Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Clordiazepóxido

Clordiazepóxido

(Oral) (substância ativa)

Referência: Psicosedin (Farmasa)

Genérico: não

 

cloridrato de clordiazepóxido

Uso oral

Comprimido 10 mg: Psicosedin

Comprimido 25 mg: Psicosedin

 

O que é

tranquilizante; ansiolítico [benzodiazepina].

 

Para que serve

ansiedade.

 

Como age

age como depressor do sistema nervoso central. Acredita-se que aumenta ou facilita a ação do GABA (ácido gama-aminobutírico) (o GABA é o maior neurotransmissor inibidor no sistema nervoso central).

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de cloridrato de Clordiazepóxido.

•tomar o produto antes das refeições e ao deitar.

Adultos

ansiedade ou tensão (fraca ou moderada): 5 a 10 mg, 3 ou 4 vezes por dia.

ansiedade ou tensão (grave): 20 a 25 mg, 3 ou 4 vezes por dia. ansiedade e apreensão (pré-operatório): 5 a 10 mg, 3 ou 4 vezes por dia, nos dias que antecedem a cirurgia.

Crianças acima de 6 anos

5 mg, 2 a 4 vezes por dia (máximo de 10 mg, 2 ou 3 vezes por dia). Crianças menores de 6 anos: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

classificação não disponibilizada, mas os benzodiazepínicos têm risco D ou X.

 

Amamentação

eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

choque; coma; depressão respiratória; uso recente de outro depressor respiratório; neurose depressiva; reação psicótica com ansiedade proeminente; intoxicação aguda por álcool com sinais vitais diminuídos; hipersensibilidade conhecida ao produto ou a qualquer dos seus componentes; síndrome do pânico; glaucoma de ângulo fechado; gravidez.

 

Avaliar riscos x Benefícios

apneia do sono; depressão mental grave; doença obstrutiva crônica pulmonar; doença orgânica cerebral; glaucoma de ângulo fechado; hipercinesia; hipoalbuminemia; história de abuso ou dependência de droga; idoso; insuficiência hepática; insuficiência renal; intoxicação por álcool; miastenia grave; porfiria; psicose; tendência suicida.

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes):

Sistema nervoso central: confusão mental; sensação de queda iminente; sonolência; tontura.

 

Atenção ao utilizar outros produtos.

O clordiazepóxido

•pode sofrer aumento de sua concentração e de efeitos adversos com: cimetidina.

•pode aumentar a depressão do sistema nervoso central com: álcool; depressor do sistema nervoso central.

•pode aumentar os níveis e a toxicidade de: digoxina. Monitorar.

•pode ter sua concentração e meia-vida aumentadas por: dissulfiram.

•pode ter sua concentração aumentada e prolongada, depressão do sistema nervoso central e prejuízo psicomotor com: fluconazol; itraconazol; cetoconazol; miconazol. Evitar associar.

•pode diminuir o controle dos sintomas parkinsonianos em pacientes com Parkinson com: levodopa.

 

Outras considerações importantes

•cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

•não ingerir bebida alcoólica.

•se o tratamento for com altas doses ou longo, pode ser necessária a retirada gradual do produto.

•o medicamento pode provocar dependência.

 

Clordiazepóxido – Associações (ver informações do fabricante)

Limbitrol – antidrepressivo – cápsula (Clordiazepóxido + amitriptilina). Valeant.

REMÉDIOS COM CLORDIAZEPÓXIDO EM SUA COMPOSIÇÃO

Menotensil
Psicosedin

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal