FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Verapamil

Verapamil

(Oral; Injetável) (substância ativa)

Referência: Dilacoron (Abbott)

Genérico: assinalado com G

Similar: Coronaril (Sigma Pharma); Dilacor (Teuto); Neo Verpamil (Neo Química); Vasoton (Ariston)

 

cloridrato de verapamil

Uso oral

Comprimido 80 mg: Dilacoron; G

Comprimido de liberação prolongada 120 mg: Dilacoron; G

Comprimido de liberação prolongada 240 mg: Dilacoron; G

 

Uso injetável

Injetável (solução) 5 mg/2 mL: Vasoton

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

Não congelar.

 

O que é

antianginoso; antiarrítmico; anti-hipertensivo [antiarrítmico classe IV; bloqueador do canal de cálcio].

 

Para que serve

hipertensão arterial; angina do peito (crônica estável) (angina de esforço); taquicardia supraventricular.

 

Como age

diminui a concentração de cálcio no interior das células do músculo cardíaco e da musculatura lisa vascular; dilata então as coronárias, as artérias periféricas e as arteríolas; reduz a frequência cardíaca, a contratilidade do miocárdio e a condução átrio-ventricular. Absorção: gastrintestinal (90%). Biotransformação: no fígado (principal metabólito ativo é o norverapamil). Ação - início - Via oral: 1 a 2 horas; Intravenoso: 1 a 5 minutos (efeitos antiarrítmicos); 3 a 5 minutos (efeitos hemodinâmicos). Eliminação: urina (70%, como metabólitos); bile/fezes (9 a 16%).

 

Como se usa

Uso oral – Doses

• doses em termos de cloridrato de Verapamil.

Comprimido normal

hipertensão; angina; taquicardia supraventricular

Adultos e adolescentes

Iniciar com 80 a 120 mg, 3 vezes por dia; dose aumentada diariamente ou a cada semana, de acordo com a resposta clínica. Pode ser possível, com o passar do tempo, reduzir a frequência das doses.

Limite de dose para adultos: 480 mg por dia.

Idosos ou paciente com diminuição da função do fígado ou com diminuição da função do ventrículo esquerdo: iniciar com dose de 40 mg, 3 vezes por dia.

Crianças e adolescentes até 18 anos: segurança não estabelecida.

Comprimido de liberação prolongada

• engolir inteiro, sem partir ou mastigar hipertensão

Adultos e adolescentes: iniciar com 180 mg, em dose única pela manhã, com alimento; aumentar diariamente ou a cada semana, de acordo com a resposta clínica. A dose total diária varia de 240 a 480 mg. Doses a partir de 360 mg podem ser divididas em 2 doses, com intervalos de 12 horas.

Idosos: podem ser mais sensíveis às doses usuais.

Crianças e adolescentes até 18 anos: não usar.

 

Uso injetável – Preparação

Verapamil (solução) 5 mg/2 mL – Via intravenosa direta

Diluição

Não é necessário diluir. Caso haja necessidade, diluir em Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Tempo de injeção: 2 minutos.

 

Verapamil (solução) 5 mg/2 mL – Infusão intravenosa

Diluição

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9%; Glicose 5%.

 

Uso injetável – Doses

• doses em termos de cloridrato de Verapamil.

Adultos

5 a 10 mg, via intravenosa, durante cerca de 2 minutos (com monitoração contínua de ECG e pressão arterial). Se necesssário, pode-se administrar 10 mg, 30 minutos após.

Idosos: podem ser mais sensíveis às doses usuais; administrar lentamente em pelo menos 3 minutos, com monitoração eletrocardiográfica.

Crianças: segurança não estabelecida.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C

 

Amamentação

eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

bloqueio atrioventricular de 2o ou 3o grau (pode haver bradicardia intensa); hipotensão grave (pode agravar); síndrome sinusal (pode haver grave hipotensão, bradicardia e assistolia); síndrome de Wolff-Parkinson-Whiteou de Lown-Ganong-Levine acompanhada de flutter atrial ou fibrilação (pode haver arritmia ventricular grave, exceto se o paciente tiver marca-passo ventricular funcionando).

 

Avaliar riscos x Benefícios

bradicardia intensa ou insuficiência cardíaca (pode piorar a atividade do nódulo AV ou do sinusal); choque cardiogênico; diminuição da função do fígado; diminuição da função renal; diminuição da transmissão neuromuscular (pode agravar); estenose aórtica grave (risco de insuficiência cardíaca); hipotensão (pode ser agravada); idoso; infarto do miocárdio com congestão pulmonar (a insuficiência cardíaca associada pode piorar); sensibilidade a bloqueador do canal de cálcio; taquicardia ventricular (risco de fibrilação ventricular).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

Cardiovascular: pressão baixa transitória.

Gastrintestinal: constipação.

 

Atenção com outros produtos

O Verapamil

•pode aumentar o risco de toxicidade de: carbamazepina; ciclosporina; quinidina; álcool.

•pode aumentar os efeitos anti-hipertensivos com: betabloqueador.

•pode aumentar as concentrações de: digoxina (em 50 a 75%) (perigo de intoxicação digitálica).

•pode ter efeitos inotrópicos negativos aumentados com: disopiramida (que não deverá ser administrada dentro de 48 horas antes ou 24 horas depois do uso de Verapamil); procainamida; quinidina; outro produto que aumente o intervalo QT (ver Apêndice).

 

Outras considerações importantes

•controlar rotineiramente a pressão arterial.

•controlar rotineiramente o pulso (avisar o médico se estiver abaixo de 50 batimentos por minuto).

•evitar a prática de exercícios pesados; discutir os limites com o médico.

•manter boa higiene bucal e visitar periodicamente o dentista para evitar sensibilidade, sangramento ou aumento da gengiva.

•evitar sal em excesso.

•não interromper a medicação sem consulta médica; pode ser necessária a redução gradual das doses.

•checar periodicamente: batimentos do coração; eletrocardiograma; função do fígado; função renal.

REMÉDIOS COM VERAPAMIL EM SUA COMPOSIÇÃO

Cordilat
Coronaril
Dilacor
Dilacoron
Multicor
Vascord
Vasoton
Veracoron
Verapamil
Veraval

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal