Feed

Já é assinante?

Entrar

Tricilon

Tricilon - Bula do remédio

Tricilon com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Tricilon têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Tricilon devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Organon

Apresentação de Tricilon

sol. inj. 150 mg emb. c/ 1 fr.-ampola

Tricilon - Indicações

Como contraceptivo (supressão da ovulação). É um anticoncepcional injetável de ação prolongada que deve ser administrado a intervalos de 3 meses.

Contra-indicações de Tricilon

Pacientes grávidas ou com suspeita de gravidez; como teste terapêutico para diagnóstico de gravidez; hipersensibilidade conhecida ao acetato de medroxiprogesterona ou a qualquer outro componente da fórmula; pacientes com sangramento geniturinário de causa não-diagnosticada; pacientes com neoplasia mamária comprovada ou suspeita; pacientes com disfunção ou patologia hepática (icterícia colestática, história de icterícia na gravidez ou icterícia devido ao uso de estrógeno e/ou progestágeno); pacientes com síndrome de Rotor, síndrome de Dubin-Johnson, história de prurido grave ou herpes gestacional durante a gravidez ou uso prévio de estrógeno e/ou progestágeno; pacientes com tromboflebite ativa ou história atual ou pregressa de distúrbios tromboembólicos ou cerebrovasculares. Obs.: O uso de estrógenos e/ou progestágenos não é contra-indicado em pacientes com história de hepatite cujas funções hepáticas são normais.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Tricilon

No mais extenso estudo clínico com acetato de medroxiprogesterona, envolvendo cerca de 3.900 mulheres tratadas por até 7 anos, foram observadas as seguintes reações adversas, que podem ou não estar associadas ao uso do produto: Reações adversas relatadas por mais que 5% das pacientes: Irregularidades menstruais (amenorréia e/ou sangramento), desconforto ou dor abdominal, alterações do peso corpóreo, tonturas, cefaléia, astenia (fraqueza ou fadiga), nervosismo. Reações adversas relatadas por 1% a 5% das pacientes: Diminuição da libido ou anorgasmia, dor pélvica ou mamária, dor lombar, cãibras nos membros inferiores, alopecia ou ausência de crescimento capilar, depressão, distensão abdominal, edema, náuseas, erupções, insônia, leucorréia, fogachos, acne, artralgia, vaginite. Reações relatadas por menos de 1% das pacientes: Galactorréia, melasma, cloasma, convulsões, alterações do apetite, distúrbios gastrintestinais, icterícia, infecções geniturinárias, cistos vaginais, dispareunia, parestesia, dor torácica, embolia pulmonar, reações alérgicas, anemia, sonolência, síncope, dispnéia e asma, taquicardia, febre, sudorese excessiva e odor corporal, pele ressecada, calafrios, libido aumentada, sede excessiva, dor no local da injeção, rouquidão, sangramento retal, alterações no tamanho da mama, nódulos mamários ou sangramento do mamilo, câncer de mama, intumescimento axilar, inibição da lactação, sensação de gravidez, falha no retorno da fertilidade, paralisia, paralisia facial, esclerodermia, osteoporose, hiperplasia uterina, câncer do colo uterino, veias varicosas, dismenorréia, hirsutismo, gravidez acidental, tromboflebite, trombose venosa profunda. Foram registrados relatos voluntários de anafilaxia, reações anafilactóides e crises convulsivas com o uso do produto, embora não esteja clara sua associação com o medicamento ou condições preexistentes. As seguintes reações adversas têm sido registradas ocasional ou raramente com o uso de progestágenos: sensibilidade mamária, alteração na secreção cervical, ulceração cervical, hiperpirexia, alterações no peso, facies cushingóide, reações locais (dor, nódulos residuais e alterações da cor da pele no local da injeção).

Tricilon - Posologia

A dose recomendada para contracepção (supressão da ovulação) é de 150 mg de acetato de medroxiprogesterona (= 1 ml), a cada três meses, administrados por injeção intramuscular profunda no músculo glúteo ou deltóide. Para assegurar-se de que a paciente não esteja grávida no momento da primeira administração, é importante que a injeção seja aplicada somente durante os 5 primeiros dias após o início de um ciclo menstrual normal, nos 5 dias pós-parto (se a paciente não estiver amamentando), ou na sexta semana pós-parto (se houver amamentação). Se o período entre as injeções for maior que 13 semanas, o médico deve certificar-se de que a paciente não esteja grávida antes da administração da medicação. A dose não necessita ser ajustada ao peso corporal.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal