FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Fatores de risco para recorrência de natimortos

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 21/10/2015

Comentários de assinantes: 0

Contexto Clínico

A ocorrência de um natimorto é algo extremamente marcante na vida de uma mulher que está para dar à luz. Normalmente não se sabe ao certo quais são os fatores de risco para a recorrência de um natimorto, algo que pode ajudar na orientação e avaliação de gestantes, ou futuras gestantes.

 

O Estudo

Este estudo foi uma revisão sistemática que incluiu estudos dos tipos coorte e caso-controle de países de alta renda e nos quais se investigou a associação entre natimortalidade em uma gravidez inicial e risco de morte fetal em uma gravidez subsequente. Natimorto foi definido como morte fetal que ocorre em uma gestação de mais de 20 semanas ou peso ao nascer de pelo menos 400 g. Foram selecionados 13 estudos de coorte e três estudos de caso-controle que preencheram os critérios de inclusão e foram incluídos na metanálise. Os dados foram disponibilizados em 3.412.079 mulheres com gestações além de 20 semanas das quais 3.387.538 (99,3%) tinham tido um nascimento anterior e 24.541 (0,7%) um natimorto. Um total de 14.283 natimortos ocorreu  em gestações subsequentes, 606/24.541 (2,5%) em mulheres com história de natimorto e 13.677/ 3.387.538 (0,4%) entre as mulheres sem essa história. Especificamente 12 estudos  avaliaram o risco de morte fetal em segunda gestação. Em comparação com as mulheres que tiveram um nascido vivo na sua primeira gravidez, aquelas que experimentaram um natimorto foram quase cinco vezes mais propensas de ter natimorto em sua segunda gravidez (odds ratio 4,77, IC95% 3,70-6,15).

 

Aplicações Práticas

O que este estudo demonstra é que o risco de morte fetal em gestações subsequentes é maior em mulheres que experimentam um natimorto em sua primeira gravidez. Este risco aumentado permaneceu após análise ajustada. As evidências em torno do risco de recorrência de natimorto inexplicável permanecem controversas. Contudo, parece ser um dado a se utilizar quando realizar orientação pré-natal.

 

Bibliografia

Lamont K et al. Risk of recurrent stillbirth: systematic review and meta-analysis. BMJ 2015;350:h3080.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal