FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Sulfato de Bário

Última revisão: 19/12/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Sulfato de Bário>>>>>

>> >>>

>Isabella Campagnuci Knust>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 22.1>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Suspensão oral 1 g/mL.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Diagnóstico radiológico de anormalidades e defeitos no trato gastrintestinal.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1,4,5,6,8>>>>>>>>>>

>      >>>Obstrução intestinal.>>>>

>      >>>Estenose pilórica ou lesões que predispõem à obstrução.>>>>

>      >>>Perfuração intestinal ou condições predisponentes (retocolite ulcerativa, diverticulite, após biópsia colo-retal, retossigmoidoscopia ou radioterapia).>>>>

>      >>>Hipersensibilidade aos componentes da suspensão.>>>>

>      >>>Gravidez.>>>>

>> >>>

>>PRECAUÇÃO>4,5,8>>>>>>>>>>

>      >>>Hidratação adequada antes do procedimento para evitar constipação.>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>4,5,8>>>>>>>>>>

>Adultos>>

>      >>>Oral: 40 a 450 g. Doses maiores podem ser usadas, caso necessário.>>>>

>      >>>Retal: 150 a 750 g. Doses maiores podem ser utilizadas.>>>>

>>> >>>>

>Crianças>>

>      >>>A via e a dose são dependentes do procedimento realizado e da formulação do fabricante.>>>>

>      >>>Oral: a dose deve ser ajustada de acordo com a quantidade que a criança consegue ingerir do contraste.>>>>

>      >>>Retal: recomenda-se dose proporcional ao tamanho da criança, devendo ser administrada uma quantidade mínima inicialmente, podendo essa dose ser aumentada, caso necessário, até que se possam visualizar bem as estruturas a serem estudadas.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCI>NÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>4,5,6,>>8>>>>>>>>

>      >>>Não é absorvido, portanto não sofre metabolização.>>>>

>      >>>É totalmente eliminado pelo trato gastrintestinal (100% de eliminação fecal).>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1,4,5,6,>>8>>>>>>>>

>      >>>Constipação, diarréia, cólica abdominal, flatulência, obstrução e sangramento gastrintestinais, apendicite.>>>>

>      >>>Os insumos empregados nas formulações do sulfato de bário podem, entretanto, causar reações de hipersensibilidade.>>>>

>      >>>Perfuração intestinal e peritonite, aderências e granulomas.>>>>

>      >>>Alterações eletrocardiográficas.>>>>

>      >>>Fibrilação ventricular, bradicardia e assistolia.>>>>

>      >>>Pneumonite química ou formação de granuloma pulmonar, quando broncoaspiração acidental.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>1,4,>>6>>>>>>>>

>      >>>Orientar para aumentar a ingestão hídrica após o procedimento para prevenir constipação.>>>>

>      >>>Orientar que, para administração do contraste por via retal, deve ser adotada, no dia que precede o exame, dieta pobre em resíduos, uso de laxantes e jejum de 8 horas.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>8>>>>>>>

>      >>> branco, fino, denso e suave. Praticamente insolúvel em água, solventes orgânicos e hidróxidos ácidos e básicos.>>>>

>      >>>Manter à temperatura ambiente, entre 15 e 30°C, em recipientes bem fechados, ao abrigo de luz e umidade.>>>>

>      >>>Para exames do intestino grosso, o sulfato de bário em suspensão para uso oral pode ser preparado para ser utilizado como enema ou clister (para administração retal).>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal