Feed

Já é assinante?

Entrar

Oligovit

Oligovit - Bula do remédio

Oligovit com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Oligovit têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Oligovit devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Nikkho

Apresentação de Oligovit

Comprimidos revestidos: caixa contendo 30 comprimidos revestidos.

Oligovit - Indicações

Oligovit (Vitamina E + associações) é um composto de vitaminas com ação antioxidante. Oligovit (Vitamina E + associações) pode ser utilizado como coadjuvante na prevenção e tratamento de doenças originadas ou agravadas pela presença de radicais livres no organismo.

Contra-indicações de Oligovit

Oligovit (Vitamina E + associações) está contra-indicado em pacientes com história de manifestação alérgica a algum dos componentes.

Advertências

Oligovit (Vitamina E + associações) não deve ser utilizado na gravidez e lactação sem que haja orientação médica específica. Pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula devem fazer uso do Oligovit (Vitamina E + associações) com cautela. Pacientes com perda de sangue podem ter seu quadro modificado pela presença de vitamina B12 e ácido fólico na formulação. O uso de substâncias antioxidantes em fumantes permanece controverso. Pacientes com calculose devem ter o uso deste medicamento avaliado pelo médico devido à presença de ácido ascórbico na formulação. ADVERTÊNCIAS E RECOMENDAÇÕES PARA PACIENTES IDOSOS: Oligovit (Vitamina E + associações) é bem tolerado em adultos de qualquer faixa etária. Apesar de estar constituído por muitos oligoelementos, a forma quelato reduz enormemente os sintomas de desconforto abdominal, exceto nos pacientes predispostos a úlceras e gastrites ou portadores destas patologias. Dores epigástricas com o uso de Oligovit (Vitamina E + associações) são facilmente controladas com uso da medicação de meia a uma hora das refeições.

Uso na gravidez de Oligovit

Embora os componentes de Oligovit (Vitamina E + associações) sejam todas substâncias necessárias ao organismo, algumas das concentrações das mesmas, estão acima daquelas recomendadas como suplemento vitamínico para mulheres grávidas e amamentando. Desta forma, a prescrição de Oligovit (Vitamina E + associações), tanto na gestação como na lactação, deve estar estritamente condicionada à situações clínicas específicas caracterizadas pelo médico assistente. Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe a seu médico se está amamentando.

Interações medicamentosas de Oligovit

O uso deste complexo vitamínico concomitante a outros medicamentos, particularmente o ácido acetil salicílico e drogas que interferem na coagulação deve ser orientado pelo médico devido à presença da Vitamina E.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Oligovit

Os quadros de reações adversas no uso do Oligovit (Vitamina E + associações), foram raros, e estes quando presentes, foram leves não havendo a necessidade de interrupção do tratamento. Entre as reações adversas pode-se observar: mal-estar epigástrico e/ou dores abdominais. A vitamina C em altas doses pode interferir nos exames laboratoriais de pesquisa de glicose e hemoglobina na urina (glicossúria e hemoglobinúria, respectivamente.) A vitamina C também interfere no doseamento de ácido úrico e bilirrubiana no sangue. Para evitar resultados falso-negativos para ácido úrico e biliburrina sugerimos a suspensão da ingestão de Oligovit (vitamina E + associações) 48 horas antes da coleta de sangue.

Oligovit - Posologia

Tomar 2 comprimidos por dia, meia hora antes do almoço ou jantar. Recomenda-se a administração dos comprimidos de Oligovit (Vitamina E + associações) meia a uma hora antes das refeições para evitar o desconforto ou dores abdominais devido as altas concentrações de vitaminas antioxidantes e pela presença de sais aminoácidos quelatos. Só o médico pode definir a dose e o tempo de administração de acordo com as peculiaridades do paciente e a(s) patologia(s) que apresenta.

Superdosagem

A ingestão de doses elevadas de Oligovit (Vitamina E + associações) pode provocar efeitos irritantes no tubo digestivo pela presença dos oligoelementos. É conveniente promover o esvaziamento gástrico, nestes casos.

Oligovit - Informações

cada comprimido revestido contém: *IDR Ácido Ascórbico (vitamina C) .....250,00mg.....1100% Vitamina E ..........................200UI....................................... 2684% Piridoxina (vitamina B6) ....................................3,00mg........................................462% Ácido Fólico (vitamina B9) ............................... 200,00mcg.................................166% Cianocobalamina (vitamina B12) ....................... 9,00 mcg ...................................750% Magnésio (Aminoácido Quelato) ....................... 20,00mg ......................................16% Zinco (Aminoácido Quelato ............................... 5,00 mg .....................................142% Selênio (Aminoácido Quelato) ...........................12,50mcg ....................................74% Cobre (Aminoácido Quelat ................................500,00 mcg ................................ 34% O Oligovit (Vitamina E + associações) é composto por vitaminas hidrossolúveis (Vitamina C, B6 e ácido fólico) e lipossolúvel (Vitamina E). Os componentes de Oligovit (Vitamina E + associações) fornecem vitaminas importantes para auxiliar os mecanismos naturais de eliminação dos radicais livres. Estes radicais livres são formados durante o metabolismo normal e patológico do organismo e apresentam uma alta reatividade química de tal forma a se ligarem em estruturas celulares nobres como as menbranas e organelas. Alteram assim, a anatomia e fisiologia celular desencadeando inúmeras doenças, entre elas, as cardiovasculares como distúrbios isquêmicos, hipertensão, infartos, aterosclerose e AVC. Os conceitos modernos de prevenção e de terapêutica de apoio dessas doenças envolvem a utilização dos varredores de radicais livres em doses elevadas e por períodos prolongados.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal