Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Sepurin - Bula do remédio

Sepurin com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Sepurin têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Sepurin devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Gross

Apresentação de Sepurin

fr. c/ 20 drágeas. Cada drágea contém: Metenamina 120 mg; Cloreto de metiltionínio 20 mg; Excipiente q.s.p. 1 drágea.

Sepurin - Indicações

Sepurin é indicado como anti- séptico urinário em todas as infecções e inflamações agudas e crônicas das vias urinárias, principalmente pielites, cistites e uretrites.

Contra-indicações de Sepurin

O produto está contra-indicado para pacientes com hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula. Devido à produção de amônia no processo de hidrólise, a metenamina está contra-indicada na insuficiência hepática. Devido à menor eliminação de urina que ocorre em vigência de insuficiência renal moderada a grave, seu uso é contra-indicado nesta síndrome. Pacientes com diagnóstico de metemoglobinemia.

Advertências

A metenamina atua somente na urina e não deve ser usada em infecções sistêmicas. É aconselhável que o doente não beba muito líquido e não esvazie a bexiga em prazo menor do que duas horas após a ingestão do medicamento. Os microorganismos que desdobram a uréia (Proteus spp.) tendem a elevar o pH da urina, inibindo a formação de formaldeído. Sepurin® está indicado no alívio da disúria através da redução da carga bacteriana e na profilaxia de infecções vesicais; não deve ser indicado para o tratamento curativo deste tipo de distúrbio. A absorção intestinal dos componentes de Sepurin® não é alterada pelas refeições. Recomende ao paciente não ingerir frutas (todos os tipos, exceto oxicoco e ameixa), leite e derivados, e antiácidos contendo carbonato de sódio ou bicarbonato, para evitar a alcalinização urinária. Deve ser aguardado um período mínimo de 24 horas a partir da última tomada de Sepurin® para a coleta de urina para exames microbiológicos. Uma drágea de Sepurin® contém 0,56 kcal.

Uso na gravidez de Sepurin

O fármaco (metiltionínio) demonstrou evidências positivas de risco fetal humano; no entanto, os benefícios potenciais para a mulher podem eventualmente justificar o risco, como por exemplo, em caso de doenças graves ou que ameacem a vida, e para as quais não existam outras drogas mais seguras; este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Sepurin

Doses grandes podem produzir irritação vesical, disúria, polaciúria, albuminúria e hematúria.

Sepurin - Posologia

Para adultos: 3 a 8 drágeas por dia. Para crianças maiores de 5 anos: 1 a 2 drágeas por dia, ou conforme prescrição médica.

Superdosagem

Tomar bastante líquidos para aliviar a ardência na bexiga, e procurar atendimento médico.

Características farmacológicas

Sepurin® é uma associação dos antissépticos antibacterianos metenamina e cloreto de metiltionínio, com indicações de alívio da disúria através da diminuição da carga bacteriana vesical e de profilaxia em infecções vesicais (com exceção de colonização/infecção por Proteus spp.). A ação antibacteriana da metenamina decorre de sua hidrólise em meio ácido, convertendo-se em formaldeído na urina. Seu mecanismo de ação se baseia na capacidade do formaldeído de desnaturar o envoltório bacteriano. Devido à sua farmacodinâmica, Sepurin® não induz resistência bacteriana, mesmo após o uso por intervalos de tempo longos. O fato de a metenamina se converter no princípio ativo (formaldeído) somente em nível vesical, torna segura a sua administração por períodos prolongados. A hidrólise da metenamina depende de dois fatores: pH e tempo. A liberação do formaldeído é dependente do pH urinário, sendo maior (90%) em pH igual ou inferior a 5,5. O tempo relativamente prolongado (3 horas) para hidrólise da metenamina e a rapidez do fluxo urinário, praticamente excluem a sua utilidade em infecções do trato urinário superior e uretral. A metenamina é absorvida rapidamente a partir do trato gastroin- testinal, e circula no sangue, inalterada. Embora a maior parte seja eliminada através dos rins, ela aparece praticamente em todas as secreções orgânicas. O cloreto de metiltionínio é usado como antisséptico urinário no manejo sintomático e profilático de cistites. Seu mecanismo de ação é baseado em seu poder oxirredutor sobre a célula bacteriana, comprometendo sua integridade metabólica. É excretado na urina e nas fezes, produzindo uma coloração azulada ou esverdeada.

Modo de usar

Tomar 2 drágeas 3 a 4 vezes ao dia, até consulta médica. As drágeas de Sepurin® são de coloração verde brilhante. Caso você esqueça de tomar uma dose, consulte o seu médico para orientação sobre como proceder. É aconselhável não beber muito líquido e não esvaziar a bexiga num prazo menor do que duas horas após a ingestão do medicamento. Seu prazo de validade após a caixa aberta é o mesmo da caixa quando fechada, permanecendo inalterados os cuidados de armazenagem necessários (vide seção Cuidados de conservação e uso).

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Não há recomendações especiais acerca do uso de Sepurin® para pacientes idosos. Sepurin® não deve ser

Armazenagem

Evitar calor excessivo (temperatura superior a 40ºC). Proteger da umidade e da luz

Sepurin - Informações

Sepurin reúne em sua fórmula substâncias que facilitam o emprego de medicação dotada de notável ação anti-séptica e microbicida, nas infecções urinárias. Além do seu poder anti-séptico, Sepurin goza de acentuado poder analgésico e sedativo das dores e tenesmo que freqüentemente fazem parte do cortejo sintomático das cistites e uretrites agudas, que tantos sofrimentos causam aos portadores dessas afecções. Sepurin, é, por excelência, um anti-séptico das vias urinárias e, ao mesmo tempo, um sedativo das dores que acompanham essas afecções.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal