Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Tobramicina

Tobramicina - Bula do remédio

Tobramicina com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Tobramicina têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Tobramicina devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Genérico

Referência

Tobramicina Colirio

Apresentação de Tobramicina

Cada mL (= 33 gotas) de Tobramicina contém: Tobramicina....................................3,0 mg Excipientes: ácido bórico, cloreto de sódio, sulfato de sódio, cloreto de benzalcônio, tiloxapol, água destilada, hidróxido de sódio, ácido clorídrico.

Tobramicina - Indicações

A solução oftálmica de Tobramicina está indicada no tratamento de infecções bacterianas externas dos olhos e anexos sensíveis à Tobramicina.

Contra-indicações de Tobramicina

A solução oftálmica de Tobramicina é contra-indicada a pacientes que apresentem hipersensibilidade a antibióticos aminoglicosídeos ou a qualquer componente da fórmula.

Advertências

O uso prolongado de antibióticos pode causar o desenvolvimento de microrganismos resistentes, inclusive fungos. Deve-se instituir terapia adequada nos casos de superinfecção. Uso de lentes de contato: a Tobramicina solução oftálmica contém o conservante cloreto de benzalcônio em sua formulação, que pode depositar-se nas lentes de contato gelatinosas; portanto, não deve ser administrado em pacientes que façam uso dessas lentes. Retirar as lentes de contato antes de usar o medicamento.

Uso na gravidez de Tobramicina

Categoria de risco na gravidez: B. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Os estudos de reprodução realizados em três espécies animais diferentes, com doses até 33 vezes maiores que a dose sistêmica humana, não mostraram influência sobre a fertilidade ou danos ao feto pela Tobramicina, não havendo, entretanto, estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas. Como os estudos em animais nem sempre podem prever as respostas humanas, a Tobramicina solução oftálmica não deve ser usada durante a gravidez, a menos que seu uso seja indispensável. Devido ao potencial de reações adversas da Tobramicina solução oftálmica em crianças lactentes, a amamentação ou o uso do medicamento deve ser suspenso, dependendo da importância que o medicamento tenha para a mãe.

Interações medicamentosas de Tobramicina

Não há informações específicas sobre interações de Tobramicina solução oftálmica e outros medicamentos.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Tobramicina

As reações mais freqüentes à solução oftálmica de Tobramicina são: hipersensibilidade e toxicidade ocular localizada, inclusive edema e prurido da pálpebra e hiperemia conjuntival. Estas reações ocorrem em menos de 3% dos pacientes. Reações similares podem ocorrer com o uso tópico de outros antibióticos aminoglicosídeos.

Tobramicina - Posologia

Infecções leves a moderadas: 1 a 2 gotas de Tobramicina solução oftálmica a cada 4 horas no(s) olho(s) afetado(s) Infecções severas: aplicar 2 gotas no(s) olho(s) afetado(s) a cada hora até a melhora ser notada, então o intervalo deve ser de 4 horas para continuação do tra tamento. A dosagem do medicamento deve ser reduzida gradativamente antes de sua suspensão.

Características farmacológicas

A Tobramicina é um antibiótico amino glicosídeo, obtido a partir da cultura de Streptomyces tenebrarius. É um pó cristalino branco ou quase branco, solúvel em água e pouco solúvel em álcool e pratica mente insolúvel em éter. Sua fórmula molecular é C18H37N5O9 e seu peso molecular é 467,52. A Tobramicina é um antibiótico amino gli - cosídeo e age ligando-se a uma proteína específica na subunidade 30S do ribos - somo microbiano, resultando em um alinhamento ou reconhecimento defeituoso com o respectivo RNA mensageiro e t-RNA durante o início da formação da cadeia de peptídeos microbianos. O RNA mensageiro é mal traduzido na região de reconhecimento do ribossomo, resultando na inserção errônea de aminoácidos no peptídeo. Os ribossomos afetados são liberados e podem ser capazes de reiniciar e repetir o processo, resultando no aumento proporcional de peptídeos não funcionais. A alteração na síntese de proteínas afeta a permeabilidade da membrana bacteriana da célula, conduzindo a transtornos no envelope celular que leva à morte celular. A Tobramicina é um antibiótico eficaz contra os seguintes microrganismos: Estafilococos, inclusive S. aureus e S. epidermidis (coagulase-positivos e coagulase-negativos), inclusive cepas resistentes à penicilina. Estreptococos, inclusive algumas espécies do grupo A beta-hemolíticos, algumas espécies não hemolíticas e algumas cepas de Streptococcus pneumoniae. Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae, Enterobacter aerogenes, Proteus mirabilis, Morganella morganii e a maioria das cepas de Proteus vulgaris, Haemophilus influenzae e H. aegyptius, Moraxella lacunata e Acinetobacter calcoaceticus (Herellea vaginacola) e algumas espécies de Neisseria. Nos estudos de sensibilidade bacteriana foi constatado que muitos microrganismos resistentes à gentamicina conservam sensibilidade à Tobramicina. Pode ocorrer alguma absorção sistêmica com o uso de Tobramicina solução oftálmica.

Resultados de eficácia

Soluções oftálmicas de Tobramicina e gentamicina 0,3% foram igualmente eficazes quando aplicadas por 10 dias, no tratamento de infecções oculares externas em crianças (com média de 10,2 anos) (Timerwell, 1983). Outro estudo foi realizado entre soluções oftálmicas de Tobramicina e norfloxacino 0,3% no tratamento de infecções oculares externas, num estudo controlado com 120 pacientes, e ambos os fármacos promoveram a cura clínica ou melhora em todos os pacientes (Jacobson et al, 1988).

Modo de usar

Incline a cabeça para trás, com o dedo indicador, puxe a pálpebra inferior de modo a formar um bolso. Aplique o número de gotas prescrito pelo médico. Delicadamente feche o olho. Pressione o dedo contra a parte interna do olho por um minuto. O medicamento deve ser armazenado em sua embalagem original em ambiente adequado. Depois de rompido o lacre mantenha o frasco fechado.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Não há dados restringindo o uso de Tobramicina solução oftálmica em pacientes idosos e crianças. Os estu dos clínicos mostram que não é necessária a alteração de posologia em idosos.

Armazenagem

O medicamento deve ser armazenado na embalagem original até sua total utilização. Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Proteger da luz e umidade. Desde que respeitados os cuidados de armazenamento, o medicamento apresenta uma validade de 24 meses a contar da data de sua fabricação. Não devem ser utilizados medicamentos fora do prazo de validade, pois podem trazer prejuízos à saúde.

Tobramicina - Informações

Ação do medicamento A Tobramicina é um antibiótico que age alterando a permeabilidade da membrana celular bacteriana, levando à morte dos microrganismos. Indicações do medicamento A solução de Tobramicina é formulada para uso local (nos olhos), atuando no tratamento de infecções bacterianas exter - nas dos olhos e anexos, sensíveis à Tobramicina. Riscos do medicamento Contra-indicações A solução oftálmica de Tobramicina está contra-indicada em pacientes que apre - sen tem hipersensibilidade (alergia) a antibióticos aminoglicosídeos ou a qual - quer componente da formulação. Advertências e Precauções A medicação deve ser gotejada nos olhos, não devendo ser injetada nos olhos. Retirar as lentes de contato antes de usar o medicamento. O uso prolongado de quaisquer anti bió - ticos pode resultar no desenvol vimento de microrganismos resis ten tes, inclu si - ve fungos. No caso de superin fecções deve-se adotar a terapia ade quada. Se ocorrer qualquer reação de sensi - bilidade à Tobramicina, o uso do medi - camento deve ser suspenso. Gravidez e lactação Os estudos de reprodução realizados em diferentes espécies de animais, com doses maiores que a dose usada em humanos, não mostraram influên - cia sobre a fertilidade ou danos ao feto pela Tobramicina. Mas não há estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas. Como os estudos em animais nem sempre podem prever as respostas humanas, a solução oftálmica de Tobramicina não deve ser usada durante a gravidez, a menos que seu uso seja indispensável. Devido ao potencial de reações adversas da solução oftálmica de Tobramicina em crianças lactentes, a amamentação ou o uso do medi ca mento deve ser suspenso, depen den do da importância que o medicamento tenha para a mãe. Este medicamento não deve ser uti li - za do por mulheres grávidas sem orien - tação médica ou do cirurgião-dentista. Interações medicamentosas Não há informações específicas sobre interações de Tobramicina solução oftál - mica e outros medicamentos. Não há contra-indicação relativa a faixas etárias. Informe ao médico ou cirurgião-dentista o aparecimento de reações indese jáveis. Informe ao seu médico ou cirurgiãodentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhe - cimento do seu médico. Pode ser peri - go so para a sua saúde. Modo de uso A Tobramicina solução oftálmica é uma solução límpida e livre de partículas. Antes das aplicações, lave as mãos com água e sabão. Não toque o gotejador nos olhos ou arredores. Incline a cabeça para trás, com o dedo indicador, puxe a pálpebra inferior de modo a formar um bolso. Aplique o número de gotas prescrito pelo médico. Feche o olho delicadamente e com o dedo pressione a parte interna do olho por um minuto. Mantenha os olhos fechados por 1 ou 2 minutos. Não toque, limpe ou enxágüe o gotejador. Posologia Cada 1 ml de Tobramicina solução oftál - mica corresponde a 33 gotas. Infecções leves a moderadas: 1 a 2 gotas de Tobramicina solução oftálmica a cada 4 horas no(s) olho(s) afetado(s) Infecções severas: aplicar 2 gotas no(s) olho(s) afetado(s) a cada hora até a melho - ra ser notada, então o intervalo deve ser de 4 horas para continuação do tratamento. A dosagem do medicamento deve ser reduzida gradativamente antes de sua suspensão. Dose esquecida No caso de esquecimento aplique a dose perdida assim que possível. Desconsidere a dose perdida se estiver próximo ao horário da próxima aplicação. Não aplique duas doses ao mesmo tempo. Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico. Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento. Reações adversas As reações adversas mais freqüentes nos pacientes tratados com tobra - micina solução oftálmica são alergia e toxicidade ocular. Olho vermelho, co - ceira e inchaço da pálpebra ocorreram em menos de 3% dos pacientes rece - bendo Tobramicina solução oftálmica. Podem ocorrer reações semelhantes com o uso tópico de outros antibió ticos aminoglicosídeos. Ao se adminis - trar Tobramicina tópica ocular simul - ta nea mente a outros antibióticos amino gli cosídeos sistêmicos, deve-se controlar as concentrações plas má - ticas. Conduta em caso de superdose Os sinais clínicos e os sintomas de uma superdose de Tobramicina solução oftálmica podem ser semelhantes às reações adversas (inflamação da córnea, olho vermelho, aumento no lacrimejamento, inchaço e coceira nas pálpebras). No caso de superdose (gotejamento excessivo), lavar os olhos com água morna em abundância e procurar orientação médica. Cuidados de conservação O medicamento deve ser armazenado na emba lagem original até sua total utilização. Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30°C). Proteger da luz e umidade.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal