Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Benzocaína

Benzocaína (substância ativa)

 

O que é

anestésico local; anestésico mucoso [éster do ácido para-aminobenzoico (PABA); anestésico local tipo éster].

 

Para que serve

anestesia local; (mucosas e cavidade oral); lesão ulcerosa da boca.

 

Como age

impede a geração e transmissão de impulsos ao longo das fibras e terminações nervosas.

 

Como se usa

•doses em termos de Benzocaína.

•apresentado frequentemente associado a outros ingredientes ativos.

•veja instruções de uso dos fabricantes.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

C (ver classificação página 8)

 

Amamentação

Não se sabe se é eliminado no leite; problemas não documentados.

 

Não usar o produto

Criança com menos de 2 anos de idade (a menos que haja acompanhamento profissional estrito – ver Outras Condiderações Importantes); hipersensibilidade a Benzocaína ou a outro anestésico local do tipo éster; queimadura grave no local a ser tratado.

 

Avaliar riscos x Benefícios

infecção no local do tratamento; traumatismo grave da mucosa bucal.

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Dermatológico

Coceira; erupção na pele; inchaço; irritação local; queimação; picada; vermelhidão da pele.

 

Outras considerações importantes:

ATENÇÃO: a Benzocaína pode desencadear um problema denominado metahemoglobinemia, que é uma reação adversa grave e potencialmente fatal associada a produtos contendo Benzocaína, como sprays para uso na boca e garganta e a géis e líquidos utilizados para alívio da dor em condições como surgimento da dentição, aftas, irritacão da boca e gengiva. Paciente com metahemoglobinemia pode apresentar: cor pálida, cinza ou azulada na pele, lábios e unhas; sensação de queda iminente; respiração curta; fadiga; e aumento dos batimentos do coração. A metahemoglobinemia pode ocorrer após minutos ou horas da aplicação de Benzocaína e pode ocorrer mesmo na primeira aplicação; é mais comum em crianças abaixo de 2 anos de idade ou em jovens.

 

Benzocaína – associações (ver orientações do fabricante)

ALBICON – antisséptico bucofaríngeo – pó. Cada 1 g contém: Benzocaína 0,0060 g + bicarbonato de sódio 0,6615 g + cloreto de potássio 0,110 g + borato de sódio 0,2225 g. Chiesi.

CEPACAÍNA – antisséptico bucofaríngeo – garganta irritada – pastilha (Benzocaína 10 mg + cloreto de cetilpiridínio 1,466 mg). Sanofi-Aventis.

CEPACAÍNA – colutório – antisséptico bucofaríngeo – garganta irritada – solução. Cada 15 mL contém: Benzocaína 60 mg + cloreto de cetilpiridínio 7,5 mg. Sanofi-Aventis.

CEPACAÍNA – colutório – antisséptico buco-faríngeo – garganta irritada – spray. Cada 15 mL contém: Benzocaína 60 mg + cloreto de cetilpiridínio 7,5 mg. Sanofi-Aventis.

COLUBIAZOL – colutório – antisséptico bucofaríngeo – garganta irritada – spray. Cada 20 mL contém: Benzocaína 0,20 g + carboxisulfamidocrisoidina 1 g. Sanofi-Aventis.

DEQUADIN – antisséptico bucofaríngeo – garganta irritada – pastilha (Benzocaína 5 mg + cloreto de dequalinio 0,25 mg).

FMQ. GINGILONE – antisséptico bucofaríngeo – garganta irritada – pomada bucal (Benzocaína + neomicina + hidrocortisona + troxerrutina). Farmasa.

MALVONA – antisséptico buçofaríngeo – garganta irritada – pastilha/ solução oral (Benzocaína + cetilpiridínio + cloreto de sódio + borato de sódio). Daudt

 

 

REMÉDIOS COM BENZOCAÍNA EM SUA COMPOSIÇÃO

Albicon
Cepacaina
Claudemor
Dequadin
Filogargan
Larintil
Neopiridin
Predmicin
Sanilin
Senol
Silencium Pastilhas
Solarcaine
Tonsildrops
Traumac

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal