Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cloridrato de Bupropiona

Última revisão: 19/12/2010

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [Link Livre para o Documento Original]

Série B. Textos Básicos de Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos

Brasília / DF – 2008

 

Cloridrato de Bupropiona

 

Isabella Campagnuci Knust

 

Na Rename 2006: item 23

 

APRESENTAÇÃO

      Comprimido de 150 mg.

 

INDICAÇÕES2,4,5,6

      Tratamento adjuvante do tabagismo.

      Antidepressivo.

 

CONTRA-INDICAÇÕES2,4,5,6

      Crises convulsivas.

      Pacientes com história de suspensão abrupta de álcool ou sedativos, incluindo benzodiazepínicos.

      Bulimia ou anorexia.

      Transtorno bipolar.

      Hipersensibilidade a compostos com bupropiona.

      Uso de IMAO nos últimos 14 dias.

      Pacientes em uso de outras formas de bupropiona.

 

PRECAUÇÕES2,4,5

      Em pacientes com distúrbios mentais e em uso de medicamentos que atuam sobre o sistema nervoso central.

      Pacientes idosos e crianças e adolescentes, nos quais o risco não está bem definido.

      Insônia.

      Pacientes com hipertensão, infarto do miocárdio, angina instável, nefropatia, insuficiência hepática (ver Apêndice C – Fármacos e Hepatopatias) e diabetes tratada com hipoglicemiantes orais ou insulina.

      Descontinuar o uso se a abstinência não for alcançada em sete semanas.

      Categoria de risco na gravidez (FDA): B.

      Lactação.

 

ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO2,4,5

Adolescentes

      1,4 a 6 mg/kg/dia.

 

Adultos

      150 mg por dia, por via oral, nos primeiros 3 dias; aumentar para 300 mg por dia, em duas tomadas. Continuar o tratamento por 7 a 12 semanas.

 

ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES4,5,6

      Absorção é feita em 80% pelo trato gastrintestinal, atingindo pico sérico em 3 horas. A meia-vida de eliminação é de 21 horas, o que propicia intervalos entre doses de 24 horas. A dose deve ser ajustada em caso de insuficiência renal ou hepática.

 

EFEITOS ADVERSOS2,5,6

      Tontura, cefaléia, insônia, agitação, ansiedade, confusão, tremores, exacerbação de depressão, mania, sonolência, visão borrada, zumbidos.

      Dor abdominal, constipação, náuseas, faringite, xerostomia.

      Alterações de condução cardíaca, infarto do miocárdio, taquiarritmia, hipertensão ou hipotensão.

      Prurido, rash cutâneo, urticária, sudorese, síndrome de Stevens-Johnson.

      Fogachos, disfunção sexual, alteração menstrual.

      Artralgias, mialgias, parestesias.

      Tosse.

 

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS4,5,6

      A bupropiona tem sua eficácia diminuída com carbamazepina, fenitoína, fenobarbital, nevirapina, lopinavir e rifampicina.

      A bupropiona tem seus níveis séricos aumentados com ritonavir, levodopa, inibidores da MAO e cimetidina.

      Há diminuição do limiar para desencadeamento de crise convulsiva por corticosteróides, antipsicóticos, teofilina, testosterona e álcool.

      Há aumento da cardiotoxicidade com droperidol.

      Há alteração de efeito de varfarina.

      Há aumento da hepatotoxicidade se associada com carbimazol.

      Potencializa o efeito da desipramina, fluoxetina, haloperidol, imipramina, metoprolol, nortriptilina, paroxetina, propafenona, risperidona, sertralina, teofilina.

      Há aumento do risco da síndrome serotoninérgica (hipertermia, hiperreflexia, mioclonia, alteração do estado mental) em associação com linezolida.

      Aumenta o risco de alucinações quando associada a zolpidem.

      Há risco de urgência hipertensiva quando associada a adesivo de nicotina.

 

ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES4,5,6

      Recomendar para não associar com bebida alcoólica.

      Orientar para ingerir com alimentos para diminuir a possibilidade de irritação gástrica.

      Orientar para engolir o comprimido inteiro, não devendo ser dividido ou triturado.

 

ASPECTOS FARMACÊUTICOS4,5

      Deve-se manter ao abrigo de luz e à temperatura ambiente, de 20 a 25°C.

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal