Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Thiaben a

Thiaben a - Bula do remédio

Thiaben a com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Thiaben a têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Thiaben a devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Uci

Apresentação de Thiaben a

Pom. tubo c/ 15 g

Thiaben a - Indicações

Tratamento das infecções por Larva migrans, da escabiose e das afecções micóticas da pele.

Contra-indicações de Thiaben a

Em caso de hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Não usar nos olhos e no conduto auditivo externo, se o tímpano estiver perfurado. Em vista da nefrotoxicidade e da ototoxicidade atribuída à neomicina, a preparação não deve ser usada em superfícies extensas do corpo e por longos períodos de tempo.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Thiaben a

Ocasionalmente podem ocorrer irritação local na pele ou manifestações alérgicas.

Thiaben a - Posologia

Aplicar a pomada sob fricção nas áreas afetadas 2 a 3 vezes ao dia. Na escabiose, recomenda-se aplicar THIABENA à noite e pela manhã, após um banho quente, sendo aconselhável, também, a mudança diária da roupa do corpo e a fervura da roupa íntima e de cama.

Thiaben a - Informações

THIABENA contém como ingredientes ativos o tiabendazol e o sulfato de neomicina. O tiabendazol é um anti-helmíntico e antimicótico de ação comprovada em inúmeros trabalhos. O sulfato de neomicina possui ação antibacteriana comprovada. THIABENA tem ampla indicação no tratamento da Larva migrans (dermatite serpiginosa ou bicho geográfico-), da escabiose e de determinadas micoses, notadamente da Tinea capitis. Deve ser assinalado que, tanto em casos de Larva migrans como nos de escabiose e das afecções micóticas da pele, em conseqüência da irritação determinada pelo prurído, com grande freqüência se instala uma infecção secundária. Por esta razão a fórmula da THIABENA contém o sulfato de neomicina, antibiótico de largo espectro e de atividade incontestável. Os resultados terapêuticos com THIABENA se manifestam dentro de curto prazo e, em geral, são praticamente definitivos após uma semana de tratamento. Deve ser assinalada a inocuidade e a simplicidade de seu emprego e que permite a sua aplicação nas áreas mais sensíveis do corpo.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal