Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Anexo d" obteve 77 resultados.

Página:  de 8

01/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Antraz ou Carbúnculo

...as com 0,3 µ (o esporo do B. anthracis tem diâmetro de 2 a 6 µ). ANEXO 2 – COLETA, RECOLHIMENTO E ACONDICIONAMENTO DO MATERIAL SUSPEITO • Coletar o material suspeito e colocá-lo em embalagem plástica, com fechamento hermético, lacrar, rotular adequadamente e incluir a inscrição “RISCO BIOLÓGICO”. Acondicionar em embalagens específicas (kit) para transporte de amostras infecciosas, confor......

Ver Índice

06/06/2009

Biblioteca Livre

ANEXO A – Doses e Administração dos Anti-retrovirais

...ação com alimentos AMPRENAVIR APV Cápsula 150 mg APV 600 mg 2x/dia + RTV 100 mg 2x/dia 7 – 10,5h Administrar com ou sem alimentos, evitando somente refeições muito gordurosas. ATAZANAVIR ATV Cápsulas de 150 e 200 mg 400 mg 1x/dia (dose somente para virgens de terapia) ou associado ao RTV: ATZ 300 mg + RTV 100 mg 1x/dia 6,5 – 8,0 h Administrar com alimento......

Ver Índice

06/06/2009

Biblioteca Livre

ANEXO B – Custo (US$) do Tratamento dos Anti-retrovirais (Uso Adulto) (Brasil, 2008)

... DIDANOSINA ENTÉRICA (ddI EC) Cápsula 250 mg 0,940 0,94 343,10 DIDANOSINA ENTÉRICA (ddI EC) Cápsula 400 mg 1,540 1,54 562,10 ESTAVUDINA (d4T) Cápsula 30 mg 0,131 0,26 95,94 LAMIVUDINA (3TC) Comprimido 150 mg 0,314 0,63 229,43 ZIDOVUDINA (AZT) Cápsula 100 mg 0,149 0,89 325,37 ZIDOVUDINA + LAMIVUDINA (AZT+3TC) Comprimido 300 mg......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo A

...ocumento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Anexo A Anexo A (Livre) Anexos Pneumoconioses Guias do Ministério......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo B

...ofusão, portanto, é determinada considerando-se somente as zonas afetadas exibindo níveis 1/2, 2/1 e 2/2, na medida em que há somente uma subcategoria de profusão (2/1) entre os níveis de profusão 1/2 e 2/2. Exemplo 1 Só uma subcategoria se interpõe entre as zonas de profusão mais baixa (1/2) e mais elevada (2/2); utilizar todas três para determinar a profusão geral. ?-----------------? 1/1 ......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo C

...Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas Brasília / DF – 2006 Anexo C FOLHA DE LEITURA RADIOLÓGICA SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e se......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo D

... Ações Programáticas Estratégicas Brasília / DF – 2006 Anexo D TÉCNICA INDICADA PARA TOMOGRAFIA DE TÓRAX COMPUTADORIZADA DE ALTA RESOLUÇÃO EM INVESTIGAÇÃO DE PNEUMOCONIOSES A TCAR deve ser realizada utilizando a técnica de alta quilovoltagem (kVp) e miliamperes (mA), com cortes de 1,5mm a 2,0mm de espessura, 15mm de intervalo, tempo de exposição de 1,5 segundos de todo o tórax e com recons......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo E

... OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Anexo E Anexo E Ane......

Ver Índice

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO I: Orientação para Exame Físico

...a o exame pedir à paciente para fazer força durante a inserção do dedo examinador. Palpa-se o canal anal à procura de massas. Utilizando a mesma técnica abdomino-vaginal, as estruturas pélvicas são novamente palpadas. Deve-se prestar atenção especial ao septo retovaginal, aos ligamentos uterossacrais, ao fundo de saco e ao fundo uterino posterior. É durante este exame que melhor se encontram massa......

Ver Índice

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO II: Roteiros para Aconselhamento

...temente que seu organismo não produziu anticorpos numa quantidade que possa ser detectada pelo teste utilizado (“janela imunológica”) ; • na hipótese de “janela imunológica”, orientar sobre a necessidade de um novo teste, e reforçar a necessidade de não-exposição ao risco de infecção para o HIV e outras DST ; • lembrar que um resultado negativo não significa imunidade; • discutir......

Ver Índice

Página:  de 8

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal