FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Dimercaprol

Dimercaprol

(Injetável) (substância ativa)

Referência: Dimercaprol (Sanofi-Aventis)

Genérico: não

 

Uso injetável

Injetável (solução) 100 mg/1 mL: Dimercaprol

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

 

O que é

antídoto [ditioglicerol; quelante].

 

Para que serve

intoxicação por arsênico; intoxicação por mercúrio; intoxicação por ouro.

 

Como age

por quelação (formando complexos insolúveis), promove excreção (pela urina e fezes) de metais pesados.

 

Como se usa

Uso injetável – Preparação

Dimercaprol 100 mg/1 mL - Via intramuscular administração: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo).

 

Uso injetável – doses

• doses em termos de Dimercaprol.

Adultos

intoxicação grave (por ouro ou arsênico): 3 mg por kg de peso cada 4 horas, durante 2 dias. No terceiro dia, 3 mg por kg de peso, 4 vezes no dia. Nos 10 dias a seguir, 3 mg por kg de peso, 2 vezes por dia.

intoxicação leve (por ouro ou arsênico): 2,5 mg por kg de peso cada 6 horas, por 2 dias. Nos 10 dias a seguir, 2,5 mg por kg de peso cada12 horas.

intoxicação por mercúrio: 3 a 5 mg por kg de peso cada 4 horas, durante 2 dias. A seguir, durante 2 dias, 2,5 a 3 mg por kg de peso cada 6 horas. Nos 7 dias subsequentes, 3 a 5 mg por kg de peso cada 12 horas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite. Problemas não documentados, mas recomenda-se cautela.

 

Não usar o produto

alergia ao produto; intoxicação por ferro, cádmio, selênio, prata ou urânio; intoxicação por mercúrio; diminuição da função do fígado; icterícia devido exposição ao arsênico.

 

Avaliar riscos x Benefícios

diminuição da função dos rins; oligúria; hipertensão; deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase.

 

Reações que podem ocorrer (sem incidência definida):

Sistema nervoso central: ansiedade; febre; dor de cabeça; nervosismo.

Cardiovascular: pressão alta; aumento dos batimentos do coração; dor no peito.

Dermatológico: abscesso.

Gastrintestinal: dor abdominal; sensação de queimação (lábios, boca e garganta); náusea; salivação; vômito; sensação de estreitamento, irritação ou dor na garganta.

Local da injeção: dor.

Musculoesquelético: sensação anormal de queimação, formigamento ou agulhadas ao toque; fraqueza.

Oftálmico: contrações das pálpebras; lacrimejamento; conjuntivite.

Respiratório: corrimento nasal.

Outros: suores.

 

Atenção com outros produtos.

O dimercaprol

• forma complexos tóxicos com: ferro; cádmio; selênio; urânio.

 

Outras considerações importantes:

•acompanhar os sinais vitais do paciente e manter a urina alcalinizada para evitar insuficiência renal.

•o produto deixa um odor forte de alho na pele.

•este produto deve ser utilizado em Centros Especializados de Controle de Intoxicações.

REMÉDIOS COM DIMERCAPROL EM SUA COMPOSIÇÃO

Dimercaprol

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal