FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Erlonitibe

Erlotinibe (Oral) (substância ativa)

Referência: Tarceva (Roche)

Genérico: não

 

cloridrato de erlotinibe equivalente a erlotinibe 

Uso oral

Comprimido 25 mg: Tarceva

Comprimido 100 mg: Tarceva

Comprimido 150 mg: Tarceva

 

O que é

antineoplásico [inibidor da cinase].

 

Para que serve

câncer de pulmão (de células não pequenas) (tratamento).

 

Como age

mecanismo não bem compreendido, mas inibe o EGFR (receptor do fator de crescimento epidérmico).

 

Como se usa

Uso oral – Doses

• doses em termos de erlotinibe.

Adultos

câncer de pulmão de células não pequenas: 150 mg diariamente, administrada pelo menos uma hora antes ou duas horas após a ingestão de alimento.

Idosos: ver dose de adultos.

Crianças: segurança e eficácia não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe D

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite; não ama- mentar.

 

Não usar o produto

sensibilidade ao produto ou a qualquer componente da formulação.

 

Avaliar riscos x Benefícios

início agudo de manifestação pulmonar (interromper o tratamento); doença pulmonar intersticial (descontinuar o tratamento); alteração grave na função hepática (diminuição ou interrupção do tratamento).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida):

Gastrintestinal: dor abdominal; falta de apetite; diarreia; náusea; inflamação na boca; vômito.

Oftálmico: conjuntivite; conjuntivite seca.

Dermatológico: pele seca; coceira; erupção.

Respiratório: tosse; dificuldade para respirar.

Sistema nervoso central: fadiga.

Outros: infecção.

 

Atenção ao utilizar outros produtos.

A erlotinibe

pode ter sua ação diminuída por: carbamazepina; fenobarbital; fenitoína; rifabutina; rifampina; rifapentina; erva de São João.

pode ter sua ação aumentada por: cetoconazol; atazanavir; claritromicina; indinavir; itraconazol; nefazodona; nelfinavir; ritonavir; saquinavir; telitromicina; troleandomicina; voriconazol.

pode aumentar o risco de sangramento gastrintestinal com: varfarina; outro anticoagulante derivado da cumarina.

 

Outras considerações importantes

•se o paciente desenvolver diarreia, pode ser tratada com loperamida. Pacientes que não respondem à loperamida, ou que se tornam desidratados, podem requerer diminuição da dose ou in- terrupção temporária do tratamento com erlotinibe.

•pacientes que desenvolvem reações na pele podem requerer diminuição da dose ou interrupção temporária do tratamento com erlotinibe.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal