MedicinaNET

Home

Losartana

Losartana (Oral) (substância ativa)

Referência: Cozaar (Merck Sharp & Dohme)

Genérico: assinalado com G

Similar: Corus (Biosintética); Torlós (Torrent); Valtrian (Medley); Zaarpress (Sigma Pharma); Zart (Eurofarma)

 

losartana potássica

Uso oral

Comprimido 25 mg: Corus

Comprimido 50 mg: Cozaar; G

Comprimido 100 mg: Cozaar; G

 

O que é

anti-hipertensivo [antagonista dos receptores da angiotensina II].

 

Para que serve

hipertensão arterial.

 

Como age

bloqueia seletivamente os receptores (AT1) da angiotensina II no músculo liso vascular e na supra-renal, bloqueando assim os efeitos vaconstritores e da secreção de aldosterona da angiotensina II. Não possui ação sobre a ECA (Enzima Conversora da Angiotensina). Absorção: gastrintestinal (alimentos interferem pouco); biodisponibilidade de 33%. Concentração máxima: 1 hora; principal metabólito ativo: 2 a 4 horas. Biotransformação: fígado (14% convertidos em metabólito ácido carboxílico 10 a 40 vezes mais ativo que o produto original). Eliminação: urina (35%); bile/fezes (60%).

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de Losartana potássica.

•com ou sem alimento.

•procurar tomar sempre à mesma hora do dia.

Adultos

iniciar com 50 mg, em dose única diária; manutenção: 25 a 100 mg por dia, em dose única ou em 2 doses iguais.

Se necessário, pode ser adicionado um diurético em doses pequenas.

Idosos: mesmas doses de adultos.

Paciente com depleção de volume ou com diminuição da função do fígado: iniciar com 25 mg, em dose única diária.

Crianças: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C no 1o trimestre; D nos 2o e 3º trimestres

 

Amamentação

não se sabe se é eliminado no leite materno; não amamentar.

 

Avaliar riscos x Benefícios

depleção de líquidos ou de sódio (risco de queda de pressão); diminuição da função renal (pode agravar); diminuição da função do fígado (aumento da concentração; exige doses menores); estenose da artéria renal (risco de diminuição da função renal).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida):

Sistema nervoso central: fraqueza, fadiga.

Cardiovascular: dor no peito.

Gastrintestinal: diarreia.

Hematológico: anemia.

Musculoesquelético: dor nas costas.

Respiratório: tosse, bronquite.

Outros: sintomas semelhantes à gripe.

 

Atenção com outros produtos

A Losartana

•pode ter sua ação aumentada por: diurético.

•pode ter sua ação diminuída por: indometacina; rifamicina.

 

Outras considerações importantes

•controlar rotineiramente a pressão arterial.

•cuidado ao dirigir veículos ou executar tarefas que exijam atenção.

•interromper o uso do produto caso ocorra gravidez.

•cuidado ao fazer exercícios ou com exposição ao sol, pelo risco de desidratação e queda da pressão.

•não ingerir bebida alcoólica, pelo risco de desidratação e queda da pressão.

 

Losartana – Associações (ver orientações do fabricante)

G: tem Genérico

Branta – anti-hipertensivo – hipertensão arterial – comprimido (Losartana 50 mg + anlodipino 5 mg). Torrent; G.

Corus H – anti-hipertensivo – hipertensão arterial – comprimido (Losartana 50 mg + hidroclorotiazida 12,5 mg). Biosintética; G.

Hyzaar –anti-hipertensivo – hipertensão arterial – comprimido (Losartana 50 mg + hidroclorotiazida 12,5 mg). Merck Sharp & Dohme; G.

Hyzaar –anti-hipertensivo – hipertensão arterial – comprimido (Losartana 100 mg + hidroclorotiazida 25 mg). Merck Sharp & Dohme; G.