Feed

Já é assinante?

Entrar

Psorex Capilar

Psorex Capilar - Bula do remédio

Psorex Capilar com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Psorex Capilar têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Psorex Capilar devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Gsk

Referência

Clobetasol Capilar

Apresentação de Psorex Capilar

Psorex® Capilar é uma solução tópica apresentada em frascos plásticos, com um peso líquido de 50 g.

Composição
Cada 1mL contém:
17-propionato de clobetasol................................................. 0,5mg (0,05%p/p)
veículo (carbopol, álcool isopropílico, hidróxido de sódio, água purificada).......... q.s.p. ....... 1 g

Psorex Capilar - Indicações

No tratamento tópico de dermatoses do couro cabeludo, tais como: psoríase e eczemas recalcitrantes.

Contra-indicações de Psorex Capilar

O uso de Psorex® Capilar é contraindicado nos seguintes casos:
•hipersensibilidade conhecida a qualquer componente da fórmula;
•infecções do couro cabeludo;
•tratamento de dermatoses em crianças menores de 1 ano de idade incluindo dermatites.

Advertências

Esteroides tópicos podem ser perigosos na psoríase por uma série de razões, incluindo recidivas agravadas, desenvolvimento de tolerância, risco de psoríase pustular generalizada e desenvolvimento de toxicidade local ou sistêmica devido a uma insuficiência da barreira dérmica. Se usado na psoríase, deve ser feito um acompanhamento cuidadoso do paciente.
Deve-se instituir terapia antimicrobiana apropriada sempre que se tratar lesões inflamatórias que se tornaram infectadas. Qualquer evidência de disseminação da infecção requer interrupção da corticoterapia tópica e instituição da terapia sistêmica com agentes antimicrobianos.
Infecções bacterianas são estimuladas pelo calor, muitas vezes induzidas pelo uso de curativos oclusivos. Por essa razão, a pele deve ser limpa antes de cada oclusão.
Evitar que a solução entre em contato com os olhos.
Deve-se evitar o tratamento ininterrupto e por longo prazo com Psorex®, particularmente em bebês e crianças pois, pode ocorrer supressão adrenal, mesmo sem oclusão.
- Gravidez e lactação
A aplicação tópica de corticosteroides em animais prenhes pode desencadear anormalidades fetais. Ainda que a relevância de tal achado não tenha sido estabelecida para seres humanos, é aconselhável não utilizar esteroides tópicos em proporções substanciais ou por períodos prolongados durante a gestação.
A segurança do uso de propionato de clobetasol durante a lactação não está estabelecida.
Categoria de risco “C” na gravidez.
Este medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.
- Efeitos na habilidade de dirigir e operar máquinas
Não é esperado que Psorex® influencie na capacidade de dirigir e operar máquinas

Interações medicamentosas de Psorex Capilar

Não são conhecidas interações relevantes.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Psorex Capilar

As reações adversas estão listadas abaixo, classificadas por sistemas e frequência. As frequências foram definidas como: muito comum (•1/10), comum (•1/100,<1/10), incomuns (• 1/1000,<1/100), raras (•1/10.000,<1/1000 ), muito raras (<1/10.000), incluindo casos isolados. Reações adversas muito comuns, comuns e incomuns foram geralmente determinadas a partir de dados obtidos de estudos clínicos. A linha de base das taxas no grupo placebo e no grupo comparador não foram levadas em consideração quando foram avaliadas as categorias de frequência de eventos adversos derivados de estudos clínicos, já que estes dados foram geralmente comparáveis àqueles obtidos com o grupo tratado com o ativo. Eventos raros e muito raros foram geralmente determinados a partir de relatos espontâneos.
- Desordens do sistema imune Muito raro: hipersensibilidade
Reações de hipersensibilidade local como eritema, rash, prurido, urticária, ardência na pele e dermatite alérgica por contato podem ocorrer no local de aplicação e podem se parecer com os sintomas da doença que está em tratamento.
Se surgirem sinais de hipersensibilidade, sua aplicação deve ser imediatamente interrompida.
- Desordens endócrinas
Muito raro: sintomas de hipercortisolismo.
Assim como outros corticosteróides tópicos, no tratamento de áreas extensas ou no uso prolongado de grandes quantidades, a absorção sistêmica pode ser suficiente para produzir sinais de hipercortisolismo. Este efeito é mais provável de acontecer em bebês e crianças ou se curativos oclusivos forem utilizados.
- Desordens da pele e o tecido subcutâneo
Incomum: atrofia local
Muito raro: psoríase pustular
Atrofia local pode ocorrer após tratamentos prolongados.
Em situações muito raras, acredita-se que o tratamento de psoríase com corticosteróides (ou sua retirada) possa provocar a forma pustular da doença.

Psorex Capilar - Posologia

Aplicar pequena quantidade da solução sobre a região afetada, pela manhã e à noite até a melhora. A exemplo dos demais esteroides tópicos de alta potência, a terapia deve ser descontinuada tão logo se obtenha controle do caso. Repetidos tratamentos de curto prazo podem ser usados para o controle de exacerbações. Diante da necessidade de tratamento contínuo, utilizar preparações menos potentes.

Superdosagem

Superdosagem aguda é muito improvável de ocorrer. Entretanto, no caso de superdosagem crônica ou uso impróprio, as características do hipercortisolismo podem ocorrer. Nesta situação, esteroides tópicos devem ser reduzidos ou descontinuados gradualmente sob supervisão médica devido ao risco de insuficiência adrenal.

Características farmacológicas

Propriedades farmacodinâmicas:
O efeito principal do propionato de clobetasol na pele é uma resposta anti-inflamatória não específica, resultado de uma vasoconstrição e uma diminuição na síntese de colágeno.
Propriedades farmacocinéticas:
- Absorção
A penetração percutânea do propionato de clobetasol varia na maioria dos indivíduos e pode ser aumentada pelo uso de curativos oclusivos ou quando a pele está inflamada ou doente.
- Metabolismo
Após a absorção percutânea do propionato de clobetasol, a droga, provavelmente, segue o caminho metabólico dos corticosteroides administrados sistemicamente. Entretanto, o metabolismo sistêmico do clobetasol ainda não foi completamente caracterizado ou quantificado.

Resultados de eficácia

Psorex® foi capaz de induzir a remissão em 77% dos casos de líquen escleroso.
FUNARO, D. Lichen sclerosus: a review and practical approach. Dermatologic Therapy, 17(1): 28-37, 2004.

Modo de usar

Aplicar pequena quantidade da solução sobre a região afetada.
Mantenha o produto em sua embalagem original, em temperatura abaixo de 25°C.
Lavar as mãos após a aplicação, exceto em casos em que as próprias mãos estejam sendo tratadas.
Não usar próximo ao fogo.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

- Crianças
Psorex® Capilar é contraindicado no tratamento de dermatoses em crianças menores de 1 ano de idade, incluindo dermatites.

- Idosos
Não existem precauções específicas para o uso em pacientes idosos; devem ser observadas as mesmas precauções para pacientes adultos.

Armazenagem

Mantenha o produto em sua embalagem original, em temperatura abaixo de 25°C.

Dizeres legais

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
Serviço de Atendimento ao
Fabricado por:
Glaxo Wellcome GmbH & Co. – Bad Oldesloe – Alemanha
Importado e distribuído por:
GlaxoSmithKline Brasil Ltda.
Consumidor 0800 701 22 33 Discagem Direta Gratuita Estrada dos Bandeirantes, 8.464 - Rio de Janeiro - RJ
CNPJ: 33.247.743/0001-10
MS: 1.0107.0198.
Farm. Resp.: Milton de Oliveira
CRF-RJ: 5522

Psorex Capilar - Bula para o Paciente

1. Como este medicamento funciona?
Psorex® Capilar reduz os efeitos da inflamação em algumas doenças da pele tais como, eczemas difíceis de tratar e psoríase. Psorex® Capilar é de um grupo de medicamentos chamados esteroides tópicos. “Tópico” significa que são postos sobre a pele. Os esteróides tópicos reduzem a vermelhidão e a coceira provocada por determinados problemas da pele.

2. Por que este medicamento foi indicado?
Este medicamento é indicado no tratamento de infecções do couro cabeludo, tais como eczemas recalcitrantes e psoríase.

3. Riscos do medicamento
Contraindicações
Se você responder “SIM” a qualquer uma das perguntas abaixo, fale com seu médico a respeito, antes de usar Psorex® Capilar:
•Você já teve uma reação alérgica a algum dos componentes presentes na formulação (veja em Composição)?
•Você apresenta infecções no couro cabeludo?
•A criança tem menos de 1 ano de idade e apresenta dermatite?

Advertências
Antes de usar o medicamento leia atentamente as observações abaixo:
•tenha cuidado para não cair nos olhos;
•não use próximo do fogo;
•deve-se evitar o uso por longos períodos, principalmente em bebês ou crianças;
•se a lesão na pele tornar-se infectada, terapia antimicrobiana sistêmica deve ser iniciada;
•deve-se ter um cuidado maior quando o produto for usado para psoríase;
•é aconselhável não utilizar por tempo prolongado ou em grandes quantidades durante a gestação;
•a segurança de uso durante a amamentação não estão estabelecidas.

Precauções
O local de aplicação deve ser limpo antes do uso do produto, para evitar infecções.
Deve-se lavar as mãos após a aplicação, exceto se as mãos estiverem sendo tratadas.
- Interações medicamentosas
Não são conhecidas interações relevantes com medicamentos, alimentos e exames laboratoriais.

Efeitos na habilidade de dirigir e operar máquinas
Não é esperado que Psorex®influencie na capacidade de dirigir e operar máquinas.

Este medicamento não deve ser usado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.
Informe ao seu médico o aparecimento de reações indesejáveis.
Informe ao seu médico se você está fazendo uso de outro medicamento.
Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para sua saúde.
Este medicamento é contra-indicado para crianças abaixo de 1 ano de idade para o tratamento de dermatites.

4. Como devo usar este medicamento?
Aspecto físico/ Características organolépticas
Solução transparente e levemente gelatinosa.

Posologia
Aplique pequena quantidade na região afetada à noite e pela manhã, até que melhore. Se for necessário tratamento contínuo com esteróides, deve-se usar uma formulação menos potente.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.
Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

5. Quais os males que este medicamento pode causar?
Reações alérgicas locais como vermelhidão, coceira, ardência e dermatite alérgica por contato, podem ocorrer no local de aplicação e podem se parecer com os sintomas das doenças que estão em tratamento. Se estes sintomas persistirem, PARE de usar a solução capilar imediatamente e consulte seu médico, já que isso pode ser uma reação alérgica ou você pode ter uma infecção na pele.
Se grandes quantidades de Psorex® capilar forem usadas por longos períodos ou em áreas extensas, podem ocorrer sinais e sintomas semelhantes aos ocorridos com o aumento nos níveis de uma substância chamada cortisol, mais provavelmente em crianças ou quando curativos oclusivos (bandagens) forem utilizados. A fralda pode agir como um curativo oclusivo.
Atrofia local (afinamento da pele) pode ocorrer após tratamentos prolongados.
Em situações muito raras, acredita-se que o tratamento de psoríase com corticosteroides (ou sua retirada) possa provocar a forma pustular da doença.

6. O que fazer se alguém usar uma grande quantidade deste medicamento de uma vez só?
Superdosagem aguda é muito improvável de ocorrer. Entretanto, no caso de superdosagem crônica ou uso impróprio os esteróides tópicos devem ser reduzidos ou descontinuados gradualmente sob supervisão médica devido ao risco de insuficiência adrenal.

7. Onde e como devo guardar este medicamento?
Mantenha o produto em sua embalagem original, em temperatura abaixo de 25°C.
Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Data da bula

05/07/2013

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal