FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Tiopental Sódico

Última revisão: 27/12/2009

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>> >>>

>>Tiopental Sódico>>>>>

>> >>>

>Thais Furtado de Souza>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 1.1.2>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>>

>      >>> para solução injetável 1 g.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1>>>>>>>>>

>      >>>Indução da anestesia geral e anestesia de curta duração.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1,2,5,9,13>>>>>>>>>

>      >>>Ausência de veia adequada para administração intravenosa.>>>>

>      >>>Porfiria aguda intermitente.>>>>

>      >>>Hipersensibilidade a barbitúricos.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>1,2,4,5,9,13>>>>>>>>>

>      >>>Cautela em pacientes com doença cardiovascular grave, choque e hipotensão, pressão intracraniana aumentada, oftalmoplegia, depressão ou obstrução respiratória, laringoespasmo, broncoespasmo.>>>>

>      >>>Cautela em condições nas quais o efeito hipnótico possa ser prolongado ou potencializado: pré-medicação excessiva, doença de Addison, disfunção hepática (ver apêndice C) ou renal (ver apêndice D), concentração plasmática de uréia elevada, mixedema, anemia grave, asma, miastenia grave.>>>>

>      >>>Extravasamento ocasiona extensa necrose.>>>>

>      >>>A administração intra-arterial deve ser evitada.>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): C (ver apêndice A).>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>1,2,4,5,9,13>>>>>>>>

>Adultos>>

>      >>>Indução lenta: 50-75 mg, por via intravenosa, a intervalos de 20 a 40 segundos, conforme necessário.>>>>

>      >>>Indução rápida: 3-5 mg/kg, por via intravenosa, divididos em 2 a 4 doses.>>>>

>>> >>>>

>Crianças>>

>      >>>De 5 a 6 mg/kg, por via intravenosa.>>>>

>> >>>

>>Administração>>>>>>>

>      >>>A administração deve ser lenta e evitar extravasamento.>>>>

>      >>>A administração rápida pode ocasionar efeitos adversos como: dor grave, necrose, hipotensão grave, soluço, tosse, laringoespasmos, reação alérgica.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>2,4,5,9,13>>>>>>>>

>      >>>Início da ação: 30 a 60 segundos.>>>>

>      >>>Duração: 5 a 30 minutos.>>>>

>      >>>Metabolismo: hepático.>>>>

>      >>>Excreção: renal.>>>>

>      >>>Meia-vida: de 3 a 11,5 horas.>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1,2,4,5>>>>>>>>

>      >>>Bradicardia, hipotensão, síncope, depressão do miocárdio.>>>>

>      >>>Ansiedade, sonolência, confusão, alucinações, ataxia.>>>>

>      >>>Tosse, soluços, laringoespasmo, broncoespasmo, depressão respiratória, apnéia.>>>>

>      >>>Rubor, >rash >cutâneo, urticária, edema de face, reação alérgica, troboflebite.>>>>

>      >>>Hipotermia associa-se a dose elevada do fármaco.>>>>

>>> >>>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>5,10>>>>>>>>

>      >>>Aumento de efeito de tiopental: benzodiazepínicos, analgésicos opióides, metoclopramida, acetazolamida, amilorida, atenolol, clorpromazina, enalapril, furosemida, hidroclorotiazida.>>>>

>>> >>>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>1,4,5>>>>>>>>

>      >>>Alertar para, em caso de alta no período de 24 horas após o procedimento, a necessidade de ser acompanhado até a residência, evitar dirigir, operar máquinas ou praticar qualquer atividade que necessite atenção.>>>>

>      >>>Reforçar para evitar o uso de bebida alcoólica e de outros depressores do SNC no período de 24 horas.>>>>

>      >>>Notificar em caso de tontura, sonolência, tosse ou espirros freqüentes.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>4-6,9,13>>>>>>>>>

>      >>>A solução de 25 mg/mL deve ser preparada pela adição de 40 mL de água estéril a ampolas com 1 g de tiopental.>>>>

>      >>>É estável em temperatura ambiente e deve ser armazenado em embalagem hermética.>>>>

>      >>>Após a reconstituição, é estável por até 7 dias, se mantido em embalagem hermética sob refrigeração ou deverá ser usado em 24 horas.>>>>

>      >>>Não deve ser mantido em bolsas de infusão ou material plástico do tipo cloreto de polivinil.>>>>

>      >>>A solução deve ser preparada com água estéril para injeção, cloreto de sódio 0,9% ou dextrose 5% como diluentes.>>>>

>      >>>A solução preparada com dextrose é menos estável devido à acidez.>>>>

>      >>>Soluções preparadas com água que tiverem concentração inferior a 2% não devem ser usadas, pois são hipotônicas e podem resultar em hemólise..>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal