FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Metoclopramida

Metoclopramida

(Oral; Retal; Injetável) (substância ativa)

Referência: Plasil (Sanofi-Aventis)

Genérico: assinalado com G

Similar: Eucil (Farmasa)

 

cloridrato de metoclopramida equivalente a metoclopramida 

Uso oral

Comprimido 10 mg: Plasil; G

Solução oral 5 mg/5mL: Plasil

Solução oral gotas pediátricas 4 mg/mL: Plasil; G

 

Uso retal

Supositório 10 mg: Eucil

Supositório Pediátrico 5 mg: Eucil

 

Uso injetável

Injetável (solução) 10 mg/2 mL: Plasil

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C). Não congelar.

Proteção à luz: sim, necessária.

Aparência da solução: clara e incolor.

 

O que é

antiemético; estimulante da motilidade gastrintestinal superior; pró-cinético [benzamida; antagonista dos receptores da dopamina].

 

Para que serve

náusea; refluxo gastro-esofágico; vômito.

 

Como age

estimula a motilidade no trato gastrintestinal superior. Aumenta a pressão no esfíncter esofagiano inferior. Acelera o esvaziamento do estômago e aumenta o trânsito intestinal. Os efeitos contra o vômito se devem por antagonizar receptores centrais e periféricos da dopamina.

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Metoclopramida.

•30 minutos antes de refeição.

Adultos

10 mg, 3 vezes por dia.

Crianças

solução oral gotas: 3 a 6 gotas por kg de peso corporal por dia.

 

Uso injetável – Preparação

Metoclopramida (solução) 10 mg/2 mL – Via intramuscular

Estabilidade após aberto

temperatura ambiente (15-30°C): 24 h, protegido da luz.

Administração: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa.

 

Metoclopramida (solução) 10 mg/2 mL – Via intravenosa direta

Estabilidade após aberto

Temperatura ambiente (15-30°C): 24 h, protegido da luz. Não diluída.

Tempo de injeção: 1 a 2 minutos.

 

Metoclopramida (solução) 10 mg/2 mL – Infusão intravenosa

Estabilidade após aberto

temperatura ambiente (15-30°C): 24 h, protegido da luz.

 

Diluição

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%. Volume: 50 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% ou com Glicose 5%

temperatura ambiente (15-30°C): 48 h, protegida da luz e 24 h (não protegida da luz).

Tempo de infusão: 15 minutos.

 

Uso injetável – Doses

• doses em termos de Metoclopramida.

Adultos

10 a 30 mg por dia.

 

Uso retal (via ânus) – Doses

• doses em termos de Metoclopramida.

Adultos

1 supositório, 1 a 3 vezes por dia.

Crianças

1 supositório pediátrico, 1 a 3 vezes por dia.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe B

 

Amamentação

eliminado no leite. Problemas não documentados.

 

Não usar o produto

alergia ao produto ou a procainamida; obstrução intestinal; perfuração intestinal; hemorragia gastrintestinal; feocromocitoma (possibilidade de crise hipertensiva); doença convulsiva (pode aumentar a frequência ou gravidade).

 

Avaliar riscos x Benefícios

depressão mental, principalmente se houver tendência suicida; mal de Parkinson; função renal diminuída; paciente que pode ser afetado por aumento de aldosterona sérica ou da retenção de sódio, como aquele com cirrose ou insuficiência cardíaca congestiva; hipertensão; criança (em função da incidência maior de reações extrapiramidais); idoso (especialmente do sexo feminino); deficiência de NADH-metemoglobina redutase; cirurgia gastrintestinal recente (pode causar pressão nos pontos).

 

Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes)

Sistema nervoso central: ansiedade; sonolência; movimentos distorcidos involuntários; fadiga; lassidão; inquietude.

 

Atenção com outros produtos

A Metoclopramida

•pode ser antagonizada por: anticolinérgico; analgésico opioide; levodopa.

•pode ter ação aditiva no SNC com: álcool; depressor do sistema nervoso central.

•pode sofrer ou provocar aumento das reações adversas com:

IMAO (inibidor da monoamina-oxidase); outro medicamento que causa reações extrapiramidais.

 

Outras considerações importantes

•cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

•não ingerir bebida alcoólica.

•evitar a utilização por mais de 12 semanas consecutivas.

•o uso crônico de Metoclopramida está ligado a lguns casos de discinesia tardia que pode incluir movimentos involuntários e repetitivos, mesmo qundo a droga já não sendo tomada há muito tempo.

 

Metoclopramida – Associações (ver orientações dos fabricantes)

Digeplus – antidispéptico – dispepsia (má digestão) – cápsula (cloridrato de Metoclopramida 7 mg + dimeticona 30 mg + ácido desidrocólico 25 mg). Aché.

Essen – antidispéptico – dispepsia (má digestão) – cápsula (cloridrato de Metoclopramida 7 mg + dimeticona 30 mg + ácido desidrocólico 25 mg). Farmasa.

Plasil Enzimático – antidispéptico – dispepsia (má digestão) – drágea (Metoclopramida 6 mg + dimeticona 25 mg + deidrocolato de sódio 20 mg). Sanofi-Aventis.

REMÉDIOS COM METOCLOPRAMIDA EM SUA COMPOSIÇÃO

Aristopramida
Citroplus
Digest
Emetic
Emetrol
Enjool
Essen
Estac
Eucil
Fluccil
Metoclosan
Metoplamin
No-vomit
Plabel
Plagex
Plamivon
Plasil Enzimático
Sintozima
Vopax

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal