Feed

Já é assinante?

Entrar

Andriodermol

Andriodermol - Bula do remédio

Andriodermol com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Andriodermol têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Andriodermol devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

União Química

Apresentação de Andriodermol

ácido undecilênico + associações Solução Tópica / Pó Tópico IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES: Solução tópica: frasco contendo 50ml. Pó tópico: frasco contendo 50g. USO PEDIÁTRICO E ADULTO COMPOSIÇÃO: Solução tópica Cada 1 ml da solução contém: ácido undecilênico.........................40 mg undecilenato de sódio...................150 mg ácido propiônico............................30 mg propionato de sódio.......................50 mg hexilresorcinol..............................0,5 mg Veículo: álcool etílico, essência de citronela, essência de lavanda, nonoxinol, hidróxido de sódio grau farmacêutico água purificada. Pó tópico Cada 1 g do pó contém: ácido undecilênico...........................2 mg undecilenato de zinco...................150 mg propionato de cálcio.......................60 mg hexilresorcinol..............................0,5 mg Excipientes: dióxido de silício coloidal, talco, essência de citronela, essência de lavanda.

Andriodermol - Indicações

Tratamento de infecções micóticas superficiais de pele e unha.

Contra-indicações de Andriodermol

O produto não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

Advertências

Gerais: evitar o contato com os olhos e mucosas. Interromper o uso se ocorrer sensibilização ou irritação da pele. Gravidez: não há relatos de problemas específicos causados pelo uso de Andriodermol durante a gravidez. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Amamentação: não se sabe se o Andriodermol é excretado no leite materno. Todavia, não existem relatos de problemas específicos durante a amamentação. Pediatria: não existem estudos completos em relação aos efeitos causados nesta idade. No entanto, não há problemas específicos documentados. O uso em crianças até 2 anos de idade não é recomendado, só em casos de extrema necessidade, sob supervisão médica.

Uso na gravidez de Andriodermol

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe ao médico se está amamentando.

Interações medicamentosas de Andriodermol

Não são conhecidos dados sobre interações medicamentosas.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Andriodermol

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como: irritação da pele ou qualquer outra reação de sensibilização da pele.

Andriodermol - Posologia

Exclusivamente para uso tópico. Antes da aplicação do medicamento, a área afetada deve estar limpa e seca. Aplicar uma quantidade suficiente de Andriodermol para cobrir a área afetada, 2 vezes ao dia. A medicação deve ser continuada por 2 semanas, após os sintomas terem desaparecido.

Superdosagem

Em caso de ingestão acidental proceder imediatamente a lavagem gástrica e instituir medidas assistenciais necessárias.

Características farmacológicas

O ácido undecilênico e undecilenatos são alguns dos ácidos graxos mais recomendados na moderna terapêutica. Segundo observação de vários pesquisadores, são de grande eficácia entre os antimicóticos até hoje experimentados. Com propriedades fungicida, bacteriostática e bactericida, são ativos contra alguns fungos patogênicos, incluindo Epidermophyton, Trichophyton, Microsporum sp. O ácido propiônico e seus sais têm propriedades antifúngicas quando usados topicamente. O propionato de sódio tem ação fungistática, aliviando também o prurido e a irritação local.

Modo de usar

Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30°C). O pó tópico deve ser protegido da umidade.

Uso em idosos, crianças e em outros grupos de risco

Não são conhecidas informações específicas sobre o uso do produto por pacientes idosos.

Andriodermol - Informações

O Andriodermol tem ação contra infecções micóticas superficiais de pele e unha. CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO: Conserve o produto na embalagem original, em temperatura ambiente (15 a 30°C). O pó tópico deve ser protegido da umidade.

Dizeres legais

UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A Rua Cel. Luiz Tenório de Brito, 90 – Embu- Guaçu - SP CEP 06900-000 SAC 0800 11 1559 CNPJ 60.665.981/0001-18 – Indústria Brasileira Farm. Resp.: Ishii Massayuki – CRF-SP no 4863

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal