FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cloridrato de Cetamina

Última revisão: 27/12/2009

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>> >>>

>>Cloridrato de Cetamina>>>>>

>> >>>

>Thais Furtado de Souza>>>>>

>> >>>

>>Na Rename 2006: item 1.1.2>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>>

>      >>>Solução injetável 57,67 mg/mL- equivalente a 50 mg de cetamina por mL.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1>>>>>>>>>

>      >>>Indução e manutenção da anestesia geral.>>>>

>      >>>Analgesia em procedimentos dolorosos de curta duração.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1,2,4,5,9>>>>>>>>>

>      >>>Hipersensibilidade ao fármaco.>>>>

>      >>>Hipertensão arterial sistêmica, insuficiência cardíaca congestiva, angina.>>>>

>      >>>Elevação da pressão intracraniana.>>>>

>      >>>Histórico de acidente cerebrovascular, trauma cerebral, aneurisma.>>>>

>      >>>Tirotoxicose.>>>>

>      >>>Alucinações e desordens psiquiátricas.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>1,2,4-6,9,11>>>>>>>>>>>

>          >>>Podem ocorrer reações até 24 horas pós-anestésicas: alucinações, delírio, sonhos vívidos, comportamento irracional, confusão mental.>>>>

>          >>>Pode determinar dependência em uso prolongado.>>>>

>          >>>Cautela em pacientes com histórico de uso abusivo de álcool.>>>>

>          >>>Devido à ocorrência de salivação excessiva e laringoespasmos, não deve ser utilizado como agente único nas intervenções cirúrgicas ou diagnósticas da faringe, laringe ou árvore brônquica.>>>>

>          >>>Agente anticolinérgico pode ser utilizado para reduzir salivação.>>>>

>          >>>Categoria de risco na gravidez (ADEC): A (ver apêndice A).>>>>

>> >>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>1-5,9>>>>>>>>>

>Adulto>>

>>Indução da Anestesia>>>>>>>

>      >>>De 1 a 4,5 mg/kg, por via intravenosa, ou:>>>>

>      >>>De 6,5 a 13 mg/kg, por via intramuscular.>>>>

>>> >>>>

>>Manutenção da Anestesia>>>>>>>

>      >>>De 10 a 45 microgramas/kg/minuto, por infusão intravenosa de solução com concentração de 1 mg/mL.>>>>

>>> >>>>

>>Analgesia>>>>>>>

>      >>>Dose inicial de 3 a 8 mg/kg, por via intramuscular.>>>>

>>> >>>>

>Criança>>

>>Indução da Anestesia>>>>>>>

>      >>>De 1 a 2 mg/kg, por via intravenosa. Ou: 0,5-2 mg/kg, por infusão intravenosa de solução com concentração de 1 mg/mL. Ou: 4-13 mg/kg, por via intramuscular.>>>>

>>> >>>>

>>Manutenção da Anestesia>>>>>>>

>      >>>De 10 a 45 microgramas/kg/minuto, por infusão intravenosa de solução com concentração de 1 mg/mL.>>>>

>> >>>

>>Analgesia>>>>>>>

>      >>>Dose inicial de 3 a 8 mg/kg, por via intramuscular.>>>>

>> >>>

>1.    >>>>Administração>>>>>

>      >>>Injeção intravenosa deve ser aplicada no período de 1 minuto.>>>>

>      >>>Infusão intravenosa é feita por meio de solução com concentração final de 1 mg/mL, infundida à velocidade de 0,5 mg/kg/minuto.>>>>

>      >>>A diluição pode ser feita som solução fisiológica, solução glicosada a 5% ou água para injeção.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>1,2,4,5,9>>>>>>>>>

>      >>>Início da ação: 1 a 2 minutos (anestesia e analgesia por via intravenosa) e 3 a 8 minutos (anestesia por via intramuscular).>>>>

>      >>>Duração: 5 a 15 minutos (intravenosa) e 12 a 25 minutos (intramuscular).>>>>

>      >>>Meia-vida: 11 a 17 minutos.>>>>

>      >>>Metabolismo: hepático.>>>>

>      >>>Excreção: renal (90%).>>>>

>      >>>A recuperação ocorre entre 1 e 2 horas, sendo mais demorada após administração intramuscular.>>>>

>> >>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1,2,4,5,9>>>>>>>>>

>      >>>Hipertensão ou hipotensão arterial, taquicardia ou bradicardia, arritmia cardíaca.>>>>

>      >>>Movimentos tônicos-clônicos, tremor, alucinações visuais, sonhos vívidos, nistagmo, diplopia.>>>>

>      >>>Depressão respiratória.>>>>

>      >>>Anorexia, náusea, vômito, salivação.>>>>

>> >>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>5>>>>>>>>>

>      >>>Aumento de efeito de cetamina: antidepressivos inibidores seletivos de receptores de serotonina, antidepressivos tricíclicos, antiinflamatórios não-esteróides, bloqueadores neuromusculares não-despolarizantes, antifúngicos azólicos, macrolídeos, fluoroquinolonas, hormônio da tireóide, barbitúricos.>>>>

>      >>>Halotano em conjunto pode diminuir a pressão arterial.>>>>

>      >>>Uso concomitante de atracúrio e cetamina pode causar bloqueio neuromuscular.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>1,4,5>>>>>>>>>

>      >>>Alertar para o possível surgimento de tontura, sonolência, confusão e incoordenação psicomotora.>>>>

>      >>>Se receber alta dentro do período de 24 horas após o procedimento, deve ser acompanhado até a casa, não deve dirigir, operar máquinas ou praticar qualquer atividade perigosa que necessitar atenção.>>>>

>      >>>Orientar para evitar o uso de bebida alcoólica e de outros depressores do SNC no período de 24 horas.>>>>

>      >>>Notificar imediatamente se ocorrerem sintomas alérgicos (coceira, inchaço em mãos, rosto, boca ou garganta, distúrbios respiratórios), alteração no batimento cardíaco, desmaio e dor, vermelhidão ou formação de bolhas no local da injeção.>>>>

>      >>>Notificar a ocorrência de tosse, visão dupla, enrijecimento muscular, náusea, vômito ou perda de apetite, vermelhidão ou leve erupção da pele.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>4,5,6>>>>>>>>>

>      >>>Manter em temperatura entre 15 e 30 °C, protegido da luz e do calor.>>>>

>      >>>Para administração intravenosa, a concentração de 100 mg/mL deve ser diluída antes da aplicação em igual volume de água para injeção, cloreto de sódio 0,9% ou dextrose 5%.>>>>

>      >>>Cetamina e barbitúricos não devem ser preparados na mesma seringa, pois ocorre formação de precipitado.>>>>

>      >>>Diazepam e cetamina são incompatíveis.>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal