Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Premarin

Premarin - Bula do remédio

Premarin com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Premarin têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Premarin devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Wyeth

Apresentação de Premarin

Premarin 0,3 mg - cart. c/ 28 drágeas Premarin 0,625 mg - cart. c/ 21 e 28 drágeas Premarin 1,25 mg - cart. c/ 28 drágeas Premarin 2,5 mg - cart. c/ 28 drágeas

Premarin - Indicações

Premarin é indicado para o tratamento de: 1. Sintomas vasomotores moderados a intensos associados à menopausa. 2. Osteoporose. O estrogênio reduz a reabsorção óssea e retarda ou interrompe a perda óssea na pós-menopausa. A utilização conjunta de outras medidas terapêuticas, como dieta, cálcio e fisioterapia deve ser considerada. 3. Vaginite atrófica. 4. Uretrite atrófica. 5. Hipoestrogenismo devido a hipogonadismo, castração ou insuficiência ovariana primária.

Contra-indicações de Premarin

1. Câncer de mama diagnosticado ou suspeito. 2. Neoplasia estrogênio-dependente diagnosticada ou suspeita. 3. Gravidez confirmada ou suspeita. 4. Sangramento genital anormal de causa indeterminada. 5. História ou presença de tromboflebite ou distúrbios tromboembólicos. 6. Hipersensibilidade aos componentes do medicamento.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Premarin

As reações adversas mais sérias associadas com o uso de estrogênios foram relatadas no item PRECAUÇÕES. As seguintes reações adversas têm sido relatadas com o tratamento estrogênico: Sistema geniturinário: sangramento intermenstrual; spotting; alterações no fluxo menstrual; amenorréia. Mamas: hipersensibilidade; aumento; secreção. Gastrintestinais: náusea; vômito; cólica e distensão abdominais; icterícia colestática. Pele: cloasma ou melasma que podem persistir quando a droga for descontinuada. Olhos: alteração na curvatura da córnea; intolerância a lentes de contato. Sistema Nervoso Central: cefaléia; enxaqueca; vertigem; coréia. Outras: aumento ou perda de peso; edema; alterações da libido.

Premarin - Posologia

A administação pode ser contínua (sem interrupção do tratamento) ou ciclica (três semanas com medicação e uma semana sem). Deve-se utilizar a menor dose que controle os sintomas. Uso concomitante de progestogênio: A adição de um progestogênio durante a administração estrogênica reduz o risco de hiperplasia endometrial e carcinoma endometrial, os quais têm sido associados ao uso prolongado de estrogênios isolados. Estudos morfológicos e bioquímicos do endométrio sugerem que 10 a 14 dias de uso de progestogênio são necessários para proporcionar a maturação máxima do endométrio, a fim de impedir quaisquer alterações hiperplásicas. Recomenda-se, a critério médico, as seguintes doses: - Sintomas vasomotores: 0,625 mg a 1,25 mg por dia. - Vaginite atrófica e uretrite atrófica: 0,3 mg a 1,25 mg (ou mesmo doses maiores) por dia, dependendo da resposta individual a nível dos tecidos. - Osteoporose: 0,625 mg por dia. - Castração feminina e insuficiência ovariana primária: 1,25 mg por dia. Ajustar a dose de acordo com a gravidade dos sintomas e resposta da paciente. Na manutenção, a dose deve ser ajustada para o menor nível que promova o controle efetivo. - Hipogonadismo feminino: 2,5 mg a 7,5 mg por dia, em doses divi- didas, por 20 dias, seguidos por um período de 10 dias sem medicação. Se não ocorrer sangramento menstrual até o final deste período, deve-se repetir o mesmo esquema de tratamento. O número de ciclos de tratamento estrogênico necessário para produzir sangramento pode variar dependendo da resposta do endométrio. Se ocorrer sangramento antes do final do período de 10 dias, deve-se iniciar um regime cíclico estrogênio-progestogênio com 2,5 mg a 7,5 mg por dia de Premarin, em doses divididas por 20 dias. Durante os últimos cinco dias de medicação estrogênica, administrar um progestogênio oral. Se ocorrer sangramento antes do final do período de 20 dias, o tratamento deverá ser interrompido e reiniciado no 5º dia de sangramento.

Premarin - Informações

Premarin (estrogênios conjugados) é uma mistura de estrogênios obtidos de fontes exclusivamente naturais (urina de éguas prenhes). Contém sais sódicos dos ésteres sulfatados hidrossolúveis de estrona, equilina e 17-alfa-diidroequilina, bem como quantidades menores de 17-alfa-estradiol, equilenina e 17-alfa-diidroequilenina. Os estrogênios são importantes no desenvolvimento e manutenção do sistema reprodutor feminino e dos caracteres sexuais secundários. Promovem o crescimento e desenvolvimento da vagina, útero, trompas de Falópio e aumento das mamas. Indiretamente, contribuem na estrutura óssea, manutenção do vigor e da elasticidade das estruturas urogenitais, alterações nas epífises dos ossos longos, que condicionam o pico de crescimento da puberdade até seu término, o crescimento de pêlos axilares e pubianos, e a pigmentação dos mamilos e genitais. A diminuição da atividade estrogênica no fim do ciclo menstrual pode ocasionar a menstruação, embora a interrupção da secreção de progesterona seja o fator mais importante no ciclo com ovulação. Entretanto, no ciclo pré-ovulatório ou anovulatório, o estrogênio é o determinante primário no início da menstruação. Os estrogênios também afetam a liberação de gonadotropinas hipofisárias. Os efeitos farmacológicos dos estrogênios conjugados são similares àqueles dos estrogênios endógenos. Eles são hidrossolúveis e bem absorvidos pelo trato gastrintestinal. Nos tecidos-alvo (órgãos genitais femininos, mamas, hipotálamo, hipófise), os estrogênios penetram na célula e são transportados para dentro do núcleo. Como resultado da ação estrogênica, ocorre a síntese de RNA e proteínas específicas.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal