Feed

Já é assinante?

Entrar

Onicit - Bula do remédio

Onicit com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Onicit têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Onicit devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Splough

Apresentação de Onicit

Embalagem com 1 frasco-ampola 0,25 mg/5ml.

Onicit - Indicações

Onicit (cloridrato de palonosetrona) é indicado para: 1) a prevenção de náuseas e vômitos agudos associados a ciclos inicial e de repetição de quimioterapia contra o câncer moderado e altamente emetogênico, e 2) a prevenção de náuseas e vômitos tardios associados a ciclos inicial e de repetição de quimioterapia contra o câncer moderadamente emetogênico.

Contra-indicações de Onicit

Onicit (cloridrato de palonosetrona) é contra-indicado em pacientes com hipersensibilidade conhecida à droga ou a qualquer um de seus componentes.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Onicit

Em estudos clínicos para a prevenção de náuseas e vômitos induzidos por quimioterapia moderada ou altamente emetogênica, 1.374 pacientes adultos receberam a palonosetrona. As reações adversas foram semelhantes em freqüência e gravidade com o Onicit (cloridrato de palonosetrona) e a ondansetrona ou dolasetrona. A tabela a seguir traz uma lista de todas as reações adversas relatadas por >= 2% dos pacientes nesses estudos clínicos (Tabela 4). Tabela 4: Estudos de Reações Adversas de Náuseas e Vômitos Induzidos por Quimioterapia, >= 2% em qualquer Grupo de Tratamento (continua na bula original)

Onicit - Posologia

Uso em Adultos A dose recomendada de Onicit (cloridrato de palonosetrona) é de 0,25 mg administrados como dose única aproximadamente 30 minutos antes do início da quimioterapia. A administração repetida de Onicit (cloridrato de palonosetrona) em um intervalo de sete dias não é recomendada porque a segurança e a eficácia de administrações freqüentes (dias consecutivos ou alternados) em pacientes não foram avaliadas. Uso em Pacientes Geriátricos e em Pacientes com Função Renal ou Hepática Comprometida Não é necessário ajuste de dose (veja Populações especiais). Uso em Pacientes Pediátricos Não foi estabelecida uma dose intravenosa recomendada para pacientes pediátricos.

Onicit - Informações

AÇÕES: O cloridrato de palonosetrona é um agente antiemético e antinauseante. É um antagonista seletivo do receptor subtipo 3 da serotonina (5-HT3), com uma alta afinidade de ligação por esse receptor. FARMACOLOGIA CLÍNICA: Propriedades Físicas e Químicas O cloridrato de palonosetrona é um pó cristalino branco a esbranquiçado. É facilmente solúvel em água, solúvel em propilenoglicol e ligeiramente solúvel em etanol e 2-propanol. Quimicamente, o cloridrato de palonosetrona é: cloridrato de (3aS)-2-[(S)-1-Azabiciclo[2.2.2]oct-3-il]-2,3,3a,4,5,6-hexaidro-1-oxo-1Hbenz[de] isoquinolina. A fórmula empírica é C19H24N2O-HCl, com um peso molecular de 332,87. O cloridrato de palonosetrona existe como um isômero único. Farmacodinâmica A palonosetrona é um antagonista seletivo do receptor 5-HT3 (serotonina subtipo 3) com uma alta afinidade de ligação por esse receptor e pouca ou nenhuma afinidade por outros receptores. A palonosetrona difere dos outros setrons de primeira geração existentes no mercado, por apresentar uma forte afinidade de ligação ao receptor, prolongamento importante da meia-vida plasmática. A quimioterapia para câncer está associada a uma elevada incidência de náuseas e vômitos, particularmente quando determinados agentes, como a cisplatina, são utilizados. Os receptores 5-HT3 estão localizados nos terminais nervosos do vago na periferia e centralmente na zona do gatilho de quimioreceptor da área postrema. Acredita-se que os agentes quimioterápicos produzam náuseas e vômitos através da liberação de serotonina das células enterocromafinas do intestino delgado, e que a serotonina liberada então ativaria os receptores 5-HT3 localizados nos aferentes vagais para iniciar o reflexo de vômito. Os efeitos da palonosetrona sobre a pressão arterial, a freqüência cardíaca e os parâmetros eletrocardiográficos, inclusive QTc, foram comparáveis aos da ondansetrona e da dolasetrona em estudos clínicos. Em estudos não-clínicos, a palonosetrona possui a habilidade de bloquear canais de íons envolvidos na despolarização e repolarização ventricular, e de prolongar a duração do potencial de ação. Nos estudos clínicos, a relação dose-resposta para o intervalo QTc não foi inteiramente avaliada.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal