Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Indicações de Intron-a

Intron-a está indicado no tratamento de pacientes a partir de 18 anos de idade com tricoleucemia (hairy-cell leukemia). Caso o paciente não melhore dentro de 6 meses, o tratamento deverá ser descontinuado. Hepatite B crônica Intron-a está indicado para o tratamento da hepatite B crônica em pacientes adultos e pediátricos (a partir de 1 ano de idade) com doença hepática compensada que foram HbsAg sérico positivo durante pelo menos 6 meses e têm replicação de HBV (HbeAg sérico positivo), com níveis de ALT sérico elevados. Antes de se iniciar o tratamento com Intron-a, recomenda-se a biópsia hepática, a fim de se detectar a hepatite crônica e a extensão do dano hepático. Os critérios a seguir de inclusão de pacientes com doença hepática compensada foram utilizados nos estudos clínicos e devem ser considerados antes de se tratar os pacientes com hepatite B crônica com Intron-a. -Ausência de histórico de encefalopatia hepática, hemorragia por varizes esofagianas, ascite ou outros sintomas de descompensação hepática • Bilirrubina Normal • Albumina Estável e dentro dos limites normais • Tempo de protrombina Em adultos: prolongado < 3 s Em crianças: prolongado ² 2 s • Contagem de leucócitos ³ 4.000/mm3 • Contagem de plaquetas Adultos: 100.000/mm3 Crianças: 150.000/mm3 Hepatite C crônica Administrado isoladamente (monoterapia) ou em associação com a ribavirina, Intron-a está indicado para reduzir a atividade da hepatite C crônica em pacientes adultos com enzimas hepáticas elevadas sem descompensação hepática. Estudos clínicos realizados com estes pacientes demonstraram que o tratamento com Intron-a pode determinar a normalização do ALT sérico, a depuração do HCV-RNA sérico e melhorar a histologia hepática. Estudos clínicos recentes em pacientes sob tratamento com Intron-a durante 12 a 18 meses indicam que maior proporção de pacientes demonstrou resposta sustentada após tratamento de longa duração, comparativamente aos que descontinuaram o tratamento depois de 6 meses. Deve-se realizar biópsia hepática a fim de se estabelecer o diagnóstico de hepatite crônica. Os seguintes critérios de inclusão foram utilizados nos estudos clínicos e devem ser considerados antes do tratamento com Intron-a em pacientes com hepatite C crônica: • Ausência de histórico de encefalopatia hepática, hemorragia por varizes esofagianas, ascite ou outros sintomas de descompensação hepática • Bilirrubina =< 2 mg/dL • Albumina Estável e dentro dos limites normais • Tempo de protrombina prolongado < 3 s •Contagem de leucócitos >= 3.000/mm3 • Contagem de plaquetas >= 70.000/mm3 •Creatinina sérica Normal ou próxima do normal Melanoma maligno Intron-a está indicado como adjuvante do tratamento do melanoma maligno em pacientes a partir de 18 anos de idade livres de doença após cirurgia, mas com alto risco de recorrência ou também como parte do esquema de quimioterapia. Condiloma acuminado Intron-a é recomendado para o tratamento intralesional de pacientes adultos com condiloma acuminado que não responderam satisfatoriamente a outras modalidades de tratamento, ou de pacientes cujas lesões são mais prontamente tratadas com Intron-a.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal