Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Resfenol

Resfenol - Bula do remédio

Resfenol com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Resfenol têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Resfenol devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Kleyhertz

Apresentação de Resfenol

cáps. - fr. de vidro c/ 20 cáps. Gotas - fr. plast c/ 20 ml. sol. oral - fr. de vidro c/ 100 ml.

Resfenol - Indicações

Antigripal múltiplo com ação nas gripes, resfriados e congestão nasal. Coriza, febre, cefaléia, dores musculares e demais sintomas presentes nos estados gripais.

Contra-indicações de Resfenol

O produto é contra-indicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Não deve ser administrado a pacientes com hipertensão grave, doença cardíaca, diabete, glaucoma, hipertrofia da próstata, doença renal crônica, insuficiência hepática grave, disfunção tireoidiana, gravidez e lactação sem controle médico.

Advertências

As cápsulas contém o corante amarelo de TARTRAZINA, que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica especialmente em pessoas alérgicas ao Ácido Acetilsalicílico. ESTE MEDICAMENTO INDUZ SONOLÊNCIA NÃO DEVENDO SER UTILIZADO POR CONDUTORES DE VEÍCULOS, OPERADORES DE MÁ- QUINAS OU AQUELES DE CUJA ATENÇÃO DEPENDA A SEGURANÇA DE OUTRAS PESSOAS. NÃO USE OUTRO PRODUTO QUE CONTENHA PARACETAMOL. Atenção diabéticos: solução oral: contém açúcar, cápsulas e gotas: não contém açúcar.

Uso na gravidez de Resfenol

Não deve ser administrado na gravidez e lactação sem controle médico.

Interações medicamentosas de Resfenol

O produto não deve ser administrado concomitantemente com inibidores da MAO (monoamino- oxidase), com barbitúricos ou álcool.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Resfenol

Durante o tratamento, embora raramente, podem surgir reações adversas características, tais como: sedação, sonolência, vertigem, hipotensão, sudorese, palpitações, ansiedade, tremor, insônia, desconforto gástrico, irritações cutâneas. O uso prolongado pode provocar discrasias sangüíneas e necrose papilar renal.

Resfenol - Posologia

Administração por via oral. Cápsulas Adultos: 1 a 2 cápsulas a cada 4 horas. Crianças acima de 12 anos: 1 cápsula a cada 4 horas. Não tomar mais de 10 cápsulas ao dia. Gotas De 4 a 6 anos: 30 a 40 gotas 3 a 4 vezes ao dia. De 2 a 4 anos: 20 a 30 gotas 3 a 4 vezes ao dia. Crianças abaixo de 2 anos: sob orientação médica. Solução oral Adultos e crianças acima de 12 anos: 1 colher de sobremesa (10 ml) a cada 4 horas. Crianças de 6 a 12 anos: 1 colher de chá (5 ml) a cada 4 horas.

Superdosagem

Promover esvaziamento gástrico através da indução de emese ou lavagem gástrica. A N-acetilcisteína, administrada por via oral, é um antídoto específico para toxicidade induzida pelo paracetamol, devendo ser instituída nas primeiras 24 horas. Medidas de manutenção do estado geral devem ser observadas, como hidratação, balanço hídrico, eletrolítico e correção de hipoglicemia.

Características farmacológicas

As ações farmacológicas das substâncias que formam o produto, prestam uma cobertura sintomática ampla no tratamento de gripes e resfriados, cuja ação farmacodinâmica e segurança são perfeitamente conhecidas e bem estabelecidas. O paracetamol possui atividade analgésica e antitérmica. Ambas ocorrem devido a inibição da síntese de prostaglandinas no Sistema Nervoso Central. A ação analgésica ocorre, predominantemente, no Sistema Nervoso Central e, a nível menor, através de ação periférica, bloqueando a geração de impulsos dolorosos. A ação antitérmica, ocorre no centro cerebral regulador da temperatura. O maleato de clorfeniramina é um agente antihistamínico. Tem ação contrária a da histamina, que ocasiona a maioria dos efeitos alérgicos presentes nos estados gripais. Atua na musculatura lisa do aparelho respiratório diminuindo os broncoespasmos. Diminui a permeabilidade dos pequenos vasos sangüíneos e conseqüentemente os edemas, rubores e pruridos. Tem ação sobre as glândulas exócrinas, iminuindo as secreções salivares e lacrimais. O cloridrato de fenilefrina atua sobre receptores específicos, causando uma vasoconstrição direta, promovendo o descongestionamento nasal e diminuindo a coriza e a rinite.

Resultados de eficácia

Resfenol é um antigripal múltiplo, que contém substâncias que agem contra os sintomas de gripes e resfriados. Resfenol alivia a obstrução nasal, coriza, febre, cefaléia e dores musculares presentes nos estados gripais.

Modo de usar

Administração por via oral. Cápsulas Adultos: 1 a 2 cápsulas a cada 4 horas. Crianças acima de 12 anos: 1 cápsula a cada 4 horas. Não tomar mais de 10 cápsulas ao dia. Gotas De 4 a 6 anos: 30 a 40 gotas 3 a 4 vezes ao dia. De 2 a 4 anos: 20 a 30 gotas 3 a 4 vezes ao dia. Crianças abaixo de 2 anos: sob orientação médica. Solução oral Adultos e crianças acima de 12 anos: 1 colher de sobremesa (10 ml) a cada 4 horas. Crianças de 6 a 12 anos: 1 colher de chá (5 ml) a cada 4 horas.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Em pacientes idosos é recomendado o uso sob orientação médica.

Armazenagem

É recomendado o uso sob orientação médica Data de fabricação, data de vencimento e lote Vide cartucho.

Resfenol - Informações

As ações farmacológicas das substâncias que formam o produto, prestam uma cobertura sintomática ampla no tratamento de gripes e resfriados, cuja ação farmacodinâmica e segurança são perfeitamente conhecidas e bem estabelecidas. O paracetamol possui atividade analgésica e antitérmica. Ambas ocorrem devido a inibição da síntese de prostaglandinas no Sistema Nervoso Central. A ação analgésica, ocorre, predominantemente, no Sistema Nervoso Central e, a nível menor, através de ação periférica, bloqueando a geração de impulsos dolorosos. A ação antitérmica, ocorre no centro cerebral regulador da temperatura. O maleato de clorfenamina é um agente anti-histamínico. Tem ação contrária a da histamina, que ocasiona a maioria dos efeitos alérgicos presentes nos estados gripais. Atua na musculatura lisa do aparelho respiratório diminuindo os broncoespasmos. Diminui a permeabilidade dos pequenos vasos sangüíneos e consequentemente os edemas, rubores e pruridos. Tem ação sobre as glândulas exócrinas, diminuindo as secreções salivares e lacrimais. O cloridrato de fenilefrina atua sobre receptores específicos, causando uma vasoconstrição direta, promovendo o descongestionamento nasal e diminuindo a coriza e a rinite. Cada cápsula contém: Paracetamol 400 mg, Cloridrato de fenilefrina 4 mg, Maleato de clorfenamina 4 mg, Excipiente q.s.p., 1 cápsula Cada ml (gotas) contém: Paracetamol 100 mg, Cloridrato de fenilefrina 2 mg, Maleato de clorfenamina 2 mg, Veículo q.s.p. 1 ml Cada 5 ml (solução oral) contém: Paracetamol 200 mg, Cloridrato de fenilefrina 3 mg, Maleato de clorfenamina 3 mg, Veículo q.s.p. 5 ml

Dizeres legais

KLEY HERTZ S.A. Indústria e Comércio Rua Com. Azevedo, 224 - Porto Alegre - RS Farmacêutica Resp.: Paula Carniel Antonio CRF-RS 4228 - Reg. no M.S. nº 1.0689.0135 C. N. P. J. nº 92.695.691/0001-03 INDÚSTRIA BRASILEIRA

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal