Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Bradicardia Sinusal" obteve 82 resultados.

Página:  de 9

12/09/2009

Revisões

Bradiarritmias

...palpitações decorrentes de batimentos de escape. No exame físico, em casos onde a bradicardia provoca repercussões hemodinâmicas, podem-se encontrar sinais de baixo débito ou mesmo congestão pulmonar associados à bradicardia. Exames Complementares 1. ECG: principal exame, de fácil realização e disponível na grande maioria dos serviços de atendimento médico. Pode não realizar o diagnóstico......

Ver Índice

03/05/2010

Revisões

Envelhecimento Cardiovascular e Doenças Cardiovasculares em Idosos

...carotídea. Átrios Aumento do átrio esquerdo, complexos prematuros atriais. Fibrilação atrial Nó sinusal Frequência cardíaca máxima diminuída, variabilidade dos batimentos cardíacos diminuída. Disfunção do nó sinusal, doença do nó sinusal Nó atrioventricular Tempo de condução aumentado Bloqueio tipo II, BAVT Valvas Esclerose, calcificação. Estenose, regur......

Ver Índice

15/12/2009

Casos Clínicos

Taquiarritmias e Medicações Antiarrítmicas

...aciente estável ou instável. Na sala de emergência, é necessário: · monitoração: medidas frequentes de PA, oxímetro de pulso e monitor cardíaco; · administração de oxigênio suplementar; · acesso venoso calibroso; · obtenção de um ECG de 12 derivações na urgência, sem retardar as medidas de estabilização do paciente. Os sinais clínicos de instabilidade são: · ......

Ver Índice

03/08/2012

Revisões Internacionais

Abordagem do paciente cardiovascular – Catherine M. Otto, David M. Shavelle

... ECG (monitor Holter) ambulatorial (24 h) Registra cada batimento cardíaco durante um período de 24 h para posterior análise. As anotações do paciente possibilitam a correlação com os sintomas. Arritmias frequentes (ao menos diárias) assintomáticas ou sintomáticas. Inútil quando os episódios de arritmia são pouco frequentes. As derivações do ECG limitam as atividades do paciente. ......

Ver Índice

19/04/2010

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 5

... sensor térmico) ECG contínuo. Gasomentria arterial Eletrólitos séricos, creatinina sérica, uréia sérica, glicemia, atividade da creatina fosfoquinase (CPK) e provas de função hepática. Repetir análise toxicológica quando indicado. Manter monitorização até temperatura maior que 35°C. Eletrocardiograma 16 Eletrocardiograma 16 Eletrocardiogram......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...e, é necessário associar terapêutica cirúrgica (drenagem, desbridamento, ressecção esternal e/ou outros) para o adequado tratamento dessa grave intercorrência pós-operatória. Disfunções Gastrintestinais Morbidade abdominal ocorre em cerca de 0,2 a 5,5% dos pacientes em pós-operatório de cirurgia cardíaca, com uma taxa de mortalidade média de cerca de 33%, sendo responsáveis por aproximadamen......

Ver Índice

30/10/2013

Revisões

Arritmias

...Catheter ablation of paroxysmal supraventricular tachycardia. Circulation. 2007;116(21):2465-78. Neumar RW, Otto CW, Link MS, Kronick SL, Schuster M, Callaway CW, et al. Part 8: adult advanced cardiovascular life support: 2010 American Heart Association Guidelines for Cardiopulmonary Resuscitation and Emergency Cardiovascular Care. Circulation. 2010;122(18 Suppl 3):S729-67. Scanavacca MI, ......

Ver Índice

25/05/2012

Revisões Internacionais

Abordagem dos envenenamentos e das dosagens excessivas de medicamentos

... um anticonvulsivante. A glicemia deve ser mensurada, e deve-se administrar dextrose, se necessário [ver Coma, acima]. O tratamento anticonvulsivo inicial consiste de dizepam (5 a 10 mg IV), lorazepam (1 a 2 mg, IV) ou midazolam (3 a 5 mg IV ou, se o acesso IV não estiver disponível, 5 a 10 mg IM). As dosagens devem ser repetidas se o tratamento inicial for ineficaz. Por ser frequentemente inefica......

Ver Índice

05/12/2011

Remédios

Atropina (injetável)

...al e átrio-ventricular do coração e glândulas exócrinas; inibe as secreções salivar e brônquica e a sudorese; dilata as pupilas e aumenta a frequência cardíaca; em doses mais altas diminui a motilidade gastrintestinal e urinária e inibe a secreção ácida do estômago. Como antídoto, a atropina antagoniza as ações dos inibidores da colinesterase, diminuindo as secreções salivar e brônquica e o estrei......

Ver Índice

04/06/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Atropina

...mago. Como antídoto, a atropina antagoniza as ações dos inibidores da colinesterase, diminuindo as secreções salivar e brônquica e o estreitamento dos brônquios. COMO SE USA Uso Injetável Atropina (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – Via Subcutânea Atropina (solução) 0,25 mg/1 mL; 0,5 mg/1 mL – Via Intramuscular ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em cr......

Ver Índice

Página:  de 9

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal