazo de validade vencido.

Dizeres legais

Venda sob prescrição médica Lote, data de fabricação e validade: vide cartucho.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal