FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Disopiramida

DISOPIRAMIDA (ORAL) (nome génerico) (substância ativa)

 

Marca comercial

DICORANTIL F (Sanofi–Aventis)

Genérico

Não

 

Fosfato de DISOPIRAMIDA equivalente a DISOPIRAMIDA

Uso oral

Cápsula 250 mg

DICORANTIL F

 

O que é

Antiarrítmico [bloqueador dos canais de sódio e potássio; antiarrítmico classe Ia].

 

Para que serve

Arritmia ventricular (com risco de vida); taquicardia supraventricular (fibrilação atrial; flutter atrial) (prevenção e tratamento).

 

Como age

Bloqueando os canais de sódio e potássio das células cardíacas, deprime a fase 0 da despolarização e prolonga a duração do potencial de ação (na classificação de Vaughan Willians: classe I A). Prolonga o intervalo QT e alarga o complexo QRS. Tem ainda um efeito inotrópico negativo (deprime acentuadamente a contratilidade miocárdica) e uma potente atividade anticolinérgica. Absorção: rápida e praticamente completa. Biotransformação: no fígado (metabólito primário tem ações antiarrítmica e anticolinérgica). Concentração máxima: 2 horas após administração oral. Concentração terapêutica no soro: 2 a 4 mcg por mL. Eliminação: urina (80%, 50% como DISOPIRAMIDA e 30% como metabólitos); bile/fezes (15%).

 

Como se usa

USO ORAL - DOSES

     doses em termos de DISOPIRAMIDA.

 

Adultos

     100 a 200 mg cada 6 horas, geralmente ficando em 150 mg cada 6 horas. Pacientes com menos de 50 kg: 100 mg cada 6 horas.

     limite de dose para adultos: 800 mg por dia.

 

IDOSOS: podem ser mais sensíveis às doses usuais de adultos.

 

PACIENTE COM DIMINUIÇÃO DA FUNÇÃO RENAL (dose em função do clearance de creatinina expresso em mL por minuto): clearance maior que 40 mL (100 mg cada 6 horas); entre 30 e 40 (100 mg cada 8 horas); entre 15 e 30 (100 mg cada 12 horas); menor que 10 (100 mg cada 24 horas).

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

Eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

Bloqueio atrioventricular de 2º ou 3º grau (pré-existente, a menos que o paciente tenha marcapasso artificial); choque cardiogênico; arritmia leve (não recomendado).

 

Avaliar riscos x benefícios

Criança (segurança e eficácia não estabelecidas); arritmia ventricular (utilizar apenas em pacientes com arritmia que tenha risco de vida); retenção urinária pré-existente (utilizar apenas se medidas corretivas e paliativas estiverem sendo implementadas); história familiar de glaucoma do ângulo fechado (utilizar apenas se terapia colinérgica for administrada); miastenia grave (pode precipitar crise miastênica); hipotensão (descontinuar ou diminuir a dose); insuficiência cardíaca congestiva não compensada ou pouco compensada (usar apenas se a insuficiência cardíaca permanecer após terapia padrão); insuficiência cardíaca congestiva (se ocorrer, descontinuar a droga); bloqueio atrioventricular de 1º grau (diminuir a dose); aumento do complexo QRS (descontinuar se o aumento for de 25-50%); prolongamento do complexo QT (descontinuar); síndrome do nódulo sinusal; síndrome de Wolff-Parkinson-White; bloqueio de ramo; insuficiência renal ou hepática (diminuição da dose).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: agitação.

CARDIOVASCULAR: pressão baixa.

GASTRINTESTINAL: boca seca, constipação.

GENITURINÁRIO: hesitação urinária.

 

Atenção com outros produtos

A DISOPIRAMIDA:

 

     pode aumentar o risco de problemas cardíacos com: outro antiarrítmico (amiodarona; propafenona; tocainida; verapamil; quinidina; procainamida; lidocaína; betabloqueador, diltiazem, flecainida); betabloqueador; cisaprida; fluorquinolona.

     pode ter sua concentração aumentada por: eritromicina; claritromicina. (risco de arritmias)

     pode aumentar a ação de: cisaprida.

     pode diminuir a ação de: anticoagulante.

 

Outras considerações importantes

     o tratamento deve ser iniciado em hospital.

     antes de interromper a medicação contatar o médico.

     cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

     cuidado ao se levantar quando estiver deitado ou sentado.

     usar balas ou gomas sem açúcar para aliviar a secura da boca e colírios “tipo lágrima artificial” para os olhos secos.

     evitar banhos muito quentes, sauna e exercícios extenuantes.

     checar periodicamente: pressão sanguínea; eletrocardiograma; função do fígado; função renal; potássio; glicose; pressão intraocular.

REMÉDIOS COM DISOPIRAMIDA EM SUA COMPOSIÇÃO

Dicorantil f 250
Dicorantil Injetável

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal