FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cloridrato de Bupropiona

Última revisão: 19/12/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>>Cloridrato de Bupropiona>>>>>

>>> >>>

>>Isabella Campagnuci Knust>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 23>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Comprimido de 150 mg.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>2,4,5,6>>>>>>>>>>

>      >>>Tratamento adjuvante do tabagismo.>>>>

>      >>>Antidepressivo.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>2,4,5,6>>>>>>>>>>

>      >>>Crises convulsivas.>>>>

>      >>>Pacientes com história de suspensão abrupta de álcool ou sedativos, incluindo benzodiazepínicos.>>>>

>      >>>Bulimia ou anorexia.>>>>

>      >>>Transtorno bipolar.>>>>

>      >>>Hipersensibilidade a compostos com bupropiona.>>>>

>      >>>Uso de IMAO nos últimos 14 dias.>>>>

>      >>>Pacientes em uso de outras formas de bupropiona.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>2,4,5>>>>>>>>>>

>      >>>Em pacientes com distúrbios mentais e em uso de medicamentos que atuam sobre o sistema nervoso central.>>>>

>      >>>Pacientes idosos e crianças e adolescentes, nos quais o risco não está bem definido.>>>>

>      >>>Insônia.>>>>

>      >>>Pacientes com hipertensão, infarto do miocárdio, angina instável, nefropatia, insuficiência hepática (ver >>Apêndice CFármacos e Hepatopatias>>>>>) e diabetes tratada com hipoglicemiantes orais ou insulina.>>>>

>      >>>Descontinuar o uso se a abstinência não for alcançada em sete semanas.>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): B.>>>>

>      >>>Lactação.>>>>

>> >>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>2,4,5>>>>>>>>>>

>Adolescentes>>

>      >>>1,4 a 6 mg/kg/dia.>>>>

>> >>>

>Adultos>>

>      >>>150 mg por dia, por via oral, nos primeiros 3 dias; aumentar para 300 mg por dia, em duas tomadas. Continuar o tratamento por 7 a 12 semanas.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>4,5,6>>>>>>>>>>

>      >>>Absorção é feita em 80% pelo trato gastrintestinal, atingindo pico sérico em 3 horas. A meia-vida de eliminação é de 21 horas, o que propicia intervalos entre doses de 24 horas. A dose deve ser ajustada em caso de insuficiência renal ou hepática.>>>>

>> >>>

>>EFEITOS ADVERSOS>2,5,6>>>>>>>>>>

>      >>>Tontura, cefaléia, insônia, agitação, ansiedade, confusão, tremores, exacerbação de depressão, mania, sonolência, visão borrada, zumbidos.>>>>

>      >>>Dor abdominal, constipação, náuseas, faringite, xerostomia.>>>>

>      >>>Alterações de condução cardíaca, infarto do miocárdio, taquiarritmia, hipertensão ou hipotensão.>>>>

>      >>>Prurido, >rash >cutâneo, urticária, sudorese, síndrome de Stevens-Johnson.>>>>

>      >>>Fogachos, disfunção sexual, alteração menstrual.>>>>

>      >>>Artralgias, mialgias, parestesias.>>>>

>      >>>Tosse.>>>>

>> >>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>4,5,6>>>>>>>>>>

>      >>>A bupropiona tem sua eficácia diminuída com carbamazepina, fenitoína, fenobarbital, nevirapina, lopinavir e rifampicina.>>>>

>      >>>A bupropiona tem seus níveis séricos aumentados com ritonavir, levodopa, inibidores da MAO e cimetidina.>>>>

>      >>> diminuição do limiar para desencadeamento de crise convulsiva por corticosteróides, antipsicóticos, teofilina, testosterona e álcool.>>>>

>      >>> aumento da cardiotoxicidade com droperidol.>>>>

>      >>> alteração de efeito de varfarina.>>>>

>      >>> aumento da hepatotoxicidade se associada com carbimazol.>>>>

>      >>>Potencializa o efeito da desipramina, fluoxetina, haloperidol, imipramina, metoprolol, nortriptilina, paroxetina, propafenona, risperidona, sertralina, teofilina.>>>>

>      >>> aumento do risco da síndrome serotoninérgica (hipertermia, hiperreflexia, mioclonia, alteração do estado mental) em associação com linezolida.>>>>

>      >>>Aumenta o risco de alucinações quando associada a zolpidem.>>>>

>      >>> risco de urgência hipertensiva quando associada a adesivo de nicotina.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>4,5,6>>>>>>>>>>

>      >>>Recomendar para não associar com bebida alcoólica.>>>>

>      >>>Orientar para ingerir com alimentos para diminuir a possibilidade de irritação gástrica.>>>>

>      >>>Orientar para engolir o comprimido inteiro, não devendo ser dividido ou triturado.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>4,5>>>>>>>>>>

>      >>>Deve-se manter ao abrigo de luz e à temperatura ambiente, de 20 a 25°C.>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal