Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Pondera - Bula do remédio

Pondera com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Pondera têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Pondera devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Eurofarma

Referência

Paroxetina

Apresentação de Pondera

compr. sulcados rev.: emb. c/ 20 e 30 compr. de 20 mg. emb. c/ 30 compr. rev. de 30 mg. Emb c/ 20 compr de 10 mg

Contra-indicações de Pondera

Hipersensibilidade à droga ou a qualquer componente do produto. Não deve ser usado concomitantemente com inibidores da MAO.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Pondera

Em pesquisas clínicas controladas, as reações adversas mais comumente observadas e associadas ao uso de Pondera e não observadas em uma incidência equivalente entre os pacientes tratados com placebo foram: náusea, sonolência, sudorese, tremor, astenia, boca seca, insônia e disfunção sexual (incluindo impotência e distúrbios de ejaculação). A maioria destas experiências adversas diminuiu em intensidade e freqüência com a continuação do tratamento e, em geral, não causou a interrupção do tratamento. Adicionalmente houve relatos espontâneos de vertigem, vômito, diarréia, inquietação, alucinações e hipomania; erupção cutânea, incluindo urticária acompanhada de prurido ou angioedema, foi relatada. Sintomas sugestivos de hipotensão postural foram relatados freqüentemente em pacientes com outros fatores de risco. Reações extrapiramidais foram raramente relatadas. A maioria destas ocorreu em pacientes com desordens latentes de movimento ou naqueles que estavam usando medicação neuroléptica. Movimentos distônicos da face, língua e olhos também foram relatados. Anormalidades nos testes de função hepática e hiponatremia raramente foram descritas. Estas, geralmente, voltaram ao normal com a descontinuação do uso de Pondera. É menos provável que o uso de Pondera esteja associado à boca seca, constipação e sonolência do que ao uso dos antidepressivos tricíclicos. Sintomas incluindo vertigem, distúrbio sensorial (p. ex.: parestesia), ansiedade, distúrbios do sono (incluindo sonhos anormais), agitação, tremor, náusea, sudorese e confusão foram relatados após descontinuação abrupta do tratamento. Eles são geralmente autolimitados e o tratamento sintomático é raramente justificado. Nenhum grupo em particular de pacientes pareceu estar em um risco maior de apresentar estes sintomas; portanto, recomenda-se que quando o tratamento antidepressivo não for mais necessário, a descontinuação gradual por redução de dosagem em dias alternados seja considerada.

Pondera - Posologia

Adultos O tratamento pode ser iniciado com 10mg (1/2 comprimido de Pondera 20 mg) ou 15mg (1/2 comprimido de Pondera 30 mg) ao dia, ou a critério médico. Se necessário, acrescentar 1/2 comprimido ao dia, semanalmente, até atingir a dose ideal recomendada, conforme a indicação. Depressão e Transtorno de Ansiedade Social (fobia social): A dose ideal recomendada é de 20 mg ao dia. A dosagem máxima é de 50 mg ao dia. Transtorno Obsessivo Compulsivo : A dose ideal recomendada é de 40 mg ao dia. A dosagem máxima é de 60 mg ao dia. Doença do Pânico : A dose ideal recomendada é de 40 mg ao dia. A dosagem máxima é de 50 mg ao dia. Uma dose inicial baixa é recomendada para minimizar a piora potencial da sintomatologia do pânico que, conforme se reconhece, ocorre no início do tratamento da Doença do Pânico. Recomenda-se que Pondera (cloridrato de paroxetina) seja administrado em dose única diária, pela manhã, juntamente com alimentação .Os comprimidos devem ser deglutidos inteiros, sem mastigar. Da mesma forma que com todas as drogas antidepressivas , a posologia deve ser avaliada e ajustada, se necessário, dentro de 2 a 3 semanas após o início do tratamento e conforme considerado clinicamente apropriado. Em geral, recomenda-se que os pacientes sejam tratados por um período suficiente para garantir que estejam livres dos sintomas. Este período pode ser de vários meses para o tratamento da depressão, podendo ser mais longo para o tratamento do Transtorno Obsessivo Compulsivo e da Doença do Pânico. Da mesma forma que para muitos medicamentos psicoativos é recomendável que o tratamento seja descontinuado gradativamente. Crianças: O uso de Pondera (cloridrato de paroxetina) não é recomendado em crianças porque a segurança e a eficácia ainda não estão estabelecidas nesses pacientes. Pacientes idosos: Em pacientes idosos ocorre aumento da concentração plasmática do cloridrato de paroxetina. A posologia deve, portanto, ser iniciada com 10 mg ao dia , ou a critério médico. Conforme a resposta ao tratamento, a dose pode ser aumentada, acrescentando-se 10 mg ao dia, semanalmente, até a dose diária máxima de 40 mg. Insuficiência renal ou hepática: Em pacientes com insuficiência renal grave (clearance de creatinina < 30 ml/min) ou insuficiência hepática grave ocorre aumento das concentrações plasmáticas de cloridrato de paroxetina . A posologia inicial pode ser de 10 mg (1/2 comprimido de Pondera 20 mg) ao dia ou, a critério médico, de 20 mg ao dia.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal