Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Bradicardia Sinusal" obteve 80 resultados.

Página:  de 8

12/09/2009

Revisões

Bradiarritmias

...locais acometidos para gerar o BAV são o nó AV, o feixe de His (intra-hissiano), ou distal ao feixe de His, nas fibras de Purkinje (infra-hissiano). No EEF, são medidas as frações do intervalo AV: intervalo A-H (condução pelo nó AV), intervalo H (período de condução intra-hissiana) e intervalo H-V (período de condução infra-hissiana). O período AV também pode ser avaliado de outras formas, como po......

Ver Índice

03/05/2010

Revisões

Envelhecimento Cardiovascular e Doenças Cardiovasculares em Idosos

... sempre, pesar o risco de complicações da cirurgia. Insuficiência Mitral Pode ocorrer por degeneração mixomatosa secundária ao prolapso, secundária a doença arterial coronariana e isquemia de músculo papilar, acometimento mitral reumático e secundária a endocardite infecciosa. As manifestações clínicas e os achados no exame físico direcionam para o diagnóstico; já os sintomas dependem da gr......

Ver Índice

15/12/2009

Casos Clínicos

Taquiarritmias e Medicações Antiarrítmicas

...urar que a sincronização do aparelho esteja ligada; · ajustar a voltagem do aparelho (segundo a arritmia); · afastar a equipe, aplicar as pás sobre o tórax exercendo pressão para melhorar a eficácia da cardioversão (cerca de 13 kg); · aplicar o choque, não remover as pás e ver qual o ritmo após o choque. Ajuste de Voltagem para Cardioversão · A maioria das taquicardias ......

Ver Índice

03/08/2012

Revisões Internacionais

Abordagem do paciente cardiovascular – Catherine M. Otto, David M. Shavelle

...bsternal Mandíbula, braço Pressão Repouso, nitroglicerina Exercício, clima frio 5-15 min. Pericardite Do lado esquerdo, substernal Pescoço, linha do trapézio Aguda Sentar e inclinar-se para frente Inspiração, posição em supino Horas Musculoesquelética Variável ao longo de toda a parede torácica Ausente Aguda ou ardente Repouso, med......

Ver Índice

19/04/2010

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 5

... Características do eletrocardiograma na hipotermia Quando ocorre diminuição da temperatura corpórea, a níveis de cerca de 30º C, surgem alterações no ECG, algumas características: · bradicardia sinusal, · aumento de duração do intervalo QT · onda J de Osborn A característica principal no ECG com hipotermia – onda J Osborn – é um alarga......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...tada clinicamente, para aguardar a realização de um exame complementar. · A participação da equipe multidisciplinar de saúde, com enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas, psicólogos e nutricionistas, são indissociáveis dos cuidados médicos, tendo inclusive, relevância estatística para redução de morbimortalidade. BIBLIOGRAFIA 1. Nicolau JC et al. Condutas práticas em cardiologia. 20......

Ver Índice

30/10/2013

Revisões

Arritmias

...e com ondas regulares em formato de “dentes de serra”, em geral com frequência de aproximadamente 300 ciclos por minuto (ondas F). A frequência ventricular depende do grau de bloqueio AV (Fig. 1.3). Taquicardias com QRS largo (> 120 ms): As taquiarritmias com QRS longo são, em grande maioria, de origem ventricular. Entretanto, taquiarritmias supraventriculares também podem apresentar-se com......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

...mbora seja incomum, pode resultar da vasodilatação e desidratação e, em geral, responde a bolus IV de líquidos. Embora tais pacientes costumem receber atenção médica em função de quedas, mesmo aqueles sem história de traumatismo devem ser examinados quanto a lesões ocultas (especialmente cabeça, pescoço e abdome), porque o paciente embriagado com frequência apresenta tais lesões. Além disso, infec......

Ver Índice

05/12/2011

Remédios

Atropina (injetável)

...inseticidas organofosforados (sem cianose): • via intravenosa para adultos e crianças, a cada 10 minutos, até que surjam sinais de atropinização (boca e garganta secas, dilatação das pupilas, vermelhidão da face e confusão mental). Manter a atropinização por, pelo menos, 48 horas. • Adultos: 1a 4 mg. • Crianças: 0,01 a 0,05 mg por kg de peso. 2. Intoxicação por inseticidas or......

Ver Índice

04/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Atropina

...ento dos brônquios. COMO SE USA Uso Injetável Atropina (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – Via Subcutânea Atropina (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – Via Intramuscular ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Atropina (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – Via Intravenosa Direta TEMPO DE INJEÇÃO: pelo menos dura......

Ver Índice

Página:  de 8

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal