FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Paciente de 31 Anos de Idade Com Lesões Eczematosas em Face

Autor:

Rodrigo Antonio Brandão Neto

Médico Assistente da Disciplina de Emergências Clínicas do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Última revisão: 29/11/2017

Comentários de assinantes: 0

Paciente de 31 anos de idade, sexo feminino, negra, antecedente de hipertensão arterial sistêmica, usa enalapril. Iniciou quadro de prurido cutâneo difuso e fez uso de prometazina para melhora do prurido há 3 dias. Evoluiu com piora significativa das lesões e, ao chegar ao departamento de emergência, apresentava lesões, predominantemente na face, sugestivas de eczema. Os exames laboratoriais demonstravam hemoglobina (Hb) 12,6g/dL com 9.600 leucócitos e 14% de eosinófilos. As lesões podem ser vistas nas Figuras 1 e 2.

 

 

Figura 1 - Lesões sugestivas de eczema.

 

 

 

Figura 2 - Lesões sugestivas de eczema.

 

As manifestações cutâneas disseminadas, sua associação de piora com a prometazina e a eosinofilia associada sugerem o diagnóstico de Dress (em inglês, drug related eosynophilia syndrome). As erupções agudas costumam ocorrer de 4 a 14 dias após a exposição à medicação, sendo que, em casos de reexposição, as manifestações podem ser mais precoces.

Os pacientes apresentam exantema máculo-papular difuso e de distribuição simétrica composto de lesões roseadas que podem se aglutinar para formar placas. O prurido é frequente, mas altamente variável em termos de gravidade, e febre baixa (temperatura de <38,5ºC) é comum.

A Dress costuma iniciar suas manifestações com exantema morbiliforme na face, no tronco e nos membros superiores; durante a evolução, as lesões podem se tornar eritematosas, com edema da derme significativo. Medicações particularmente associadas são os anticonvulsivantes como a difenil-hidantoína e a carbamazepina; nesse caso, ocorrem tipicamente de 2 a 8 semanas após a introdução das medicações.

Os pacientes costumam apresentar eosinofilia e acometimento de outros órgãos, sendo o fígado o mais comum, com hepatomegalia, aumento de transaminases e hepatite granulomatosa. Os indivíduos podem apresentar manifestações renais como nefrite intersticial e infiltrados pulmonares com pneumonia e, eventualmente, consolidação e derrame pleural.

Do ponto de vista hematológico, as manifestações incluem anemia, eosinofilia, linfocitose, leucocitose e plaquetopenia. No caso aqui ilustrado, como a manifestação cutânea não está classicamente na forma de exantema máculo-papular e ocorre sobretudo na forma eczematosa, pode haver alguma confusão diagnóstica. O uso de glicocorticoides e a descontinuação da medicação são as medidas de manejo, além do suporte, indicadas para o paciente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal