Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Diclofenaco oral injetável retal

DICLOFENACO (ORAL; INJETÁVEL; RETAL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Referência

ARTREN (Merck); CATAFLAM (Novartis); CATAFLAM D (Novartis); FLODIN DUO (Zodiac); FLOTAC (Novartis); VOLTAREN (Novartis); VOLTAREN RETARD (Novartis); VOLTAREN SR (Novartis)

 

Genérico

Apresentações assinaladas com G

 

Similar

BENEVRAN (Legrand); BIOFENAC (Aché); BIOFENAC DI (Aché); BIOFENAC CLR (Aché); BIOFENAC LP (Aché); FENAREN (União Química); FLOGAN (Merck); VOLTAFLEX (EMS); VOLTAFLEX AP (EMS); ZOTAC (Neo Química)

 

Diclofenaco sódico

Uso oral

Comprimido 50 mg

VOLTAREN; G

 

Comprimido 100 mg

G

 

Cápsula 100 mg

ARTREN (c/10); G

 

Comprimido de liberação prolongada 75 mg

VOLTAREN SR

 

Comprimido de liberação prolongada 100 mg

VOLTAREN RETARD; G

 

Uso retal

Supositório 50 mg

VOLTAREN

 

Uso injetável

Injetável (solução) 75 mg/3 mL

VOLTAREN; G

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

 

Diclofenaco potássico

Uso oral

Comprimido 50 mg

CATAFLAM D; G

 

Drágea 50 mg

CATAFLAM; G

 

Suspensão oral 2 mg/mL

 CATAFLAM

 

Uso retal

Supositório 75 mg

CATAFLAM

 

Uso injetável

Injetável (solução) 75 mg/3 mL

CATAFLAM

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

 

Diclofenaco resinato

Uso oral

Suspensão oral gotas 15 mg/1 mL

CATAFLAM; G

 

Diclofenaco colestiramina

Uso oral

Cápsula 70 mg

FLOTAC; G

 

O que é

Anti-inflamatório; antirreumático; analgésico; antigotoso; antidismenorréico; antienxaquecoso [ácido fenilacético (derivado); anti-inflamatório não esteroide].

 

Para que serve

Artrite reumatoide; gota (crise aguda); dor (leve a moderada); enxaqueca (supressor da); espondilartrite; espondilite anquilosante; inflamação pós-traumática; artrose (osteoartrite; osteoartrose); reumatismo não articular.

 

Como age

Os anti-inflamatórios não esteroides, de um modo geral, inibem a atividade da enzima ciclo-oxigenase (COX), levando a uma diminuição da síntese de prostaglandinas. Parte da ação anti-inflamatória é justificada por essa diminuição das prostaglandinas nos tecidos inflamados; a ação analgésica também se deve em parte a essa diminuição da atividade das prostaglandinas; a ação antitérmica por ação central no centro hipotalâmico de regulação do calor; as ações anti-reumática e antigotosa por mecanismos anti-inflamatórios e analgésicos (não há estimulação do eixo hipófise-suprarrenal e nem ação corretora da hiperuricemia).

 

Como se usa

USO ORAL - DOSES

     doses em termos de diclofenaco sódico, diclofenaco potássico ou diclofenaco resinato.

     com alimento.

     tomar com 1 copo de água; não deitar nos 30 minutos após a tomada (para diminuir risco de irritação gastrintestinal).

 

ADULTOS E ADOLESCENTES ACIMA DE 14 ANOS

     comprimidos ou drágeas: iniciar com 100 a 150 mg por dia, em doses divididas a cada 8 ou 12 horas. A dose máxima diária é de 200 mg.

     comprimidos de ação prolongada: 100 mg por dia, em dose única.

     gotas: 0,5 a 2 mg por kg de peso corporal por dia, divididos em 2 ou 3 tomadas.

 

USO RETAL (via ânus) - DOSES

     doses em termos de diclofenaco sódico ou diclofenaco potássico.

     os supositórios não devem ser usados em crianças menores de 14 anos, nem por mulheres grávidas ou pacientes com proctite.

 

ADULTOS E ADOLESCENTES ACIMA DE 14 ANOS

     50 mg, 3 vezes por dia. Não ultrapassar 150 mg por dia.

 

USO INJETÁVEL

     não usar a forma injetável por mais de 2 dias (continuar o tratamento com outras formas de apresentação do produto).

     não aplicar o produto em gestantes.

 

DICLOFENACO (solução) 75 mg/3 mL – VIA INTRAMUSCULAR

     Administração: em adultos e adolescentes, nas nádegas (quadrante superior externo)

 

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de diclofenaco sódico ou diclofenaco potássico.

 

ADULTOS E ADOLESCENTES ACIMA DE 14 ANOS

     75 mg por dia. Excepcionalmente, após algumas horas, aplicar mais 75 mg na outra nádega. Nas cólicas renais, a 2ª injeção pode ser feita decorridos apenas 30 minutos em relação à 1ª aplicação.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C. Anti-inflamatórios não esteroides não são recomendados na segunda metade da gravidez pela possibilidade de defeitos circulatórios no feto e aumento do tempo de gestação.

 

Amamentação

Eliminado no leite. Problemas não documentados.

 

Não usar o produto

Alergia ao produto, a ácido acetilsalicílico ou a anti-inflamatório não esteroide; segunda metade da gravidez (possibilidade de defeitos circulatórios no feto e aumento do tempo de gestação); criança (segurança e eficácia não foram estabelecidas); na preparação para cirurgia coronariana (bypass).

USO RETAL (não usar em): hemorroida; lesão inflamatória no ânus ou no reto (lesão presente ou histórico de); sangramento retal.

 

Avaliar riscos x benefícios

Doença gastrintestinal, histórico de doença ulcerativa péptica, uso concomitante com anticoagulante ou corticosteroide, alcoolismo ativo ou fumante (risco de efeito gastrintestinal grave); hemofilia ou outro problema de sangramento (risco maior de sangramento); lúpus eritematoso sistêmico (risco de grave reação no sistema nervoso central e rins); idoso (mais propenso a reação adversa); anemia ou asma (pode agravar); insuficiência hepática.

Maior risco de toxicidade renal em: paciente (principalmente idoso) com: função renal diminuída, insuficiência cardíaca, disfunção hepática ou desidratação; recebendo diurético, inibidor da ECA ou antagonista dos receptores de angiotensina II.

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes):

GASTRINTESTINAL: náusea.

GENITURINÁRIO: problema nos rins.

 

Atenção com outros produtos

O diclofenaco:

 

     pode aumentar o risco de efeitos adversos gastrintestinais com: ácido acetilsalicílico; outro anti-inflamatório não esteroide.

     pode aumentar o risco de sangramento com: anticoagulante.

     pode diminuir a ação de: anti-hipertensivo (beta-bloqueador); diurético (particularmente o triantereno).

     pode aumentar a ação de: antidiabético oral; insulina.

     pode aumentar a intolerância à luz com: medicamento fotossensibilizante.

     pode aumentar a concentração e o risco de toxicidade de: digitálico, ciclosporina; lítio; metotrexato.

     pode ter sua ação diminuída por: ácido acetilsalicílico.

     pode causar aumento da concentração sérica de potássio com: diurético poupador de potássio.

     pode aumentar o risco de efeitos adversos renais com: ciclosporina.

     pode aumentar o risco de sangramento com: anticoagulante oral; heparina; agente trombolítico (alteplase, anisteplase, estreptoquinase, uroquinase); cefamandol; cefoperazona; cefotetano; plicamicina; ácido valpróico.

     pode ter sua ação aumentada por: probenecida.

 

Outras considerações importantes

     não ingerir bebida alcoólica (risco de ulceração).

     cuidado com cirurgias (aumenta risco de sangramento).

     evitar exposição ao sol (risco de sensibilidade).

     não associar com outro anti-inflamatório não esteroide ou com analgésico, a menos que justificado pelo médico.

     medir transaminases periodicamente em paciente recebendo diclofenaco a longo prazo.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal