FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cloridrato de Clomipramina

Última revisão: 02/05/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>>Cloridrato de Clomipramina>>>>>

>>> >>>

>>Isabella Campagnuci Knust>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: itens 12.2 e 12.5>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Comprimido 10 e 25 mg.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1,4-6,8>>>>>>>>

>      >>>Tratamento de distúrbios do pânico, associado ou não a agorafobia.>>>>

>      >>>Tratamento de transtorno obsessivo-compulsivo.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1,4-6,8>>>>>>>>

>      >>>Distúrbios da condução cardíaca e infarto do miocárdio recente.>>>>

>      >>>Insuficiência hepática.>>>>

>      >>>Hipersensibilidade ao fármaco ou a outros antidepressivos tricíclicos.>>>>

>      >>>Fase maníaca do transtorno bipolar.>>>>

>      >>>Uso de inibidores da MAO nos últimos 14 dias.>>>>

>      >>>Crianças com menos de 10 anos.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>1,4,5,8>>>>>>>>

>      >>>A dose diária deve ser administrada após as refeições.>>>>

>      >>>Nos distúrbios obsessivo-compulsivos, a suspensão deve ser gradual (25% da dose a cada 2 meses).>>>>

>      >>>O início de efeito é lento, podendo ocorrer nos primeiros dias uma piora do quadro.>>>>

>      >>>Para o sucesso do tratamento, é importante informar ao paciente sobre a latência de efeito. Benzodiazepínicos podem ser empregados concomitantemente nas primeiras semanas, durante a latência do antidepressivo.>>>>

>      >>>Cautela em cardiopatas, nefropatas, epilépticos, idosos, portadores de hipertrofia prostática, hipertireoidismo, glaucoma, asma, alcoolismo e em pessoas com idéias suicidas ou distúrbios da cognição.>>>>

>      >>>Em feocromocitoma, psicoses e uso concomitante com anestésicos risco de potencializar arritmias e hipotensão.>>>>

>      >>>Lactação.>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): C. (ver apêndice A).>>>>

>> >>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>5,6,8>>>>>>>>

>Adultos>>

>>Em Distúrbio do Pânico>>>>>>>

>      >>>5-10 mg/dia, por via oral, com aumento de 10 mg a cada três dias, até 50 mg.>>>>

>      >>>Após, incremento de 25 mg até o máximo de 75 mg/dia.>>>>

>      >>>A administração costuma ser em dose única diária.>>>>

>>> >>>>

>>Em Distúrbio Obsessivo-compulsivo e Ansiedade>>>>>>>

>      >>>25 mg/dia, por via oral, em dose única. Aumentar, ao cabo de duas semanas, para 100-150 mg/dia.>>>>

>>> >>>>

>Idosos>>

>>Ambas as Indicações>>>>>>>

>      >>>Iniciar com 10 mg/dia, por vai oral, em dose única. Aumentar, ao cabo de duas semanas, para 100-150 mg/dia.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>5>>>>>>>>

>      >>>Absorção oral variável, mas não sofre interferência da alimentação.>>>>

>      >>>Meia-vida: 20 a 30 horas.>>>>

>>> >>>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1,4,5,8>>>>>>>>

>      >>>Sedação (acima de 10%), tontura (acima de 10%), insônia (acima de 10%), cefaléia (acima de 10%), nervosismo (acima de 10%), fadiga (acima de 10%), tremor (acima de 10%), mioclonia (acima de 10%), anorexia (acima de 10%), hipotensão ortostática (1% a 10%), diminuição do limiar convulsivo (1% a 10%), discinesias e síndrome parkinsoniana (1% a 10%), depressão medular (abaixo de 1%), convulsões (abaixo de 1%), disartria(1% a 10%), hipomnesia (1% a 10%), tremores finos de extremidade (1% a 10%).>>>>

>      >>>Diminuição da libido (acima de 10%).>>>>

>      >>>Secura na boca (acima de 10%).>>>>

>      >>>Aumento do apetite (acima de 10%), ganho de peso (acima de 10%), dispepsia (acima de 10%), constipação (acima de 10%), náusea (acima de 10%), diarréia (1% a 10%), vômito (1% a 10%).>>>>

>      >>>Sudorese (acima de 10%).>>>>

>      >>>Taquicardia (1% a 10%), palpitação (1% a 10%).>>>>

>      >>>>Rash>>, dermatite, prurido (1% a 10%), fotossensibilidade (abaixo de 1%).>>>>

>      >>>Retenção urinária (1% a 10%).>>>>

>      >>>Visão borrada (1% a 10%), dor ocular (1% a 10%).>>>>

>      >>>Ginecomastia (abaixo de 1%), galactorréia (abaixo de 1%).>>>>

>      >>>Alopecia (abaixo de 1%).>>>>

>      >>>Alteração da função hepática.>>>>

>>> >>>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>1,4-6,8>>>>>>>>

>      >>>A associação com inibidor da MAO deve ser evitada, pelo risco de crises de hipertensão, hiperpirexia, convulsões, coma e até mesmo morte.>>>>

>      >>>Os efeitos da clomipramina podem ser diminuídos por carbamazepina, fenitoína e barbitúricos, por aumento do catabolismo.>>>>

>      >>>Os efeitos da clomipramina podem aumentar por uso concomitante com neurolépticos, fluoxetina, cimetidina (aumento da biodisponibilidade).>>>>

>      >>>Efeitos anticolinérgicos podem ser acentuados com uso concomitante de anti-histamínicos H1, antiparkinsonianos e neurolépticos.>>>>

>      >>>Diuréticos aumentam o risco de hipotensão postural.>>>>

>      >>>Quinidina, procainamida, formoterol, gatifloxacino aumentam sua cardiotoxicidade.>>>>

>      >>> aumento do risco de toxicidade com o lítio.>>>>

>      >>>Aumenta o efeito anticoagulante de varfarina.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>1,4,5,8>>>>>>>>

>      >>>Orientar para evitar uso de bebidas alcoólicas.>>>>

>      >>>Recomendar a ingestão após a alimentação para prevenir irritação gástrica.>>>>

>      >>>Alertar em relação à demora para o início da resposta terapêutica.>>>>

>      >>>Alertar que pode afetar a capacidade de realizar atividades que exigem atenção e coordenação motora como operar máquinas e dirigir.>>>>

>      >>>Orientar para informar se houver mudança na freqüência cardíaca e a levantar-se mais lentamente para evitar hipotensão ortostática.>>>>

>      >>>Alertar para não suspender o uso de maneira repentina.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>4,8>>>>>>>>

>      >>>Conservar em temperaturas entre 15-30°C, em recipientes bem fechados e ao abrigo da luz.>>>>

>> >>>

>>ATENÇÃO: os efeitos terapêuticos podem demorar de 15 a 21 dias para se manifestar. Monitorização contínua de pressão arterial e freqüência cardíaca nas semanas iniciais. Não informação quanto à eficácia e segurança em crianças e adolescentes.>>>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal