Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Escopolamina

ESCOPOLAMINA (ORAL; INJETÁVEL) (nome genérico)(substância ativa)

 

Referência

BUSCOPAN (Boehringer)

 

Genérico

Apresentações assinaladas com G

 

Similar

BUSCOVERAN (Bunker); HIOARISTON (Ariston); HIOSPAN (Teuto); UNI HIOSCIN (União Química)

 

Butilbrometo de escopolamina

Uso oral

Comprimido 10 mg

BUSCOPAN

 

Gotas 10 mg/mL (1 mL = 20 gotas) / (1 gota = 0,5 mg)

BUSCOPAN; G

 

Uso injetável

Injetável (solução) 20 mg/1 mL

BUSCOPAN; G

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

 

O que é

Antiespasmódico [alcaloide da beladona; hioscina; anticolinérgico; antimuscarínico].

 

Para que serve

Cólica; úlcera do estômago; úlcera duodenal.

 

Como age

Reduz a motilidade gastrintestinal, provavelmente por ação direta local sobre a musculatura lisa. Inibe a secreção gástrica.

 

Como se usa

USO ORAL – DOSES

     doses em termos de butilbrometo de ESCOPOLAMINA.

 

ADULTOS E CRIANÇAS ACIMA DE 7 ANOS: 10 a 20 mg, 3 a 5 vezes por dia.

 

CRIANÇAS DE 1 A 7 ANOS: 5 a 10 mg, 3 vezes por dia.

 

LACTENTE: 5 mg, 3 vezes por dia.

 

USO INJETÁVEL

ESCOPOLAMINA (solução) 20 mg/1 mL – VIA SUBCUTÂNEA

ESCOPOLAMINA (solução) 20 mg/1 mL – VIA INTRAMUSCULAR

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

ESCOPOLAMINA (solução) 20 mg/1 mL – VIA INTRAVENOSA DIRETA

Diluição

Diluente: Água Estéril para Injeção

Administração: lenta.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de butilbrometo de ESCOPOLAMINA.

 

ADULTOS E CRIANÇAS ACIMA DE 7 ANOS: 20 mg, via intramuscular ou intravenosa, várias vezes por dia.

 

CRIANÇAS ATÉ 7 ANOS E LACTENTES: 5 mg, via intramuscular ou subcutânea, 3 vezes por dia.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

A lactação pode ser inibida por anticolinérgicos; uso não recomendado.

 

Não usar o produto

Alergia à atropina; glaucoma; hiperplasia prostática; obstrução das vias urinárias; obstrução do piloro; obstrução do trato gastrintestinal; retenção urinária; íleo paralítico; colite ulcerativa; megacólon tóxico; infarto do miocárdio, hemorragia aguda em paciente com estado cardiovascular instável; diminuição da função renal; diminuição da função hepática; miastenia grave; taquicardia; criança.

 

Avaliar riscos x benefícios

Glaucoma de ângulo aberto; esofagite de refluxo; doença cardíaca (particularmente arritmia, insuficiência cardíaca congestiva, doença arterial coronária, estenose mitral); doença pulmonar (risco de espessamento das secreções bronquiais e formação de placas); hipertireoidismo; neuropatia autonômica; idoso; doença psicótica; doença convulsiva.

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes)

GASTRINTESTINAL: boca seca; constipação; náusea; problema no estômago; vômito.

 

Atenção ao utilizar outros produtos

A ESCOPOLAMINA:

 

     pode ter sua ação diminuída por: antiácido; antidiarréico.

     pode aumentar a ação de: outro anticolinérgico; outro medicamento com atividade anticolinérgica; atenolol; digoxina.

     pode aumentar o risco de arritmias cardíacas com: ciclopropano.

     pode diminuir a ação de: cetoconazol.

     pode aumentar o risco de lesões gastrintestinais de: cloreto de potássio.

     pode aumentar o risco de depressão do sistema nervoso central com: álcool; outro depressor do sistema nervoso central, resultando em sedação aditiva.

 

Outras considerações importantes

     cuidado com exercício ou tempo quente.

     cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

     não ingerir bebida alcoólica.

     adotar dieta rica em fibras.

     tomar grande quantidade de líquidos.

 

Escopolamina – associações (ver orientações do fabricante)

G – tem genérico.

BUSCOPAN COMPOSTO – antiespasmódico – cólica – gotas. Cada 1 mL contém: dipirona sódica 333,4 mg + brometo de n–butilescopolamina 6,67 mg. Boehringer; G.

BUSCOPAN COMPOSTO – antiespasmódico – cólica – comprimido (dipirona sódica 250 mg + brometo de n–butilescopolamina 10 mg). Boehringer.

BUSCOPAN COMPOSTO – antiespasmódico – cólica – injetável. Cada ampola de 5 mL contém: dipirona sódica 2.500 mg + brometo de n–butilescopolamina 20 mg. Boehringer G.

DORSPAN COMPOSTO – antiespasmódico – cólica – comprimido (dipirona sódica 250 mg + brometo de n–butilescopolamina 10 mg). EMS.

DORSPAN COMPOSTO – antiespasmódico – cólica – gotas. Cada 1 mL contém: dipirona sódica 333,40 mg + brometo de n–butilescopolamina 6,67 mg. EMS.

TROPINAL – antiespasmódico – cólica – comprimido (dipirona 300 mg + brometo de n–butilescopolamina 6,5 mcg + bromidrato de hiosciamina 104 mcg + metilbrometo de homatropina 1 mg). Sigma Pharma.

TROPINAL – antiespasmódico – cólica – gotas. Cada 1 mL (= 20 gotas) contém: dipirona 300 mg + brometo de n–butilescopolamina 6,5 mcg + bromidrato de hiosciamina 104 mcg + metilbrometo de homatropina 1 mg.  Sigma Pharma.

REMÉDIOS COM ESCOPOLAMINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Belscopan
Belspan
Brometo de N-butil Escopolami
Buscopan Composto
Buscopan Injetavel
Buscopan Plus
Disbuspan
Dorspan
Ductopan
Espafin
Espasmodid Composto
Hioariston
Hiospan
Hiospan Composto
Neocopan
Sedalol
Sedalol Composto
Tropinal

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal