Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Posologia de Ciprofloxacino

(COMPRIMIDOS REVESTIDOS)
Salvo prescrição médica contrária, as seguintes doses são recomendadas:

INDICAÇÕES

 

Dose diária para adultos Ciprofloxacino (mg) por via oral

Infecção do trato respiratório

De acordo com a gravidade e o agente etiológico

2 x 250 a 500 mg

Infecção do trato urinário

aguda, não complicada

1 a 2 x 250 mg

cistite em mulheres

dose única 250 mg

antes da menopausa: complicada

2 x 250 a 500 mg

Gonorreia

extragenital

dose única 250 mg

aguda, não complicada

dose única 250 mg

Diarreia

 

1 a 2 x 500 mg

Outras infecções

 

2 x 500 mg

Infecções graves, com risco de vida

pneumonia estreptocócica, infecções recorrentes em fibrose cística, infecções ósseas e das articulações, septicemia, peritonite (principalmente causadas por Pseudomonas, Staphylococcus ou Streptococcus)

2 x 750 mg



Idosos
Os pacientes idosos devem receber doses tão reduzidas quanto possível, dependendo da gravidade da doença e do clearance de creatinina.

Crianças e adolescentes
Dados clínicos e farmacocinéticos dão suporte ao uso do Ciprofloxacino em pacientes pediátricos com fibrose cística (idade entre 5 e 17 anos) e com exacerbação pulmonar aguda associada a infecção por Pseudomonas aeruginosa, na dose oral de 20mg/kg, duas vezes por dia (dose máxima diária de 1.500 mg).

Posologia na insuficiência renal ou hepática
Adultos
1. Insuficiência renal
1.1. Clearance de creatinina entre 31 e 60 ml/min/1,73 m2, ou em concentração de creatinina sérica entre 1,4 e 1,9 mg/100 ml. A dose máxima diária de cloridrato de Ciprofloxacino por via oral deverá ser de 1.000 mg/dia.
1.2. Clearance de creatinina igual ou menor que 30 ml/min/1,73 m2, ou em concentração de creatinina sérica igual ou maior do que 2,0 mg/100 ml. A dose máxima diária de cloridrato de Ciprofloxacino por via oral deverá ser de 500 mg/dia.
2. Insuficiência renal + hemodiálise. Nos dias de diálise, após a mesma, dosagem conforme o item 1.2.
3. Insuficiência renal + CAPD. Administrar 1 comprimido de 500 mg ou 2 comprimidos de 250 mg.
4. Insuficiência hepática. Não é necessário ajuste de dose.
5. Em casos de função renal e hepática alteradas. O ajuste de dose deve ser feito de acordo com o item 1.1. e 1.2.

Crianças
Doses em crianças com funções renal e/ou hepática alteradas não foram estudadas.

MODO DE ADMINISTRAÇÃO
Os comprimidos devem ser deglutidos inteiros com um pouco de líquido, independentemente das refeições; quando ingeridos com o estômago vazio, a substância ativa é absorvida mais rapidamente.
Se o paciente não estiver apto a ingerir comprimidos, pela gravidade de sua doença ou por qualquer outro motivo, recomenda-se iniciar a terapia com cloridrato de Ciprofloxacino injetável.

Duração do tratamento
A duração do tratamento depende da gravidade da doença e do curso clínico e bacteriológico. É essencial manter-se o tratamento durante, pelo menos, 3 dias após o desaparecimento da febre e dos sintomas clínicos. Duração média do tratamento: 1 dia, nos casos de gonorreia e cistite aguda não-complicada; até 7 dias, nos casos de infecção renal, trato urinário e cavidade abdominal; durante todo o período neutropênico, em pacientes com defesas orgânicas debilitadas; máximo de 2 meses nos casos de osteomielite; 7 a 14 dias, em todas as outras infecções.
Nas infecções estreptocócicas, o tratamento deve durar, pelo menos, 10 dias, pelo risco de complicações posteriores.
As infecções causadas por Chlamydia também devem ser tratadas durante um período mínimo de 10 dias.

Crianças
Nos casos de exacerbação pulmonar aguda de fibrose cística, associada a infecção por Pseudomonas aeruginosa, em pacientes pediátricos com idade entre 5 e 17 anos, a duração do tratamento deve ser de 10 a 14 dias.
______________________________________________________________________________________________

(POMADA OFTÁLMICA)
Aplicar uma pequena quantidade no saco conjuntival inferior, 3 a 4 vezes por dia, ou a critério médico.
______________________________________________________________________________________________

(SOLUÇÃO OFTÁLMICA)
Úlcera de córnea
Ao iniciar o tratamento: 2 gotas a cada 15 minutos durante as primeiras 6 horas. No restante do dia, instilar 2 gotas a cada 30 minutos.
No segundo dia: 2 gotas a cada 1 hora.
Do terceiro ao décimo quarto dia: 2 gotas a cada 4 horas.
O tratamento poderá continuar por mais de 14 dias, se não tiver ocorrido a reepitelização da córnea.

Conjuntivite bacteriana
Instilar 1 ou 2 gotas a cada 2 horas durante os primeiros 2 dias de tratamento. Instilar, então, 1 a 2 gotas a cada 4 horas, durante os 5 dias subsequentes.

Superdosagem
Em geral, superdosagens não provocam problemas agudos. Se, acidentalmente, for ingerido, beber bastante líquido para diluir, ou procurar orientação médica.

Pacientes idosos
Não existem restrições de uso em pacientes idosos.
A posologia é a mesma que a recomendada para as outras faixas etárias.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal