FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Pronazol

Pronazol - Bula do remédio

Pronazol com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Pronazol têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Pronazol devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Diffucap

Referência

Fluconazol 150

Apresentação de Pronazol

Pronazol 100 mg cáps.: Cart. c/ 8 cáps. Pronazol 150 mg cáps.: Cart. c/ 1 ou 2 cáps.

Contra-indicações de Pronazol

Pronazol (fluconazol) é contra-indicado em pacientes com conhecida sensibilidade à droga ou a compostos azólicos.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Pronazol

Pronazol é geralmente bem tolerado. As reações adversas mais comumente associadas ao Pronazol têm sido aquelas relacionadas ao trato gastrintestinal. Estão incluídas náusea, dor abdominal, diarréia e flatulência. Após os sintomas gastrintestinais, o segundo efeito colateral mais comumente observado tem sido rash. Dor de cabeça tem sido associada ao uso de fluconazol. Em alguns pacientes, particularmente aqueles com enfermidades de bases severas, tais como Aids e câncer, foram observadas alterações nos resultados dos testes das funções hematológica e renal e anormalidades hepáticas (ver Advertências), durante o tratamento com fluconazol e agentes comparativos; entretanto o significado clínico e a relação ao tratamento são incertos. Distúrbios esfoliativos da pela (ver Advertências), convulsões, leucopenia, trombocitopenia e alopecia têm ocorrido sob condições onde uma associação de causa é incerta. Em raros casos, assim como com outros azólicos, anafilaxia tem sido relatada com o uso de fluconazol.

Pronazol - Posologia

Adultos: Nas meningites criptocócicas e nas infecções criptocócicas de outros parênquimas, a dose usual é de 400 mg no 1o dia, seguidos de 200 mg, uma vez por dia. Dependendo da resposta clínica do paciente estas doses podem aumentar para 400 mg diários. Usualmente a duração do tratamento de meningites criptocócicas é de 6 a 8 semanas. Prevenção da recaída da meningite criptocócica em pacientes com Aids, depois que os pacientes tenham recebido um curso completo de terapêutica primária, Pronazol pode ser administrado indefinidamente em uma dose diária de pelo menos 100 mg. Na candidemia, candidíase disseminada e outras infecções invasivas por Candida, a dose usual é de 400 mg no primeiro dia, seguidos de 200 mg diariamente. Dependendo da resposta clínica, a dose pode ser aumentada para 400 mg diários. A duração do tratamento é baseada na resposta clínica. Para dermatomicoses, incluindo tinha do corpo, do pé, crural e infecções por Candida, Pronazol (fluconazol) deve ser administrado em dose oral única semanal de 150 mg. A duração do tratamento é geralmente de 2 a 4 semanas, mas nos casos de Tinea pedis um tratamento de até 6 semanas poderá ser necessário. Para tinha ungueal (onicomicoses) a dose recomendada é de 150 mg de Pronazol (fluconazol), administrado em dose única semanal. O tratamento deve ser continuado até que a unha infectada seja totalmente substituída pelo crescimento. A substituição das unhas das mãos pode levar de 2 a 3 meses, enquanto que as dos pés de 6 a 12 meses. Entretanto, a velocidade de crescimento das unhas está sujeita a uma grande variação individual e de acordo com a idade. Após um tratamento eficaz de longa duração de infecções crônicas, as unhas podem ocasionalmente permanecer deformadas. Para o tratamento de candidíase vaginal Pronazol (fluconazol) deve ser administrado em dose única oral de 150 mg. Em casos onde não há evidências de insuficiência renal, devem ser utilizadas as doses normais. Para pacientes com insuficiência renal (clearance de creatinina < 50 ml/min) a dose deve ser ajustada. Pacientes com insuficiência renal: Pronazol (fluconazol) é excretado predominantemente de forma inalterada na urina. Não são necessários ajustes na terapia com dose única ou com dose única semanal desta droga. Em pacientes com insuficiência renal que utilizarão doses múltiplas de fluconazol, uma dose inicial de 50 mg a 400 mg pode ser adotada.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal