FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Gentagran

Gentagran - Bula do remédio

Gentagran com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Gentagran têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Gentagran devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Aviso importante

Todas as bulas constantes em nosso portal são meramente informativas. Em caso de dúvidas quanto ao conteúdo de algum medicamento, procure orientação de seu médico ou farmacêutico.

Obs.: A MedicinaNET não vende nenhum tipo de medicamento.

Laboratório

Ems

Apresentação de Gentagran

Pomada oftálmica de 3 mg/g em bisnaga com 3 g.

Gentagran - Indicações

Nas infecções oculares por germes sensíveis a gentamicina. No tratamento de infecções bacterianas superficiais da conjuntiva, córnea, pálpebras, canais lacrimais e tecidos adjacentes. Indicado também como agente profilático na prevenção de infecções oculares em presença de ferimentos que tornem os olhos e as áreas adjacentes vulneráveis a infecções tais como: após a remoção de corpos estranhos, queimaduras ou lacerações das pálpebras, antes e depois da cirurgia no olho.

Contra-indicações de Gentagran

Este medicamento é contraindicado para uso por pessoas que apresentam sensibilidade a gentamicina. A alergenicidade cruzada entre os aminoglicosídeos tem sido demonstrada e deve ser considerada a possibilidade de que pacientes que se tornem sensibilizados pela gentamicina tópica também se tornem sensíveis a outros aminoglicosídeos tópicos e/ ou sistêmicos.

Advertências

Genta-gran® só deve ser usado sob orientação médica. Se manifestar alguma irritação ou sensibilidade ao antibiótico o tratamento deverá ser interrompido e estabelecida uma terapia adequada.
Evitar possível contaminação do medicamento, impedindo que a ponta da bisnaga toque a conjuntiva ou tecidos vizinhos. Não usar lente de contato enquanto estiver utilizando o Genta-gran.

Uso durante a gravidez: a segurança em gestante não foi determinada.
Uso em mães lactantes: deve-se ter cautela ao administrar a gentamicina em mães lactantes, porque ainda não se sabe se os componentes da gentamicina são excretados no leite humano. Pomadas oftálmicas podem retardar a cicatrização do epitélio da córnea, se ocorrer sensibilização após o uso da gentamicina por via ocular, não utilizá-la por via sistêmica, oral ou injetável.
O uso de gentamicina pode resultar em um crescimento de organismos resistentes, como fungos. Se uma infecção por outro microrganismo ocorrer, durante a terapia com a Genta-gran® , o uso da droga deve ser descontinuado e a terapia apropriada deve ser instituída.
Categoria de risco B: Os estudos em animais não demonstraram risco fetal, mas também não há estudos controlados em mulheres grávidas.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Interações medicamentosas de Gentagran

Corticosteróides tópicos, quando usados em combinação com a gentamicina, podem mascarar os sinais clínicos de bactérias, fungos, ou infecções virais, ou podem suprimir as reações d e hipersensibilidade ao antibiótico ou outro ingrediente na fórmula.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Gentagran

O uso tópico de antibiótico pode ocasionalmente favorecer o crescimento concomitante de microorganismos resistentes, tais como fungos.
Reações incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): reações alérgicas, visão borrada, prurido ocular, inchaço, vermelhidão nos olhos, sen sação de queimação.



Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária- NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Gentagran - Posologia

Genta-gran® pomada oftálmica deve ser aplicada em uma pequena quantidade dentro da pálpebra inferior 3 (a cada 8horas) a 4 (a cada 6 horas) vezes ao dia, a critério médico.
Para aplicar pomadas oftálmicas, incline a cabeça para trás, olhar para cima, e puxe para baixo a pálpebra inferior para fazer uma bolsa. Aplique a pomada. Delicadamente, fechar os olhos e rolar o globo ocular em todas as direções para espalhar a medicação. Tente não piscar e não esfregue os olhos. Repita essas etapas para o outro olho se assim for solicitado. Aplicar quantas vezes indicado pelo seu médico. Limpe a ponta do tubo de pomada com um tecido limpo para retirar a medicação excedente.

Superdosagem

Não é conhecido ainda caso de superdosagem devido à aplicação ser oftálmica e praticamente de uso externo.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Características farmacológicas

A gentamicina pertence ao grupo dos aminoglicosídeos. Estes são transportados de forma ativa através da parede bacteriana, unem- se irreversivelmente a uma ou mais proteínas receptoras específicas da subunidade 30S dos ribossomos bacterianos e interferem com o complexo de iniciação entre o RNA mensageiro e subunidade 30S. O RNA pode ser lido de forma errônea, o que origina a síntese de proteínas não funcionais, os polirribossomos separam-se e não são capazes de sintetizar pro teínas. Os aminoglicosídeos são antibióticos bacterianos.
Os agentes anti-infecciosos oftálmicos são aplicados topicamente na forma de soluções, suspensões ou pomadas no tratamento das infecções da conjuntiva, da córnea e das pálpebras. As pomadas apresentam efeito mais prolongado, mais sua absorção e menor.

Resultados de eficácia

Em um estudo controlado randomizado duplo cego a taxa de melhora clínica para os 52 pacientes tratados com gentamicina 0,3% foi de 92% (48/52). A melhora microbiológica foi de 67% (35/52) dos pacientes tratados. O tratamento com gentamicina erradicou 83% e 78% de organismos gram positivos e gram negativos, respectivamente, em cultura. ¹ Em outro estudo randomizado duplo cego e multicêntrico 56 pacientes com conjuntivite foram tratados com gentamicina, depois de 10 dias 91,3% dos pacientes estavam com melhora clinica ou curados. Os estudos de efetividade antibacteriana na conjuntiva mostraram que a gentamicina erradicou ou controlou 77,4% das infecções bacterianas.

Armazenagem

Manter em temperatura ambiente (15°C e 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco. Prazo de Validade de 36 meses após a data de fabricação.



Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Aspecto físico e características organolépticas:
Pomada homogênea, na cor branca, levemente amarelada e untuosa ao tato, isenta de grumos e impurezas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres legais

MS – 1.6773.0197
Farm. Resp.: Dra. Maria Betânia Pereira – CRF-SP 37 .788

Registrado por: LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA LTDA
Rod. Jornalista Francisco Aguirre Proença, km 08
Bairro Chácara Assay
CEP 13186-901 - Hortolândia/SP
CNPJ: 05.044.984/0001-26
INDÚSTRIA BRASILEIRA

Fabricado por: EMS S/A
Hortolândia /SP
VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.
SÓ PODE SER VENDIDO COM RETENÇÃO DA RECEITA.
SAC 0800-500600
www.legrandpharma.com.br

Gentagran - Bula para o Paciente

1. PARA QUE ESSE MEDICAMENTO É INDICADO?
Genta-gran® indicado para o tratamento das infecções dos olhos por germes sensíveis a gentamicina. No tratamento de infecções bacterianas superficiais da s partes dos olhos (conjuntiva, córnea, pálpebras, canais lacrimais e tecidos adjacentes). Indicado também como para prevenção de infecções em presença de ferimentos que tornem os olhos e as áreas ao redor vulneráveis a infecções tais como: após a remoção de corpos estranhos, queimaduras ou lesões das pálpebras, antes e depois da cirurgia no olho.

2. COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
Genta-gran® funciona como um bactericida, ou seja, destrói a pa rede bacteriana, causando a morte da bactéria.

3. QUANDO NÃO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Este medicamento é contraindicado para uso por pessoas que apresentam sensibilidade a gentamicina e a qualquer componente da fórmula.

4. O QUE DEVO SABER ANTES DE USAR ESTE MEDICAMENTO?
Genta-gran® só deve ser usado sob orientação médica. Se manifestar alguma irritação ou sensibilidade ao antibiótico o tratamento deverá ser interrompido e deverá ser estabelecida uma terapia adequada. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Deve-se evitar o contato da ponta da bisnaga com a conjuntiva ou tecidos vizinhos para que não haja contaminação.

Uso em mães lactantes: deve-se ter cautela ao administrar a gentamicina em mães lactantes, porque ainda não se sabe se os componentes da gentamicina são excretados no leite humano. Pomadas oftálmicas podem retardar a cicatrização do epitélio da córnea , se ocorrer sensibilização após o uso da gentamicina por via ocular, não utilizá-la por via sistêmica, ralo ou injetável.


Não usar lente de contato enquanto estiver utilizando o Genta-gran®.

Interações Medicamento – Medicamento
Corticosteróides tópicos, quando usados em combinação com a gentamicina, podem mascarar os sinais clínicos de bactérias, fungos, ou infecções virais, ou podem suprimir as reações de hipersensibilidade ao antibiótico ou outro ingrediente na fórmula.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento. Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

5. ONDE, COMO E POR QUANTO TEMPO POSSO GUARDAR ESTE MEDICAMENTO?
Manter em temperatura ambiente (15°C e 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vi de embalagem.
Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Aspecto físico e características organolépticas:
Pomada homogênea, na cor branca, levemente amarelada e untuosa ao tato, isenta de grumos e impurezas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farma cêutico para saber se poderá utilizá-lo. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

6. COMO DEVO USAR ESTE MEDICAMENTO?
Genta-gran® pomada oftálmica deve ser aplicada em uma pequena quantidade dentro da pálpebra inferior 3 (a cada 8 horas) a 4 (a cada 6 horas) vezes ao dia, a critério médico.
Para aplicar pomadas oftálmicas, incline a cabeça para trás, olhar para cima, e puxe para baixo a pálpebra inferior para fazer uma bolsa. Aplique a pomada. Delicadamente, fechar os olhos e rolar o globo ocular em todas as direções para espalhar a medicação. Tente não piscar e não esfregue os olhos. Repita essas etapas para o outro olho se assim for solicitado. Aplicar quantas vezes indicado pelo seu médico. Limpe a ponta do tubo de pomada com um tecido limpo para retirar a medicação excedente.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhe cimento do seu médico.

7. O QUE DEVO FAZER QUANDO EU ME ESQUECER DE USAR ESTE MEDICAMENTO?


Tome a dose assim que se lembrar dela. Entretanto, se estiver próximo o horário da dose seguinte, salte a dose esquecida e continue o tratamento conforme prescrito. Não utilize o dobro da dose para compensar uma dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

8. QUAIS OS MALES QUE ESTE MEDICAMENTO PODE ME CAUSAR?
O uso de antibiótico local pode ocasionalmente favorecer o crescimento de outros microorganismos resistentes ao medicamento, tais como fungos.
Reações incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento): reações alérgicas, visão borrada, prurido ocular (coceira), inchaço, vermelhidão nos olhos, sensação de queimação.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

9. O QUE FAZER SE ALGUÉM USAR UMA QUANTIDADE MAIOR DO QUE A INDICADA DESTE MEDICAMENTO?
Não é conhecido ainda caso de superdosagem devido à aplicação ser oftálmica e praticamente de uso externo.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Data da bula

10/04/2017

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal