Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Pilocarpina

Pilocarpina - Bula do remédio

Pilocarpina com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Pilocarpina têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Pilocarpina devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Allergan

Apresentação de Pilocarpina

Cloridrato de Pilocarpina sob a forma de colóide para uso tópico oftálmico c/ 10 ml. Cada ml contém: 1% - 2% - 4% Cloridrato de Pilocarpina... 10 mg - 20 mg - 40 mg Hipromelose (Hidroxipropilmetilcelulose)... 5 mg - 5 mg - 5 mg

Pilocarpina - Indicações

Como miótico, no controle da pressão intra-ocular elevada (glaucoma). Pilocarpina pode ser usado em combinação com outros mióticos, betabloqueadores, inibidores da anidrase carbônica e agentes simpatomiméticos ou hiperosmóticos.

Contra-indicações de Pilocarpina

Irites. Hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Glaucoma por bloqueio pupilar.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Pilocarpina

Espasmo ciliar, irritação ocular, congestão vascular conjuntival, cefaléia temporal ou supra-orbitária e indução de miopia, principalmente em pacientes jovens, que iniciaram recentemente a administração. Redução da acuidade visual sob iluminação deficiente. O uso prolongado pode causar opacificação do cristalino. Tal como todos os mióticos, raros casos de deslocamento da retina foram relatados quando usado em indivíduos susceptíveis.

Pilocarpina - Posologia

Para sua segurança, este frasco está hermeticamente fechado, como mostra o desenho ao lado. Esta embalagem não requer o uso de objetos cortantes. Basta seguir as instruções: Gire a tampa para a direita até sentir o fim da rosca. A própria tampa já perfurou o frasco. Retire o anel cinza; jogue-o fora. Utilize o colírio normalmente.

Pilocarpina - Informações

A Pilocarpina é um alcalóide natural, parassimpatomimético com ação colinérgica direta sobre os receptores neuro-muscarínicos e musculatura lisa da íris e glândulas de secreção. Após administração tópica ocular, a Pilocarpina provoca a contração da pupila, com aumento de tensão no esporão escleral e abertura dos espaços da malha trabecular. Ocorre, assim, diminuição da resistência ao efluxo do humor aquoso e o conseqüente abaixamento da pressão intra-ocular. O Hipromelose prolonga o tempo de contato da Pilocarpina com os tecidos oculares, favorecendo sua absorção e atividade.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal