Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Interações medicamentosas de Levoid

Muitas drogas afetam a farmacocinética e o metabolismo do hormônio tireoidiano (por exemplo, absorção, síntese, secreção, catabolismo, ligação proteica e resposta do tecido-alvo) e podem alterar a resposta terapêutica ao Levoid. Além disto, os hormônios e a condição tireoidianos têm efeitos variados sobre a farmacocinética e ações de outras drogas. Uma relação de interações está demonstrada abaixo.

a)Drogas que podem reduzir a secreção do TSH – a redução não é mantida; portanto, o hipotireoidismo não ocorre: dopamina/agonistas da dopamina; glicocorticoides e octreotida.

b)Drogas que podem diminuir a secreção do hormônio tireoidiano, podendo resultar em hipotireoidismo: aminoglutetimida; amiodarona; iodo (incluindo agentes de contraste radiográfico contendo iodo); lítio; metimazol; propiltiouracil (PTU); sulfonamidas e tolbutamida.

c)Drogas que podem aumentar a secreção do hormônio tireoidiano, resultando em hipertireoidismo: amiodarona; iodo (incluindo agentes de contraste radiográfico contendo iodo).

d)Drogas que podem diminuir a absorção de T4, resultando em hipotireoidismo: antiácidos (hidróxidos de alumínio e magnésio e simeticona); sequestrantes de ácidos biliares (colestiramina e colestipol); carbonato de cálcio; resinas de troca catiônica (caiexalato); sulfato ferroso; sucralfato e magaldrato.

e)Drogas que podem alterar o transporte de T4 e T3sérico – mas concentração de FT4 permanece normal, e portanto, o paciente permanece em eutireoidismo:

e.1) Drogas que podem aumentar a concentração de TBG sérico: clofibrato; contraceptivos oral contendo estrógeno; estrógenos (oral); heroína/metadona;5-fluorouracil; mitotano e tamoxifeno.

e.2) Drogas que podem diminuir a concentração de TBG sérico: andrógenos/esteroides anabólicos; asparaginase; glicocorticoides e ácido nicotínico – liberação lenta.

f)Drogas que podem causar alteração na ligação proteica no sítio: furosemida (>80 mg IV); heparina; hidantína; drogas anti-inflamatórias não esteroidal (fenamatos e fenilbutazona) e salicilatos (> 2 g/dia).

g)Drogas que podem aumentar o metabolismo hepático, que pode resultar em hipotireoidismo: carbamazepina; hidantoínas; fenobarbital e rifampicina.

h)Drogas que podem reduzir a atividade T4 5’-deiodi-nase: amiodarona; antagonistas beta-adrenérgicos (ex.: propranolol > 160 mg/dia); glicocorticoides (ex.: dexametasona > 4 mg/dia) e propiltiouracil.

i)Outras drogas que podem desencadear interações medicamentosas com levotiroxina: anticoagulantes orais (derivados da cumarina, derivados da indandiona); antidepressivos (tricíclicos ex.: amitriptilina, tetracíclicos ex.: maprotilina, serotonina seletiva); inibidores seletivos da recaptação da serotonina ex.: sertralina; agentes antidiabéticos (biguanidas, metiglinidas, sulfonilureas); tiazolidinedionas; insulina; glicosídeos cardíacos; citocinas(interferon-α, interleucina-2); hormônios de crescimento (somatrem, somatropina); quetamina; metilxantina; broncodilatadores ex.: teofilina); agentes radiográficos; simpatomiméticos (efedrina, epinefrina, metilfenidato); hidrato de cloral; diazepam; etionamida; lovastatina; metoclopramida; 6-mecaptopurina; nitroprussiato; para-aminosalicilatosódico; resorcinol (uso tópico excessivo); diuréticos tiazídicos; cloroquina; estrógenos conjugados; estradiol; estriol; estrona; imatinibe; ritonavir e raloxifeno.

Em tratamento concomitante, a levotiroxina (Levoid) pode provocar os seguintes efeitos:
•A levotiroxina pode reduzir a ação dos hipoglicemiantes orais e da insulina.
•A colestiramina e contraceptivos orais reduzem a ação da levotiroxina.
•A levotiroxina potencializa os efeitos das anfetaminas, anticoagulantes orais, antidepressivos, digitálicos, efedrina, adrenalina e metilfenidato.
•O ácido acetilsalicílico e a fenitoína aumentam o efeito da levotiroxina.
A levotiroxina sódica deve ser tomada no mínimo com um intervalo de 4 horas das drogas que são conhecidas interferir com sua absorção.

Interações com alimentos
Os alimentos podem interferir com a absorção da levotiroxina. Assim, recomenda-se a administração de Levoid com estômago vazio (meia a 1 hora antes do café da manhã), a fim de aumentar sua absorção.
Farinha de soja (fórmula pediátrica), cereais de semente de algodão, nozes e dieta à base de fibras podem se ligar e diminuir a absorção da levotiroxina sódica do trato gastrintestinal.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal