Feed

Já é assinante?

Entrar

Efeitos Colaterais de Hydrea

Hematológicas Depressão da medula óssea (leucopenia, anemia e trombocitopenia ) (ver ADVERTÊNCIAS).
Gastrintestinais
Estomatite, anorexia, náusea, vômitos, diarréia e constipação.
Dermatológicas
Erupção maculopapular, eritema facial, eritema periférico, ulceração da pele e alterações da pele como dermatomiosite. Observou-se hiperpigmentação, eritema, atrofia da pele e unhas, descamação, pápulas violáceas e alopécia em alguns pacientes após vários anos de terapia de manutenção diária (longa duração) com Hydrea. Alopécia ocorre raramente. Câncer de pele foi raramente observado. Vasculite cutânea, incluindo ulcerações decorrentes da vasculites cutânea e gangrena, ocorreram em pacientes com desordens mieloproliferativas durante a terapia com hidroxiuréia. A vasculite cutânea foi relatada mais freqüentemente em pacientes com um histórico de, ou recebendo, terapia concomitante com interferon (ver ADVERTÊNCIAS).
Neurológicas Sonolência; raros casos de cefaléia, tontura, desorientação, alucinações e convulsões.
Renais Níveis elevados de ácido úrico sérico, uréia e creatinina; retenção anormal de bromossulfaleína; raros casos de disúria.
Outras Febre, calafrios, mal-estar, astenia e elevação de enzimas hepáticas. Casos raros de reações pulmonares agudas (infiltrados pulmonares difusos/fibrose e dispnéia). Em pacientes HIV-positivos recebendo terapia combinada de hidroxiuréia e outros agentes antiretrovirais, em particular a didanosina + estavudina, relatou-se pancreatite fatal e não-fatal, hepatotoxicidade e neuropatia periférica grave. No estudo clínico ACTG 5025, relatou-se um declínio mediano de células CD4 em aproximadamente 100/mm3, em pacientes recebendo hidroxiuréia em combinação com didanosina, estavudina e indinavir.
Associação de Hydrea e Radioterapia
s reações adversas observadas com o tratamento associado entre Hydrea e radioterapia foram semelhantes àquelas relatadas com o uso da hidroxiuréia isoladamente, principalmente depressão da medula óssea (leucopenia e anemia) e irritação gástrica. Quase todos os pacientes recebendo um ciclo adequado de tratamento com a associação de Hydrea e radioterapia irão desenvolver leucopenia. Trombocitopenia (<100.000/mm3) tem ocorrido raramente e usualmente na presença de leucopenia acentuada. Hydrea pode potencializar algumas reações adversas normalmente relatadas com a radioterapia isolada, tais como desconforto gástrico e mucosite.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal