Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Hidrocortisona

Última revisão: 23/07/2010

Comentários de assinantes: 0

Hidrocortisona (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre posologia, indicações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas e formas de administração.

 

REFERÊNCIA

SOLU-CORTEF (Pfizer).

 

GENÉRICO

Apresentações assinaladas com G

 

SIMILAR

FLEBOCORTID (Aventis); CORTISONAL (União Química). Succinato sódico de Hidrocortisona equivalente a Hidrocortisona.

 

USO INJETÁVEL

Injetável (pó) 50 mg

FLEBOCORTID; G

 

Injetável (pó) 100 mg

FLEBOCORTID; G

 

Injetável (pó) 500 mg

SOLU-CORTEF; G

 

Armazenagem Antes de Aberto

Temperatura ambiente (15 - 30°C).

 

O QUE É

A Hidrocortisona é um anti-inflamatório; imunossupressor [corticosteroide; glicocorticoide; cortisol; anti-inflamatório esteroide; succinato de Hidrocortisona].

 

PARA QUE SERVE

Asma brônquica; colite ulcerativa; doença do colágeno; edema angioneurótico (angioedema); inflamação grave; insuficiência supra-renal; pênfigo; reação alérgica grave.

 

COMO AGE

A Hidrocortisona deprime a formação, liberação e atividade de mediadores endógenos da inflamação (prostaglandinas, cininas, histamina e enzimas). Modifica também a resposta imunológica.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

Hidrocortisona (pó) 50 mg – Via Intramuscular

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL.

Estabilidade após reconstituição com Água Bacteriostática para Injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

Hidrocortisona (pó) 50 mg – Via Intravenosa Direta

         RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL. 

Estabilidade após reconstituição com Água Bacteriostática para Injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 30 segundos a 10 minutos.

 

Hidrocortisona (pó) 50 mg – Infusão Intravenosa

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL

Estabilidade após reconstituição com Água Bacteriostática para Injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias. Usar apenas se estiver límpida.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Volume: para se obter uma concentração de 0,1 a 1 mg/mL

 

Estabilidade após diluição: temperatura ambiente (15 – 30ºC): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

TEMPO DE INFUSÃO: 20 a 30 minutos.

 

Hidrocortisona (pó) 100 mg – Via Intramuscular

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL

Estabilidade após reconstituição com Água Bacteriostática para Injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

Hidrocortisona (pó) 100 mg – Via Intravenosa Direta

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL

Estabilidade após reconstituição com Água Bacteriostática para Injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 30 segundos.

 

Hidrocortisona (pó) 100 mg – Infusão Intravenosa

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%; Volume: para se obter uma concentração de 0,1 a 1 mg/mL

Estabilidade após diluição: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

TEMPO DE INFUSÃO: 20 a 30 minutos.

 

Hidrocortisona (pó) 500 mg – Via Intramuscular

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL.

Estabilidade após reconstituição com Água Bacteriostática para Injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

Hidrocortisona (pó) 500 mg – Via Intravenosa Direta

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL.

Estabilidade após reconstituição com água bacteriostática para injeção: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 10 minutos.

 

Hidrocortisona (pó) 500 mg – Infusão Intravenosa

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Bacteriostática para Injeção.

Volume: 2 mL. 

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Volume: para se obter uma concentração de 0,1 a 1 mg/mL.

Estabilidade após diluição: temperatura ambiente (15 - 30°C): 3 dias, proteger da luz. Usar apenas se estiver límpida.

 

TEMPO DE INFUSÃO: 20 a 30 minutos.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

Doses em termos de Hidrocortisona.

 

Adultos

Hidrocortisona (succinato sódico) (via intramuscular ou intravenosa)

Inicialmente 100 a 500 mg; repetir, se necessário, cada 2 a 6 horas. O tempo de administração intravenosa deve ser de 30 segundos para 100 mg, ou 10 minutos para 500 mg.

Se houver necessidade de dose diária de manutenção, ela não deve ser inferior a 25 mg.

 

Crianças

Hidrocortisona (succinato sódico)

      insuficiência supra-renal (via intramuscular ou intravenosa): 0,20 a 0,28 mg por kg de peso por dia, divididos em 3 aplicações.

      outras indicações (via intramuscular): 0,7 a 4 mg por kg de peso cada 12 ou 24 horas.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classe C: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais ocorreram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.

 

Amamentação

A Hidrocortisona é excretada no leite. Não amamentar quando do uso de altas doses.

 

Não Usar o Produto

Histórico de hipersensibilidade a corticosteroides ou aos componentes da formulação; tratamento de neurite óptica (maior risco de novos episódios).

 

Avaliar Riscos X Benefícios

Tuberculose pulmonar ativa ou latente (pode agravar ou reativar); paciente com infecção ocular por herpes simplex.

 

Reações Mais Comuns (ocorrem em pelo menos 10 % dos pacientes)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: euforia; insônia.

GASTRINTESTINAL: úlcera no estômago.

 

Atenção com Outros Produtos

A Hidrocortisona:

 

      pode aumentar os riscos de ulceração gastrintestinal ou hemorragia com: aspirina; indometacina; outros analgésicos não esteroides.

      pode ter sua ação diminuída por: barbitúricos; carbamazepina; fosfenitoína; fenitoína; rifampicina; indutores das enzimas hepáticas.

      pode aumentar a toxicidade de: ciclosporina.

      pode aumentar os riscos de reações adversas de: vacinas de vírus vivos ou outras imunizações.

      pode aumentar (e às vezes diminuir) a ação de: anticoagulantes orais.

      pode agravar a queda de potássio no sangue com: medicamentos não poupadores de potássio, como os tiazídicos; anfotericina B (injetável); inibidores da anidrase carbônica.

      pode aumentar os níveis de glicose, podendo exigir acertos de doses de: antidiabéticos orais; insulina.

      pode aumentar os riscos de arritmias e toxicidade digitálica com: digitálicos.

      pode diminuir a ação de: diuréticos; salicilatos.

      pode aumentar os riscos de edemas e aumento da pressão sanguínea com: medicamentos ou alimentos contendo sal.

      pode (se usado por longo prazo) diminuir a ação de crescimento de: somatrem; somatropina.

      pode sofrer alteração do seu metabolismo com: mitotano.

      pode dificultar a ação de: suplementos de potássio.

      pode causar edema pulmonar em gestantes com: ritodrina.

 

OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

      não interromper o tratamento sem orientação médica.

      evitar imunizacões (vacinas) enquanto sob o uso do produto.

      checar periodicamente: altura; peso; sangue (função hematopoiética, eletrólitos, tolerância à glicose); pressão ocular e do sangue; função da supra-renal (em casos de uso prolongado ou de doses altas); perda óssea; sangue oculto nas fezes.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal