Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Metilprednisolona

Última revisão: 30/07/2010

Comentários de assinantes: 0

Metilprednisolona (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre posologia, indicações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas e formas de administração.

 

REFERÊNCIA

DEPO-MEDROL (Pfizer); SOLU-MEDROL (Pfizer).

 

GENÉRICO

Não

 

SIMILAR

PREDMETIL (Eurofarma).

 

ACETATO DE METILPREDNISOLONA

Uso Injetável

Injetável (solução) 80 mg/2 mL

DEPO-MEDROL

 

SUCCINATO DE METILPREDNISOLONA EQUIVALENTE A PREDNISOLONA

Uso Injetável

Injetável (pó) 40 mg + Diluente

SOLU-MEDROL

 

Injetável (pó) 125 mg + Diluente

SOLU-MEDROL

 

Injetável (pó) 500 mg + Diluente

SOLU-MEDROL

 

Armazenagem Antes de Aberto

Temperatura controlada entre 20 e 25°C.

Proteção à luz: sim, necessária.

 

SUCCINATO DE METILPREDNISOLONA EQUIVALENTE A PREDNISOLONA

Uso Injetável

Injetável (pó) 125 mg + Diluente

SOLU-MEDROL

 

Injetável (pó) 500 mg + Diluente

SOLU-MEDROL

 

Armazenagem Antes De Aberto

Temperatura controlada entre 20 e 25°C.

Proteção à luz: sim, necessária.

 

O QUE É

A Metilprednisolona é um anti-inflamatório; imunossupressor [corticosteroide; glicocorticoide; anti-inflamatório esteroide; acetato de Metilprednisolona; succinato de Metilprednisolona].

 

PARA QUE SERVE

Inflamação; imunossupressão.

 

COMO AGE

A Metilprednisolona deprime a formação e a atividade de mediadores endógenos da inflamação. A resposta imunológica também é modificada.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

Acetato de Metilprednisolona

ATENÇÃO: apenas por via intramuscular

 

1.    Metilprednisolona 40 mg/2 mL (ACETATO DE Metilprednisolona) – VIA INTRAMUSCULAR

Agitar bem.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

(doses em termos de Metilprednisolona)

 

Adultos

10 a 80 mg, cada 1 ou 2 semanas.

 

Succinato de Metilprednisolona

1.    Metilprednisolona 125 mg (SUCCINATO DE Metilprednisolona) – VIA INTRAMUSCULAR

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: acompanha o produto.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

2.    Metilprednisolona 500 mg (SUCCINATO DE Metilprednisolona) – VIA INTRAMUSCULAR

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: acompanha o produto.

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

3.    Metilprednisolona 125 mg (SUCCINATO DE Metilprednisolona) – VIA INTRAVENOSA DIRETA

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: acompanha o produto.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: acima de 1 min.

 

4.    Metilprednisolona 500 mg (SUCCINATO DE Metilprednisolona) – VIA INTRAVENOSA DIRETA

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: acompanha o produto.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: acima de 1 min.

 

5.    Metilprednisolona 125 mg (SUCCINATO DE Metilprednisolona) – INFUSÃO INTRAVENOSA

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: acompanha o produto.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Volume: 50 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio ou Glicose 5%: temperatura entre 20ºC a 25ºC: 48h; protegido da luz.

 

TEMPO DE INFUSÃO: acima de 30 min.

 

6.    Metilprednisolona 500 mg (SUCCINATO DE Metilprednisolona) – INFUSÃO INTRAVENOSA

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: acompanha o produto.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Volume: 50 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio ou Glicose 5%: temperatura entre 20ºC a 25ºC: 48h; protegido da luz.

 

TEMPO DE INFUSÃO: acima de 30 minutos.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

(doses em termos de Metilprednisolona)

 

Adultos

Iniciar com 10 a 40 mg, via intravenosa, lentamente (acima de 1 minuto). Dar doses subsequentes, aplicadas por via intramuscular ou intravenosa.

 

Crianças

0,5 a 1,7 mg por kg de peso corporal a cada 24 horas.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classe C: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais ocorreram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez.

 

Amamentação

Excretado no leite. Amamentação não é recomendada quando utilizadas altas doses.

 

Não Usar o Produto

Histórico de hipersensibilidade a corticosteroides ou aos componentes da formulação; tratamento de neurite óptica (maior risco de novos episódios).

 

Avaliar Riscos X Benefícios

Tuberculose pulmonar ativa ou latente (pode agravar ou reativar); paciente com infecção ocular por herpes simplex.

 

REAÇÕES MAIS COMUNS (ocorrem em pelo menos 10 % dos pacientes):

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: euforia; insônia.

GASTRINTESTINAL: úlcera no estômago.

 

Atenção com Outros Produtos

A Metilprednisolona:

 

      pode aumentar os riscos de reações adversas gastrintestinais com: ácido acetilsalicílico; indometacina; outros analgésicos não-esteroide.

      pode ter sua ação diminuída por: barbitúricos; carbamazepina; fenitoína; rifanpicina; indutores das enzimas hepáticas.

      pode aumentar o risco de toxicidade de: ciclosporina.

      pode ter sua ação aumentada por: cetoconazol; antibióticos macrolídeos.

      pode aumentar (e às vezes diminuir) a ação de: anticoagulantes.

      pode agravar a queda de potássio no sangue com: medicamentos não poupadores de potássio como os diuréticos tiazídicos; anfotericina B (injetável); inibidores da anidrase carbônica.

      pode diminuir a ação de: diuréticos; salicilatos.

      pode aumentar os riscos de reações adversas de: vacinas de vírus vivos ou outras imunizações.

      pode aumentar os níveis de glicose, pode exigir acertos de doses de: antidiabéticos orais; insulina.

      pode aumentar os riscos de arritmias e toxicidade digitálica com: digitálicos.

      pode aumentar os riscos de edemas e aumento da pressão sanguínea com: medicamentos ou alimentos contendo sal.

      pode (se usado por longo prazo) diminuir a ação de crescimento de: somatrem; somatropina.

      pode sofrer alteração do seu metabolismo com: mitotano.

      pode dificultar a ação de: suplementos de potássio.

      pode causar edema pulmonar em gestantes com: ritodrina.

 

OUTRAS CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES

      não interromper o tratamento sem orientação médica.

      evitar imunizacões (vacinas) enquanto sob o uso do produto.

      checar periodicamente: altura; peso; sangue (função hematopoiética, eletrolítos, tolerância à glicose); pressão ocular e do sangue; função da supra-renal (em casos de uso prolongado ou de doses altas); perda óssea; sangue oculto nas fezes.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal