FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Amebicida giardicida e tricomonicida

Última revisão: 16/09/2015

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010 [Link Livre para o Documento Original]

Série B. Textos Básicos de Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos

Brasília / DF – 2010

 

Subcomissão Editorial

        5.5.2.1 Amebicidas, giardicidas e tricomonicidas

Metronidazol (cuja forma insolúvel em água é o benzoilmetronidazol) é amebicida tecidual e tem sido a primeira escolha para casos de infecção ativa por Entamoeba histolytica (disenteria ou abscesso hepático), estimando-se eficácia de 90%. No entanto, sua recomendação para disenteria amebiana endêmica é controvertida. Em revisão de Clinical Evidence1, não se encontram estudos controlados por placebo que atestem o benefício do fármaco na disenteria amebiana endêmica. Nove estudos compararam metronidazol versus tinidazol, a maioria deles mostrando índices elevados de falha de tratamento (permanência de sintomas ou de parasitas depois de 30 dias) e reações adversas com metronidazol (ver monografia, página 850).

Todos os pacientes com amebíase invasiva (10% das pessoas infectadas com Entamoeba histolytica) requerem tratamento com um amebicida tecidual seguido por um luminal, de modo a erradicar o agente infectante do cólon2-4. Para casos específicos, a teclozana é recomendada como amebicida luminal para erradicação de amebas que permanecem na luz intestinal após tratamento da amebíase invasiva. Seu uso é restrito a indivíduos assintomáticos, em áreas não endêmicas3 (ver monografia, página 1010).

Na tricomoníase, metronidazol também é fármaco de escolha. Nessa condição, tratamentos locais como iodopovidona, acidificação da vagina por meio de duchas com vinagre e instilação de lactobacilos não superam a eficácia de metronidazol sistêmico. Recomenda-se tratar a paciente e seu parceiro com metronidazol1.

Na giardíase, metronidazol é a primeira escolha. Metronidazol em doses repetidas mostrou eficácia semelhante a secnidazol em dose única5 e a tinidazol em dose única6.

 

Referências

1.DANS, L.; MARTÍNEZ, E. Amoebic dysentery. In: BMJ Clinical Evidence. [Web publication date]: 01 Jan. 2007. Disponível em: <http://clinicalevidence.bmj.com/>.

2.GONZÁLES, M. L. M.; DANS, L. F.; MARTINEZ, E. G. Antiamoebic drugs for treating amoebic colitis (protocol for a Cochrane Review). In: The Cochrane Library, Issue 9, 2010, art. nº CD006085. DOI:10.1002/14651858.CD006085.pub 2. Disponível em: <http://cochrane.bvsalud.org/portal/php/index.php>.

3.WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO model formulary 2008. Geneva: WHO, 2008. Disponível em: <http://www.who.int/entity/selection_medicines/list/ WMF2008.pdf>.

4.PRITT, B. S.; CLARCK, C. G. Amebiasis. Mayo Clin. Proc., v. 83, n.10, p.1154-1160, 2008. Disponível em: <http://www.mayoproceedings.com/content/83/10/1154.long>.

5.ESCOBEDO, A. A. et al.A randomized trial comparing mebendazole and secnidazole for the treatment of giardiasis. Ann. Trop. Med. Parasitol., [S.l.], v. 97, n. 5, p. 499-504, 2003.

6.CIMERMAN, B. et al. Evaluation of secnidazole gel and tinidazole suspension in the treatment of giardiasis in children. Braz. J. Infect. Dis., [S.l.], v. 1, n. 5, p. 241-7, 1997.

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal